Aplicação do software simulation of urban mobility para a avaliação de uma interseção urbana: estudo de caso na cidade Pato Branco, Brasil

Authors

  • Alice Maria Menin
  • Laura Soares
  • Danilo Rinaldi Bisconsini
  • Jairo Trombetta
  • Ney Lyzandro Tabalipa

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n6-079

Keywords:

interseção urbana, tráfego, simulação de tráfego, SUMO, mobilidade urbana

Abstract

A realização de intervenções em vias e interseções é uma atividade rotineira nas cidades, devido a mudanças no volume e composição do tráfego, e no uso e ocupação do espaço urbano. A análise de alternativas de projeto é frequentemente baseada em critérios empíricos e subjetivos, e dependente da experiência do corpo técnico local. Como consequência, as mudanças podem se tornar ineficientes em um curto espaço de tempo, consumindo recursos públicos e causando transtornos aos usuários. Nesse contexto, o uso de simuladores de tráfego torna-se uma ferramenta poderosa para a gestão do sistema viário, pois permitem a previsão, análise e proposição de diversas alternativas para projetos viários, sem prejudicar o tráfego de usuários. Neste trabalho, apresenta-se uma aplicação do programa Simulation of Urban MObility (SUMO) para análise de uma interseção entre a Avenida Tupi e a Rua da Copel, localizada na cidade de Pato Branco, estado do Paraná, Brasil. A interseção apresenta conflitos devido à rápida urbanização e à recente implantação de um supermercado em uma das esquinas do cruzamento. Os resultados indicam que a execução de uma lombada no local é mais eficiente do que a implantação de um semáforo, por resultar em menor tempo de espera aos veículos, além de apresentar menor custo de implantação.

References

BARCELÓ, J. (2010). Fundamentals of Traffic Simulation. Volume 145 of International Series in Operations Research & Management Science. 2010.

BRASIL (2005). DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES. DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA. COORDENAÇÃO GERAL DE ESTUDOS E PESQUISAS. INSTITUTO DE PESQUISAS RODOVIÁRIAS. Manual de projeto de interseções. 2.ed. - Rio de Janeiro, 2005. 528p. (IPR. Publ., 718). https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/planejamento-e-pesquisa/ipr/coletanea-de-manuais/vigentes/718_manual_de_projeto_de_intersecoes.pdf

BRASIL (2010). DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES. DIRETORIA EXECUTIVA. Instituto de Pesquisas Rodoviárias. Manual de Projeto Geométrico de Travessias Urbanas. - Rio de Janeiro, 2010. 392 p. (IPR. Publ., 740). https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/planejamento-e-pesquisa/ipr/coletanea-de-manuais/vigentes/740_manual_projetos_geometricos_travessias_urbanas.pdf.

BRASIL (2006). DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES. DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA. COORDENAÇÃO GERAL DE ESTUDOS E PESQUISAS. INSTITUTO DE PESQUISAS RODOVIÁRIAS. Manual de pavimentação. 3.ed. – Rio de Janeiro, 2006. 274p. (IPR. Publ., 719).

BRASIL (2006). DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES. DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E PESQUISA. COORDENAÇÃO GERAL DE ESTUDOS E PESQUISAS. INSTITUTO DE PESQUISAS RODOVIÁRIAS. Manual de Estudos de Tráfego. - Rio de Janeiro, 384 p. (IPR. Publ., 723). https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/planejamento-e-pesquisa/ipr/coletanea-de-manuais/vigentes/723_manual_estudos_trafego.pdf.

BRASIL (2012). MINISTÉRIO DAS CIDADES. Política Nacional de Mobilidade Urbana. Disponível em: < https://antigo.mdr.gov.br/images/stories/ArquivosSEMOB/cartilha_lei_12587.pdf >. Acesso em: 07 de maio de 2023.

BRASIL (2020). MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO REGIONAL. Governo federal amplia até abril de 2023 prazo para entrega de planos de mobilidade urbana. Notícias, Brasília, DF, 20 maio de 2020. Disponível em: < https://www.gov.br/mdr/pt-br/noticias/governo-federal-amplia-ate-abril-de-2023-prazo-para-a-entrega-de-planos-de-mobilidade-urbana>. Acesso em: 07 de maio de 2023.

DE ARAÚJO, Davi Ribeiro Campos; CYBIS, Helena Beatriz Bettella. APLICAÇÃO DO SIMULADOR DE TRÁFEGO DRACULA EM PORTO ALEGRE–ANÁLISE COMPARATIVA COM O SATURN. http://www.producao.ufrgs.br/arquivos/publicacoes/art_cybis5.pdf

DENATRAN - Departamento Nacional de Trânsito. Coleção Serviços de Engenharia - Manual de Semáforos. Volume 4. Brasília. DENATRAN. 2ª Edição. 1984. 172p.

DEUTSCHES ZENTRUM FÜR LUFT- UND RAUMFAHRT (D.L.R) (2020). SUMO User Documentation. [S.I], 2020. https://sumo.dlr.de/docs/index.html.

ECLIPSE. Public License - Version 2.0. https://www.eclipse.org/legal/epl-v20.html.

GOOGLE (2022). Google Earth. https://earth.google.com/web/@-26.21216011,-52.67484987,739.06669697a,542.79355716d,35y,93.53456035h,9.73147984t,-0r

HCM 2010 : Highway Capacity Manual. Washington, D.C. :Transportation Research Board, 2010

IBGE (2010). INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Censo Demográfico 2010: População Da Cidade de Pato Branco. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pr/pato-branco/panorama.

LOPEZ, P. A. et al. (2018). Microscopic Traffic Simulation using SUMO. 2018 21st International Conference on Intelligent Transportation Systems (ITSC), 2018, pp. 2575-2582. https://ieeexplore.ieee.org/document/8569938.

NAZARETH, V. S.; SOUZA, L. A. P. de; RIBEIRO, P. C. M. (2015). Análise comparativa entre simuladores de fluxo de tráfego. In: XIII RIO DE TRANSPORTES. 19 e 20 agosto. Rio de Janeiro. 2015. Disponível em: <http://www.riodetransportes.org.br/wp-content/uploads/artigo18.pdf >. Acesso em: 13 mai. 2019.

PAPAGEORGIOU, M.; KOTSIALOS, A. Freeway Ramp Metering: An Overview. Intelligent Transportation Systems, IEEE Transactions on, 2002. ISSN 4.

PASQUALE, Giofre Vicenzo. Semáforo. Sistema GVP. https://apps.microsoft.com/store/detail/semaforo/9NT237VC4426?hl=pt-br&gl=br.

PATO BRANCO (2020). PLANO DIRETOR. Plano Diretor Participativo de Pato Branco 2030, Revisão e Atualização. http://patobranco.pr.gov.br/wp-content/uploads/2020/09/ATI-PATO-BRANCO-03-09.pdf.

RATROUT, Nedal T.; RAHMAN, Syed Masiur. Uma análise comparativa dos softwares de simulação de tráfego microscópicos e macroscópicos usados atualmente. The Arabian Journal for Science and Engineering , v. 34, n. 1B, pág. 121-133, 2009.

REIS, D. P. C. (2017). Uma avaliação da influência dos modelos de propagação de sinais de rádio frequência no desempenho de uma aplicação de segurança usando o simulador veins. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Pernambuco, UFPE, 2017.

Published

2023-06-26

How to Cite

Menin, A. M., Soares, L., Bisconsini, D. R., Trombetta, J., & Tabalipa, N. L. (2023). Aplicação do software simulation of urban mobility para a avaliação de uma interseção urbana: estudo de caso na cidade Pato Branco, Brasil. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(6), 4618–4639. https://doi.org/10.55905/oelv21n6-079

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)