Análise dos impactos do novo marco legal do saneamento na prestação de serviços de saneamento básico no Brasil

Authors

  • Maycon Moraes de Sá
  • José Carlos Alves Roberto
  • Sistina Pereira Souto

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n6-041

Keywords:

impactos regulatórios, setor privado, marco legal do saneamento

Abstract

O acesso ao saneamento básico é um direito fundamental e um importante indicador de desenvolvimento humano. No entanto, o Brasil ainda enfrenta grandes desafios na área, como a falta de saneamento em áreas periféricas e a baixa qualidade dos serviços prestados. Em 2020, foi sancionado o novo Marco Legal do Saneamento Básico, que visa aprimorar a regulação do setor e incentivar a participação do setor privado na prestação dos serviços e, a questão norteadora apresentada é como o novo Marco Legal do Saneamento Básico impacta a prestação de serviços de saneamento básico no Brasil. O objetivo foi analisar os efeitos regulatórios da nova lei sobre a atenção básica à saúde no Brasil, levando em conta fatores regulatórios, econômicos e sociais e, a metodologia abordada neste estudo foi á pesquisa bibliográfica, analise documental de leis e discursões teóricas levantadas por representantes do setor público e privadas. Foram consultadas obras de autores renomados na área, bem como documentos oficiais, para compreender as mudanças introduzidas pelo novo Marco Legal, e os dados coletados foram analisados por meio de técnicas qualitativas. O resultado da análise revela os impactos do novo Marco Legal do Saneamento na oferta de serviços básicos de saúde no Brasil, identifica as principais mudanças regulatórias e econômicas que estão ocorrendo no setor. As conclusões poderão subsidiar a tomada de decisão dos agentes públicos e de empresa privadas especialistas em saneamento básico que atuam no ramo.

References

Agência Câmara de Notícias. Câmara aprova projeto que suspende trechos de decretos de Lula sobre saneamento. 2023. Disponível em: https://www.camara.leg.br/noticias/958306-camara-aprova-projeto-que-suspende-decreto-de-lula-sobre-saneamento/. Acesso em: 18 mai. 2023.

ALMEIDA, FS. Novo marco do saneamento básico: impactos e desafios. Observatório de Política Urbana e Ambiental, n. 35, 2020.

ALMEIDA, R. Participação do setor privado na prestação dos serviços de saneamento: argumentos aceites e contrários. Revista Brasileira de Gestão Urbana, v. 12, n. 3, pág. 868-883, 2020.

ARAÚJO, LB. Novo marco legal do saneamento básico: impactos para os municípios. Revista Interesse Público, n. 91, 2021.

BAPTISTA, Sofia Galvão; CUNHA, Murilo Bastos da. Estudo de usuários: visão global dos métodos de coleta de dados. Perspectivas em ciência da informação, v. 12, p. 168-184, 2007.

BARCELLOS, Ana Paula de et al. Direito à saúde e prioridades: introdução a um debate inevitável. Revista Direito GV, v. 13, p. 457-483, 2017.

BAYER, Natássia Molina; URANGA, Paulo Ricardo Ricco; FOCHEZATTO, Adelar. Política Municipal de Saneamento Básico e a ocorrência de doenças nos municípios brasileiros. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, v. 13, 2021.

BORGES, CD. O debate sobre a participação do setor privado no saneamento. Revista do BNDES, n. 51, pág. 93-122, 2019.

BRAGA, B.; SALDIVA, P. Setor privado no saneamento: avanços, retrocessos e desafios. Estudos Avançados, v. 34, n. 98, pág. 183-197, 2020.

BRASIL. Decreto Nº 11.467, De 5 De Abril De 2023. Dispõe sobre a prestação regionalizada dos serviços públicos de saneamento básico, o apoio técnico e financeiro de que trata o art. 13 da Lei nº 14.026, de 15 de julho de 2020. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 135, Nº 66-A, p. 3-13, 5 Abr. 2023. Disponível em: https://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?data=05/04/2023&jornal=600&pagina=3&totalArquivos=13 Acesso em: 10 de Maio. 2023.

BRASIL. Lei N° 11.578, de 26 de Novembro de 2007. Diário Oficial da União, República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Seção 1, p.1 de 96. Brasília, DF, 27 nov. 2007.

BRASIL. Lei n° 14.026, de 15 de Julho de 2020. Atualiza o marco legal do saneamento básico e altera a Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000. Diário Oficial da União: seção 1, Brasília, DF, ano 135, n. 1, p. 1-91, 16 jul. 2020.

BRASIL. Medida Provisória Nº 1.055, de 28 de Junho De 2021. Diário Oficial da União, República Federativa do Brasil, Poder Executivo, seção 1, p. 1-1, Ano clix nº 119-A. Brasília, DF, 28 jun. 2021.

Brasil. Ministério do Desenvolvimento Regional. Secretaria Nacional de Saneamento. Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS). 2020.

CAPANEMA, Luciana Xavier de Lemos. Implementação do novo marco legal do saneamento: a importância da regulação por contrato em um cenário atual de transição regulatória. https://web. bndes. gov. br/bib/jspui/handle/1408/22564, 2022.

COUTINHO, Rodrigo Pereira Anjo. Trajetória político-institucional do saneamento básico no Brasil: do PLANASA à Lei 14.026/2020. Revista de Direito da Administração Pública, v. 1, n. 3, 2021.

DA SILVA PAGANINI, Wanderley; BOCCHIGLIERI, Miriam Moreira. O Novo Marco Legal do Saneamento: universalização e saúde pública. Revista USP, n. 128, p. 45-60. 2021.

DA SILVA, Kelen Rossales et al. Saneamento Básico e Mortalidade Infantil: Uma análise via painel espacial para os municípios brasileiros. Revista Brasileira de Estudos Regionais e Urbanos, v. 16, n. 1, p. 29-56, 2022.

DE CASTRO FREITAS, Wanderson Moura. O Marco Regulatório Do Saneamento Básico. Encontro Internacional de Gestão, Desenvolvimento e Inovação (EIGEDIN), v. 4, n. 1, 2020.

DE SOUSA, Angélica Silva; DE OLIVEIRA, Guilherme Saramago; ALVES, Laís Hilário. A pesquisa bibliográfica: princípios e fundamentos. Cadernos da FUCAMP, v. 20, n. 43, 2021.

FONTAINHA. et al. Metodologia da Pesquisa. Fundação Getúlio Vargas: Direito Rio, 97 p. Rio de Janeiro-RJ. 2014.

JORNAL DA USP. Novo Marco do Saneamento Básico não atende os municípios menores: Programa Ambiente é o Meio, 2020. Disponível em: https://jornal.usp.br/?p=362420. Acesso em: 15 mai. 2023.

LEITE, C. H. P.; MOITA NETO, J. M.; BEZERRA, A. K. L.. Novo marco legal do saneamento básico: alterações e perspectivas. Engenharia Sanitária e Ambiental, v. 27, n. 5, p. 1041–1047, set. 2022.

LINS, Paulo. O PAC Valeu a pena?. Blog do IBRE: Macroeconomia, FGV: Rio de Janeiro, 26, mai. 2017. Disponível em: https://blogdoibre.fgv.br/posts/o-pac-valeu-pena. Acesso em: 18 mai. 2023.

NETO, Jose Paes; AIETA, Vãnia Siciliano. NOVO MARCO LEGAL DO SANEAMENTO BÁSICO–CONSIDERAÇÕES INICIAIS SOBRE A POSSIBILIDADE DE PRESTAÇÃO REGIONALIZADA DOS SERVIÇOS PÚBLICOS E SEUS IMPACTOS EM RELAÇÃO AOS MUNICÍPIOS DE PEQUENO E MÉDIO PORTE. Revista da Associação dos Antigos Alunos de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 1, n. 2, 2020.

OLIVEIRA, Gladys Menezes de. Reflexos do saneamento e gerenciamento ambiental. 2018.

OLIVEIRA, L. e cols. Participação do setor privado na prestação dos serviços de saneamento: possibilidades e desafios. Revista de Administração Pública, v. 54, n. 6, pág. 1583-1603, 2020.

SANTOS, FF. O novo marco legal do saneamento: a atuação do setor privado na prestação dos serviços. Revista de Administração Pública, v. 55, n. 6, pág. 1307-1323, 2021.

SILVA, LAM. O novo marco legal do saneamento básico: uma análise dos impactos e desafios. Revista Brasileira de Direito Municipal, v. 5, n. 1, pág. 79-94, 2021.

SILVA, Lucas De Figueiredo Brito. Novo Marco Legal do Saneamento Básico. 2022.

SILVA, Maria Bernarda Magalhães. A Ocorrência de Parasitoses Intestinais em alunos do ensino fundamental na zona rural rede Municipal de São Luís-Maranhão e sua relação com os hábitos alimentares. 2018. Tese de Doutorado.

SOUSA, Ana Cristina A. de; COSTA, Nilson do Rosário. Política de saneamento básico no Brasil: discussão de uma trajetória. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 23, p. 615-634, 2016.

TAVARES, AL. A participação do setor privado na prestação dos serviços de saneamento básico. Revista de Administração Pública, v. 54, n. 2, pág. 378-391, 2020.

TAWARA, Thamires Namie. Novo Marco Regulatório do Saneamento Básico, UNICAMP, Limeira, SP : [s.n.], 2021.

TRIGUEIRO, André. Mundo sustentável: abrindo espaço na mídia para um planeta em transformação. Globo Livros, 2005.

VUITIK, Guilherme Araujo; TUCHINSKI, Cassiano Santos; BORGO, Lizandro Diniz. Análise Dos Impactos Do Marco Regulatório Do Saneamento Básico: LEI 14026/2020. Revista Técnico-Científica, n. 32, 2023.

Published

2023-06-15

How to Cite

de Sá, M. M., Roberto, J. C. A., & Souto, S. P. (2023). Análise dos impactos do novo marco legal do saneamento na prestação de serviços de saneamento básico no Brasil. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(6), 3833–3854. https://doi.org/10.55905/oelv21n6-041

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)