Análise de trilha em genótipos de milho verde submetido a inoculação de Azospirillum brasiliense

Authors

  • Elias Cunha de Faria
  • Weder Ferreira dos Santos
  • Joênes Mucci Peluzio
  • Layanni Ferreira Sodré Santos
  • Adriano Silveira Barbosa
  • Cícero Antonio Sobreira Fidelis
  • Maria Dilma de Lima
  • Nathália Santos Hoffmeister

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n6-149

Keywords:

Melhoramento, Zea mays, Produtividade

Abstract

 

A produtividade da cultura do milho-verde é um caráter influenciado por muitas variáveis, de modo que a identificação de características que apresentem maior contribuição sobre a produtividade se torna importante podendo auxiliar na seleção de genótipos superiores de interesse econômico. O objetivo deste trabalho foi analisar os componentes de produtividade da cultura do milho verde, submetido ao tratamento de semente com Azospirillum brasilense. O experimento foi conduzido na safra agrícola 2019/20 na estação experimental da Universidade Federal do Tocantins, campus de Gurupi – TO. Utilizou-se um delineamento experimental em blocos casualizados, com 3 repetições, num esquema fatorial 2 x 10, totalizando 20 tratamentos. O primeiro fator foi constituído pela utilização de sementes tratadas no manejo com e sem A. brasilense, o segundo fator refere-se às dez cultivares comerciais de milho. Os estudos utilizaram a análise de trilha com as estimativas dos efeitos direto e indiretos que envolveram a variável principal (PESP), e as explicativas (NGPF, NFE, CESP, DESP, AP e AE), para os dez genótipos de milho testado. As variáveis NGPF, DESP, CESP e AE apresentam os maiores índices de efeito direto sobre o PESP em genótipos de milho nas condições experimentais, e são os mais indicados para a seleção indireta para a produtividade.

References

AGRIC. Cultivo do Milho-verde. 2020. Disponível em: <https://www.agric.com.br/producoes/milho_verde.html>. 2020. Acesso em: 27 mar. 2024.

AGUIAR, C.B.N.; COIMBRA, R.R.; AFERRI, F.S.; PAULA, M.J.; FREITAS, M.K.C.; OLIVEIRA, R.J. Desempenho agronômico de híbridos de milho verde em função da adubação nitrogenada de cobertura. Revista Ciências Agrárias, v.55, n.1, p.11-16, 2012.

ALBUQUERQUE, C.J.B.; VON PINHO, R.G.; SILVA, R. Produtividade de híbridos de milho verde experimentais e comerciais. Bioscience Journal, v.24, p.69-76, 2008.

ALVES, S.; SILVA, A.; SERAPHIN, J.C.; VERA, R.; SOUZA, E.R.; ROLIM, H.; XIMENES, P. Avaliação de cultivares de milho para o processamento de pamonha. Pesquisa Agropecuária, v.34, p.39-43, 2004.

ANDRADE, A.T.; CONDÉ, A.B.T.; COSTA, R.L.; POMELA, A.W.V.; SOARES, A.L.; MARTINS, F.A.D.; OLIVEIRA, C.B. Produtividade de milho em função da redução do nitrogênio e da utilização de Azospirillum brasilense. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.15, n.2, p.229-239, 2016.

ARAÚJO, R.M.; ARAÚJO, A.S.F.D.; NUNES, L.A.P.L.; FIGUEIREDO, M.D.V.B. Resposta do milho verde à inoculação com Azospirillum brasilense e níveis de nitrogênio. Ciência Rural, v.44, n.9, p.1556-1560, 2014.

BORÉM, A.; GALVÃO, J. C. C.; PIMENTEL, M. A. Milho: do plantio à Colheita. 2. ed. Viçosa-MG: Editora UFV, 2015.

CADORE, R.; COSTA NETTO, A.P.; REIS, E.F.; RAGAGNIN, V.A; FREITAS, D.S; LIMA, T.P.; ROSSATO, M.; D’ABADIA, A.C.A. Híbridos de milho inoculados com Azospirillum brasilense sob diferentes doses de nitrogênio. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.15, n.3, p.398-409, 2016.

CRUZ, C.D. Genes Software – extended and integrated with the R, Matlab and Selegen. Revista Acta Scientiarum Agronomy, v.38, n.4, p.547-552, 2016.

CRUZ, C.D., CARNEIRO, P.C.S. REGAZZI, A.J. Modelos biométricos aplicados ao melhoramento genético. 3 ed. Viçosa: UFV. 2014. 668p.

CRUZ, J.C.; PEREIRA FILHO, I.A.; BORGHI, E.; SIMÃO, E.D.P. Quatrocentos e setenta e sete cultivares de milho estão disponíveis no mercado de semente na safra 2015/16. Sete Lagoas: Embrapa Milho e Sorgo, 2015.

DANCEY, C.P.; REIDY, J.; VIALI, L. Estatística Sem Matemática para Psicologia: Usando SPSS para Windows. 7. ed. Porto Alegre: Penso, 2018.

DIAS, M.A.M. Fixação Biológica de Nitrogênio: características moleculares e simbióticas de bactérias nativas do Semiárido Brasileiro. São Paulo: Dialética, 2020. 100p.

DUBREUIL, V.; PECHUTTI FANTE, K.; PLANCHON, O.; NETO, J.L.S. Les types de climats annuels au Brésil: une application de la classification de Köppen de 1961 à 2015. EchoGéo, v.41, p.1-27, 2017.

ENTRINGER, G.C.; SANTOS, P.H.A.D.; VETTORAZZI, J.C.F.; CUNHA, K.S.; PEREIRA, M.G. Correlação e análise de trilha para componentes de produção de milho superdoce. Revista Ceres, v.61, n.3, p.356-361, 2014.

FREIRE, F.M.; VIANA, M.C.M.; MASCARENHAS, M.H.T.; PEDROSA, M.W.; COELHO, A.M.; ANDRADE, C.D.L.T. Produtividade econômica e componentes da produção de espigas verdes de milho em função da adubação nitrogenada. Brazilian Journal of Maize and Sorghum, v.9, n.3, p.213-222, 2010.

HUNGRIA, M. Inoculação com Azospirillum brasiliense: inovação em rendimento a baixo custo. Londrina-PR: Embrapa Soja, 2011.

INMET. Instituto Nacional de Meteorologia. Dados meteorologicos. 2021. Disponível em: <http://www.inmet.gov.br/sonabra/pg_dspDadosCodigo_sim.php?QTAxOQ. Acesso em: 13 mar. 2024.

KAPPES, C.; ANDRADE, J.A.C.; ARF, O.; OLIVEIRA, A.C.; ARF, M.V.; FERREIRA, J.P. Desempenho Desempenho de híbridos de milho em diferentes arranjos espaciais de plantas. Bragantia, v.70, n.2, p.334–343, 2011.

LIMA, N.G.; MOTA, J.H.; RESENDE, G.M.; YURI, J.E.; TEIXEIRA, I.R. Avaliação de cultivares de milho para consumo in-natura em Jatái-GO. Agrarian Sciences Journal, v.11, p.01-07, 2019.

MORENO, A.L.; KUSDRA, J.F.; PICAZEVICZ, A.A.C. Crescimento do milho em resposta a Azospirillum brasilense e nitrogênio. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, v.10, n.5, 287-294, 2019.

MÜLLER, T.M.; SANDINI, I.E.; RODRIGUES, J.D.; NOVAKOWISKI, J.H.; BASI, S.; KAMINSKI, T.H.; Combination of inoculation methods of Azospirilum brasilense with broadcasting of nitrogen fertilizer increases corn yield. Ciência Rural, v.46, n.2, p.210-215, 2016.

MUNDIM, G.B.; VIANA, J.M.S.; MAIA, C.; PAES, G.P.; LIMA, R.O. Genetic diversity and path analysis for nitrogen use efficiency in popcorn inbred lines. Euphytica, v.191, p.291-299, 2013.

NASCIMENTO, F.N.; BASTOS, E.A.; CARDOSO, M.J.; ANDRADE JÚNIOR, A.S.; RAMOS, H. M. Desempenho da produtividade de espigas de milho verde sob diferentes regimes hídricos. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.16, n.1, p.94-108, 2017.

OLIVEIRA, C.A.; PICAZEVICZ, A.A.C. Análise econômica da produção de milho verde em resposta a adubos verdes, Azospirillum brasilense e nitrogênio. Revista Ibero-Americana de Ciências Ambientais, v.12, n.6, 2021.

PAIVA JUNIOR, M.C. Desempenho de cultivares para produção de milho verde em diferentes épocas e densidades de semeadura. 1999. 66p. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG.

PEREIRA, L.C.; MARTELI, D.C.V.; BRACCINI, A.; MATERA, T.C.; SUZUKAWA, A.K.; LARA, L.M. Produtividade do milho em resposta a doses de Azospirillum brasilense aplicado na caixa de semeadura. 2017. Disponivel em: <http://rdu.unicesumar.edu.br/bitstream/123456789/1294/1/epcc--79666.pdf>. acesso em: 26 mar. 2024.

PIMENTEL-GOMES, F. Curso de estatística experimental. 15 ed. Piracicaba: FEALQ, 2009. 451p.

RADWAN, T.E.S.E.D.; MOHAMED, Z.K.; REIS, V.M. Efeito da inoculação de Azospirillum e Herbaspirillum na produção de compostos indólicos em plântulas de milho e arroz. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v.39, n.10, p.987-994, 2004.

REPKE, R.A.; CRUZ, S.J.S.; SILVA, C.J.; FIGUEIREDO, P.G.; BICUDO, S.J. Eficiência da Azospirillum brasilense combinada com doses de nitrogênio no desenvolvimento de plantas de milho. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v.12, n.3, p. 214-226, 2013.

RIBEIRO, A.C.; GUIMARÃES, P.T G.; ALVAREZ, V.H.V. Recomendações para uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais – 5ª Aproximação. Viçosa, MG: Comissão de Fertilidade do Solo do Estado de Minas Gerais – CFSEMG, 1999. 359p.

RIOS, S.A.; BOREM, A.; GUIMARAES, P.E.O.; PAES, M.C.D. Análise de trilha para carotenoides em milho. Revista Ceres, v.59, n.3, p.368-373, 2012.

ROCHA, D.F.; OLIVEIRA, G.M.; ALMEIDA, L.R.C.; PEREIRA, A.V.A.; SANTOS, G.V.S.; SILVA, C.P. Necessidades hídricas e térmicas de milho verde no Submédio do Vale do São Francisco. Research, Society and Development, v.9, n.10, p.e3219108492–e3219108492, 2020.

SANTOS, A.D.A.; SILVEIRA J.A.G.D.; BONIFACIO, A.; RODRIGUES A.C.; FIGUEIREDO, M.D.V.B. Antioxidant response of cowpea co-inoculated with plant growth-promoting bacteria under salt stress. Brazilian Journal of Microbiology, v.49, n.3, p.513-521, 2018.

SANTOS, W.F.; VAZ, P.C.P.; HAESBAERT, F.M.; FERREIRA, T.P.S.; SODRÉ, L.F.; SOARES, L.B.; PEREIRA, J.S. Análise de trilha em genótipos de milho no Sul do Tocantins. Revista Tecnologia & Ciência Agropecuária, v.12, n.3, p.49–52, 2018.

SILVA JUNIOR, J.A.M.; FREITAS, J.M.; REZENDE, C.F.A. Produtividade do milho associado a inoculação com Azospirillum brasilense e diferentes doses de adubação nitrogenada. Research, Society and Development, v.10, n.2, 2021.

SOUSA, I.M.; ROCHA, D.R.; CUNHA, C.S.M.; GONÇALVES, I.C.R.; CASTRO, J.I.A. Adubação nitrogenada e modos de disponibilização de micronutrientes na produção de milho verde. Agropecuária Científica no Semiárido, v.13, v.1, p.15-21, 2017.

SOUSA, V.F.; ZONTA, J.B. Cultivo do milho-verde irrigado na baixada maranhense. São Luís: Embrapa Cocais, 2020. 141p.

TAVARES, M.S.; PINTO, L.A.; PINHEIRO, C.C.; PINHEIRO, J.C.; PINTO, A.A.; CAMARA, F.T. Características agronômicas do milho em função da adubação nitrogenada e troca de engrenagens na semeadora. Acta Iguazu, v.10, n.2, 77-89, 2021.

VERMA, V.; YADAV, M.S.; KUMAR, A.; GATHIYE, G.S. Correlation and path analysis for seed yield and components traits in maize (Zea mays L.). Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry, v.9, n.1, 2278-2280, 2020.

WRIGHT, S. Correlation and causation. Journal of Agricultural Research, v.20, n.7, p.557-585, 1921.

Published

2024-06-17

How to Cite

Faria, E. C. de, Santos, W. F. dos, Peluzio, J. M., Santos, L. F. S., Barbosa, A. S., Fidelis, C. A. S., Lima, M. D. de, & Hoffmeister, N. S. (2024). Análise de trilha em genótipos de milho verde submetido a inoculação de Azospirillum brasiliense. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(6), e5286. https://doi.org/10.55905/oelv22n6-149

Issue

Section

Articles

Similar Articles

You may also start an advanced similarity search for this article.

Most read articles by the same author(s)