A educação e o ensino de modelos matemáticos na graduação e pós-graduação

Authors

  • Emmanuel Freitas-Ferreira
  • Heberson Teixeira da Silva
  • Lucas Ferreira Freitas
  • Danielle de Oliveira
  • Fernanda Andrade Dutra
  • Celso Amaral Cordeiro
  • Tales Alexandre Aversi-Ferreira

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n6-091

Keywords:

ensino de matemática, modelagem matemática, resolução de problemas, ensino superior, metodologias ativas

Abstract

O ensino de matemática com qualidade, gerando aprendizado, é um desafio para a pedagogia moderna. As novas tecnologias de ensino dificilmente estão encontrando espaço dentro de uma estrutura arraigada aos processos antigos comprovadamente insuficientes para o ensino/aprendizado adequado. O problema de aprender matemática vem da base e parece continuar na vida do estudante sem solução de continuidade até aparecer na pós-graduação, onde a necessidade de aplicar o raciocínio matemático é imperativos para a produção do conhecimento nas várias áreas e mais especificamente em pesquisas que precisam de uma base lógica. A modelagem matemática parece uma proposta mais eficiente para propiciar o encontro do estudante da graduação e pós-graduação com a necessidade da aplicação prática da matemática na pesquisa. Nesse momento, em que o aluno está forcado a aprender por si mesmo devido ao isolamento social, há a grande oportunidade dos estudiosos da pedagogia em verificar os benefícios das metodologias ativas na qual a modelagem matemática e a resolução de problemas são partes. Nesse capítulo, iniciamos com comentários sobre a educação matemática e continuamos associando-a com a modelagem matemática com ênfase na graduação e pós-graduação, como o exemplo da necessidade de mostrar a situação do estudante em relação ao raciocínio matemático. Nesse sentido analisamos um caso real e tecemos comentários gerais como exemplo dos problemas de aprendizado, dados que são corroborados por outros estudos nos vários níveis de ensino.

References

AABOE, A. Episódios da História Antiga da Matemática. Tradução: Joao Pitombeira de Carvalho. 3ª ed. Rio de Janeiro: Sociedade Brasileira de Matemática, 2013. 177p.

ALMEIDA, L. M. W.; DIAS, M. R. Um estudo sobre o uso da Modelagem Matemática como estratégia de ensino e aprendizagem. Bolema-Boletim de Educação Matemática, v. 17, n. 22, p. 19-35, 2004.

ALVES, P. A.; AVERSI-FERRREIRA, T. A. Comments on the problems solving methodology in education of civil engineering in Brazil. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 12, n. 1, p.134-153, 2019. Disponível: https://doi.org/10.3895/rbect.v12n1.7946.

BARROS, R. M. A.; SOUSA, C. N. S. Estratégias de resolução de problemas de matemática em estudantes do ensino superior. Ciências & Cognição, v. 20, n. 1, p.123-132, 2015.

BELLONI, M. L. Educação à Distância. 5 ed. Campinas: Autores Associados, 2008. 115 p.

BIEMBENGUT, M. S. Mathematics Modeling & Problem Solving, Projects, and EthnoMathematics: merging points. Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v.7, n.2, p.197-219, 2014.

BOYLAN, M. Shouth Asin – or “Shangai”- mastery maths, explained. Scholl Week. 13 de julho de 2016. Disponível em: https://schoolsweek.co.uk/what-is-south-asian-mastery-maths/. Acesso em: 03 de janeiro de 2021.

BRASIL, Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília: MECSEF, 1998.

CAON, A. P.; CARDONA, T. S. A resolução de problemas no ensino da matemática: análise da compreensão do conceito de MDC (Máximo Divisor Comum). Anais do VII Encontro Mineiro de Educação, p. 1-5, 2015.

CARRAHER, T. N. Aprender Pensando. Petrópolis: Vozes, 1986. 160p.

D´AMBRÓSIO, Ubiratan. Educação Matemática: da Teoria à Prática. 16ª ed. Campinas: Papirus. 2008. 121p.

D’AMBROSIO, U. Etnomatemática: Arte ou Técnica de Explicar e Conhecer. 3ª ed. São Paulo: Editora Ática, 1998. 88p.

DANTE, L. R. Didática da Resolução de Problemas de Matemática. 2ª ed. São Paulo: Ática, 1998. 144p.

FELDER, R. M; SILVERMAN, L. K. Learning and teaching styles in engineering education. Engineering Education, v. 78, n. 7, p. 674-681, 1988.

FERRAZ, H. A formação do engenheiro: um questionamento humanístico. São Paulo: Ática, 1983. 160p.

FERREIRA, L. L.; SILVA, L. B.; NUNES, C. B. O ensino da matemática através da resolução de problemas no curso de engenharia civil. Anais do VII Encontro Mineiro de Educação Matemática, p. 1-5, 2015.

FRIZZARINI, S. T.; CARGNIN, C. Prática de Ensino – Modelagem Matemática e Resolução de Problemas. Maringá: UniCEsumar, 2016. 146p.

GARCIA, C. M. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 2013. 272p.

GODOY, A. S. Professor universitário da área de agronomia: o problema na formação pedagógica. Dissertação (mestrado em educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, 1983.

GROENWALD, C. L.; SILVA, C. K.; MORA, C. D. Perspectivas em educação matemática. Acta Scientiae. v. 6, n. 1, p. 37-55, 2004.

LESH, R.; ZAWOJEWSKI, J.S. Problem Solving and Modeling. In: Ed., Second Handbook of Research on Mathematics Teaching and Learning, Information Age Publishing, Greenwich, CT, 763-802. 2007

LESTER, J.; KOEHLER JR, W. C. Fundamentals of Information Studies: Understanding Information and Its Environment. New York: Neal‐Schuman, 2003. 306p.

LUPINACCI, M. L. V.; BOTIN, M. L. M. Resolução de problemas no ensino de matemática. Anais do VIII Encontro Nacional de Educação Matemática, Recife, p. 1–5. 2004.

MACHADO, L. J. Matemática e realidade: análise dos pressupostos filosóficos que fundamentam o ensino de matemática. São Paulo: Cortez, 1987

MANSFIELD, D.F.; WILDBERGER, N. J. Plimpton 322 is Babylonian exact sexagesimal trigonometry. Historia Mathematica, v. 44, n. 4, p. 395-419, 2017. Disponível: https://doi.org/10.1016/j.hm.2017.08.001

MASOLA, W. J.; ALLEVATO, N. S. G Dificuldades de aprendizagem matemática de alunos ingressantes na educação superior. Revista Brasileira de Ensino Superior, v. 2, n. 1, p. 64-74, 2016. Disponível: https://doi.org/10.18256/2447-3944/rebes.v2n1p64-74

MASSA, M. S. A. A formação didático pedagógica do docente da área de computação: um estudo de caso em uma Universidade Brasileira. Anais do XXIII Workshop sobre Educação em Computação. SBC, p. 196-205, 2015.

MENDES, I. A. Matemática e investigação em sala de aula: tecendo redes cognitivas na aprendizagem. São Paulo: Editora Livraria da Física, 2009.

MORAES, M. C; TORRE, S. Sentipensar: fundamentos e estratégias para reencantar a educação. Vozes, 2004.

NOSELLA P. Trabalho e educação. Do tripalium da escravatura ao labor da burguesia à poiésis socialista. In: GOMEZ, C. M. Trabalho e conhecimento: dilemas na educação do trabalhador. São Paulo: Cortez, 2004.

OLIVEIRA, V. F. Teoria, Prática e Contexto. Índices de resumos apresentados ao VI Encontro de Educação Em Engenharia, 2000.

ONUCHIC, L. R. A resolução de problemas na educação matemática: onde estamos e para onde iremos? Anais da IV Jornada Nacional de Educação Matemática, 2012.

PIAGET, J.; BETH, E.W. Epistemologia Matemática e psicologia. Barcelona, Espanha: Crítica S.A., 1980.

PIMENTA, S., ANASTASIOU, L. Docência no ensino superior. 3ª. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

PREDIGER, J.; BERWANGER, L.; MÖRS, M. F. Relação entre aluno e matemática: reflexões sobre o desinteresse dos estudantes pela aprendizagem desta disciplina. Revista Destaques Acadêmicos, v. 1, n. 4, p. 23-32, 2013.

RODRIGUES, A.; MAGALHAES, S. C. A resolução de problemas nas aulas de matemática: diagnosticando a prática pedagógica. Secretaria da Educação do Estado do Paraná, p. 1-16, 2012.

ROMANOWSKI, J. P.; OLIVER MARTINS, P. L. Desafios da formação de professores iniciantes. Páginas de Educación, v. 6, n. 1, p. 83-96, 2013.

SMANIOTTO, C. L. D.; GENTIL, V. K. O campo complexo da iniciação na docência. Anais do IV Congresso Internacional sobre Professorado Principiante e Inserção Profissional a Docência, 2014.

STANIC, G. M. A.; KILPATRICK, J. Historical perspectives on problem solving in the mathematics curriculum. The teaching and assessing of mathematical problem solving, v. 3, p. 1-22, 1989.

Published

2023-06-27

How to Cite

Freitas-Ferreira, E., da Silva , H. T., Freitas, L. F., de Oliveira, D., Dutra, F. A., Cordeiro, C. A., & Aversi-Ferreira, T. A. (2023). A educação e o ensino de modelos matemáticos na graduação e pós-graduação. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(6), 4886–4904. https://doi.org/10.55905/oelv21n6-091

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)