Relações entre as instabilidades pluviométricas e as produções de lavouras de sequeiro no Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte

Authors

  • João Luis da Costa Uchoa
  • José de Jesus Sousa Lemos
  • José Newton Pires Reis
  • Ronaldo Haroldo Nascimento de Menezes
  • Marcos Paulo Mesquita da Cruz
  • Erika Costa Sousa

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n7-049

Keywords:

semiárido, lavouras de sequeiro, pluviometria, resiliência ao clima, segurança alimentar

Abstract

Esta pesquisa analisou a relação entre a instabilidade pluviométrica e produções de caju, feijão, mandioca e milho nos estados do Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte, de 1974 a 2020. Os objetivos específicos: foram classificar os padrões de distribuição das chuvas nos estados; investigar as interações entre as instabilidades pluviométricas e as produções das lavouras; e avaliar a resiliência das colheitas aos estresses pluviométricos nos anos estudados. Foram utilizadas médias e desvios padrões das chuvas entre 1901 e 2020. Os coeficientes de variação das chuvas foram utilizados para medir as instabilidades. Foi criado o índice de produtividade-IPROD. Para avaliar as sinergias entre as pluviometrias e as variáveis de produção das lavouras, utilizou-se análise fatorial. A ocorrência de resiliência foi avaliada comparando os dados de chuvas antes e depois de períodos de seca, estimando-se o IPROD nesses períodos e utilizando análise gráfica e comparação de médias. Os resultados da pesquisa mostraram que os regimes climáticos dos estados puderam ser classificados, e confirmaram a ocorrência de instabilidades pluviométricas ao longo do período estudado, afetando as variáveis relacionadas ao IPROD. A conclusão foi de que há resiliência aos estresses pluviométricos nos estados investigados.

References

BRITO, Sheila S. Barros et al. Frequency, duration and severity of drought in the Semiarid Northeast Brazil region. International Journal of Climatology, v. 38, n. 2, p. 517-529, 2018.

CARDOSO, M. J.; SILVA, P. H. S.; RIBEIRO, V. Q. Cultivo do feijão-caupi (Vignaunguiculata (L.) Walp). Embrapa Meio-Norte. Teresina. 108 p. : il. ; 21 cm. 2002.

COUTINHO, M.D.L.; BRITO, J.I.B. Análise de componentes principais com dados pluviométricos no estado do Ceará. In: A Amazônia e o Clima Global. Belém: Congresso Brasileiro de Meteorologia. 2010.

DEVENDRA, C. Rainfed agriculture: its importance and potential in global food security. 2016.

FÁVERO, Luiz Paulo Lopes et al. Análise de dados: modelagem multivariada para tomada de decisões. 2009.

FERNANDES, Jessicleide Dantas; DE MEDEIROS, Anna Jacinta Dantas. Desertificação no Nordeste: uma aproximação sobre o fenômeno do Rio Grande Norte. Holos, v. 3, p. 147-161, 2009.

GOMES, F. P. Curso de estatísticas experimental. 13.ed, São Paulo: ESALQ/USP, 467 p. 1985.

HAIR, Joseph F. et al. Análise multivariada de dados. Bookman editora, 2009.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Sistema IBGE de Recuperação Automática-Sindra. 2018. Disponível em http://www.sidra.ibge.gov.br/. Acesso em: 10 mai. 2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Cidades e Estados. 2021. Disponível em: http://www.ibge.gov.br . Acesso em: 10 jun. 2021.

LEMOS, J.J.S. Vulnerabilidades Induzidas no Semiárido. Fortaleza: Imprensa Universitária. 2020.

LEMOS, José de Jesus Sousa.; BEZERRA, Filomena Nádia Rodrigues. Instabilidade pluviométrica e expectativas na produção de grãos no semiárido do estado do Ceará, Brasil. Fortaleza. 2019.

MARENGO, Jose A.; BERNASCONI, Mauro. Regional differences in aridity/drought conditions over Northeast Brazil: present state and future projections. Climatic Change, v. 129, n. 1-2, p. 103-115, 2015.

MINGOTI, S. A. Análise de dados através de métodos de estatística multivariada: uma abordagem aplicada. Belo Horizonte: Editora UFMG. 2005.

MISHRA, Ashok K.; SINGH, Vijay P. A review of drought concepts. Journal of hydrology, v. 391, n. 1-2, p. 202-216, 2010.

PEDRO-MONZONÍS, María et al. A review of water scarcity and drought indexes in water resources planning and management. Journal of Hydrology, v. 527, p. 482-493, 2015.

PIMM, Stuart L. The balance of nature?: ecological issues in the conservation of species and communities. University of Chicago Press, 1991.

PRAXEDES, Antonia Luana Fernandes. Sinergia e resiliência entre a seca e a produção agrícola de sequeiro no semiárido do Ceará. 97 f. Dissertação (Mestrado em Economia Rural) – Centro de Ciências Agrárias, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza. 2021.

SUPERINTENDÊNCIA DO DESENVOLVIMENTO DO NORDESTE (SUDENE). Resolução CONDEL/SUDENE. Brasil. 2021.

WILHITE, Donald A.; GLANTZ, Michael H. Understanding: the drought phenomenon: the role of definitions. Water international, v. 10, n. 3, p. 111-120, 1985.

WOLI, Prem et al. Agricultural reference index for drought (ARID). Agronomy Journal, v. 104, n. 2, p. 287-300, 2012.

WOOLDRIDGE, Jeffrey M. Introductory econometrics: A modern approach. Cengage learning, 2015.

Published

2023-07-19

How to Cite

Uchoa, J. L. da C., Lemos, J. de J. S., Reis, J. N. P., de Menezes, R. H. N., da Cruz, M. P. M., & Sousa, E. C. (2023). Relações entre as instabilidades pluviométricas e as produções de lavouras de sequeiro no Ceará, Piauí e Rio Grande do Norte. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(7), 6736–6756. https://doi.org/10.55905/oelv21n7-049

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)