Desempenho e qualidade de carcaça e carne de bezerros de origem leiteira confinados

Authors

  • Diogo da Silva Belizário
  • Rafael Alves da Costa Ferro
  • Diogo Alves da Costa Ferro
  • Danilo Augusto Tomazello
  • Bruno Moreira dos Santos
  • Aracele Pinheiro Pales dos Santos
  • Klayto José Gonçalves dos Santos
  • Bruna Paula Alves da Silva

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n3-127

Keywords:

bovinos, precocidade, produção, sistema intensivo

Abstract

O aproveitamento de bezerros leiteiros para produção de carne, torna-se um subsídio para que a cadeia produtiva de propriedades rurais alcance resultados econômicos satisfatórios e sustentabilidade do empreendimento rural. Objetivou-se avaliar o desempenho e qualidade de carcaça e carne de bezerros de origem leiteira confinados. O experimento foi desenvolvido na Fazenda Quadalajara, município de Turvânia, Goiás. Utilizou-se 16 bezerros machos da própria propriedade, em confinamento, onde todos os animais receberam a mesma dieta. Foi avaliado o desempenho dos animais durante o período de confinamento, e posteriormente abatidos, em sequência, realizou-se as avaliações de carcaça, com objetivo, a tipificação e determinação da qualidade da carne. Os animais obtiveram ganho de peso médio de 0,920 kg por dia, abatidos com 320,4 ± 45,87 kg de peso vivo, com rendimento de carcaça de 50%. O comprimento de carcaça foi de 119,15 ± 3,98 cm, circunferência de perna 77,07 ± 10,50 cm, circunferência braço 35,92 ± 1,98 cm. As carcaças foram tipificadas como côncavas, devido ao grupo genético dos animais, e para o método CIELab, os valores foram: L* 34,36; a* 15,22 e b* 5,12; apresentando valores satisfatórios para o método. Pelos resultados encontrados, pode-se observar, que os bezerros de origem leiteira apresentaram bons resultados de desempenho, e razoáveis resultados de qualidade de carcaça e carne. Os bezerros machos nascidos em propriedades leiteiras podem ser aproveitados para produção de carne, sendo uma fonte de renda extra, ou complemento para as despesas de um estabelecimento rural.

References

AGUIAR, M.S.M.A. et al. Palma forrageira em dietas de novilhas leiteiras confinadas: desempenho e viabilidade econômica. Revista Semina Ciências Agrárias, v. 36, n. 2, p. 1013-1030, 2015.

ANDRADE, P.L. et al. Qualidade da carne maturada de bovinos Red norte e Nelore. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 39, n. 8, 2010.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Decreto nº 10.468, de 18 de agosto de 2020. Altera o Decreto nº 9.013, de 29 de março de 2017, que regulamenta a Lei nº 1.283, de 18 de dezembro de 1950, e a Lei nº 7.889, de 23 de novembro de 1989, que dispõem sobre o regulamento da inspeção industrial e sanitária de produtos de origem animal. Brasília, 2020.

CORDÃO, M. A. et al. Acabamento de carcaça de ovinos e caprinos- Revisão de Literatura. Agropecuária Científica no Semiárido, v. 8, n. 2, p. 16-23, 2012.

CUNHA FILHO, L. F. C. et al. Predição do peso corporal a partir de mensurações corporais em ovinos texel. Arquivo de Ciências Veterinárias e Zoologia, v. 13, n. 1, p. 5-7, 2010.

FREITAS NETO, D. et al. Desempenho de bovinos machos de origem leiteira submetidos a diferentes estratégias alimentares na recria e terminação. Revista Semina: Ciências Agrárias, v. 35, n. 4, p. 2117-2128, 2014.

MADRUGA, M. S. et al. Qualidade de carne de Cordeiros Santa Inês terminados em Diferentes Dietas. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 34, n. 1, p. 309-315, 2005.

MAGGIONI, D. et al. Grupos genéticos e graus de acabamento sobre qualidade da carne de bovinos. Revista Semina: Ciências Agrárias, v. 33, n. 1, p. 391-402, 2012.

MISSIO, R. L. et al. Desempenho produtivo de tourinhos confinados e alimentados com proporções de silagem de capim “Mulato II” na dieta. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 52, n. 8, p. 670-678, 2017.

MOLLENTA, J. L. et al. Características da carcaça e da carne de bovinos 2014 não-castrados ou castrados terminados em confinamento e alimentados com três níveis de concentrado. Revista Semina: Ciências Agrárias, v. 35, n. 2, p. 1035-1050, 2014.

MUCHENJE, V. et al. Some biochemical aspects pertaining to beef eating quality and consumer health: A review. Food Chemistry, v. 112, p. 279-289, 2009.

MULLER, L. Normas para avaliação de carcaças e concurso de carcaças de novilhos. 2. ed. Santa Maria: UFSM, 1987. 31 p.

MULLER, L. Normas para a avaliação de carcaças e concurso de carcaças de novilhos. Universidade Federal de Santa Maria, Departamento de Zootecnia. Santa Maria, 1987, 13 p.

MULLER, L. Normas para avaliação de carcaças e concurso de carcaças de novilhos. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, 1980. 31 p.

VILLARROEL, A. B.; OSÓRIO, J. C. Produção de ovinos no Brasil. São Paulo, SP: Roca, 2014. cap. 3, p. 527-550.

PASSETTI, R. A. C. et al. Determinação da coloração e a disposição de compra pelos consumidores da carne bovina. Pubvet, v. 10, n. 2, p. 179-189, 2016.

PFLANZER, S. B.; FELICIO, P. E. Effects of teeth maturity and fatnees of Nellore (bos indicus) steer carcasses on instrumental and sensory tenderness. Meat Science, v. 83, n. 4, p. 697-701, 2009.

PITOMBO, R.S. et al. Qualidade da carne de bovinos superprecoces terminados em confinamento. Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia, v. 65, n. 4, p. 1203-1207, 2013.

ROÇA, R. O. Classificação e tipificação de carcaças, 2003. Disponível em: <http://www.fca.unesp.br/Home/Instituicao/Departamentos/Gestaoetecnologia/Teses/Roca117.pdf>. Acesso em: 20 de jul. 2023.

ROCHA JÚNIOR, V. R. et al. Desempenho e características de carcaça de bovinos Nelore e Mestiços terminados em confinamento. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, v. 8, n. 3, p. 865-875, 2010.

SANTOS, M. S. et al. Qualidade da carne de bovinos terminados em pastejo. Arquivo de Ciências Veterinárias e Zoologia, v. 18, n. 2, p. 109-114, 2015.

SHACKELFORD, S. D. et al. Tenderness classification of beef: II. Design and analysis of a system to measure beef Longissimus shear force under commercial processing conditions. Journal of Animal Science, v. 77, p.1474-1481, 1999.

SILVA, R. M. et al. Características Físico-químicas da carne de tourinhos zebuínos e europeus alimentados com níveis de grão de milheto na dieta. Ciência Animal Brasileira, v. 15, n. 1, p. 20-31, 2014.

VAZ, F. N. et al. Análise econômica, rendimentos de carcaça e dos cortes comerciais de vacas de descarte 5/8 Hereford 3/8 Nelore abatidas em diferentes graus de acabamento. Ciência Animal Brasileira, v. 13, n. 3, p. 338-345, 2012.

VAZ, F. N. et al. Características de carcaça e da carne de bovinos mestiços não-castrados ou submetidos a diferentes métodos de castração. Ciência Animal Brasileira, v. 15, n. 4, 2014.

VAZ, F. N. et al. Receita Industrial de cortes secundários da carcaça de bovinos mestiços leiteiros, não castrados ou submetidos a diferentes formas de castração. Ciência Animal Brasileira, v. 16, n. 1, p. 54-67, 2015.

XENOFONTE, A. R. B. et al. Características de carcaça de ovinos em crescimento alimentados com rações contendo farelo de babaçu. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 8, n. 2, p. 392-398, 2009.

Published

2024-03-15

How to Cite

Belizário, D. da S., Ferro, R. A. da C., Ferro, D. A. da C., Tomazello, D. A., Santos, B. M. dos, Santos, A. P. P. dos, Santos, K. J. G. dos, & Silva, B. P. A. da. (2024). Desempenho e qualidade de carcaça e carne de bezerros de origem leiteira confinados. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(3), e3772. https://doi.org/10.55905/oelv22n3-127

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)