Análise da geração de resíduos sólidos urbanos do município de Arraial do Cabo – RJ entre 2016 e 2023

Authors

  • José Arthur de Souza Santos Dutra
  • Diego da Silva Sales
  • Vitor Guimarães Correia
  • Camila Mendonça Romero Sales
  • Camila Henriques Nunes
  • Gustavo de Carvalho Chaves

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n3-094

Keywords:

gerenciamento de resíduos sólidos, resíduos sólidos urbanos, Arraial do Cabo

Abstract

O gerenciamento de resíduos sólidos é uma questão de extrema importância em todo o mundo, especialmente em Municípios turísticos como Arraial do Cabo, no Estado do Rio de Janeiro. A gestão inadequada destes resíduos resulta em impactos sociais, econômicos, ambientais e de saúde pública. Arraial do Cabo, que tem o turismo como sua principal atividade econômica, possui uma população residente de 30.968 habitantes, mas este quantitativo cresce significativamente durante os períodos de alta temporada, aumentando também a geração de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU). Neste contexto, este trabalho visa analisar os dados dos RSU gerados em Arraial do Cabo – RJ, entre 2016 e 2023, com o intuito de compreender os padrões de geração destes resíduos em alta temporada. O trabalho classifica-se como uma pesquisa exploratória, bibliográfica e documental com carácter quantitativo. Observou-se que os meses que geram mais RSU no Município foram respectivamente janeiro, dezembro e fevereiro, que se situam no verão, com pico de geração no primeiro mês citado. Em relação aos anos, pode-se evidenciar um crescimento na geração de RSU durante o período investigado, excetuando-se 2020 e 2021, possivelmente pelo cenário pandêmico vivenciado. Calculou-se a taxa de crescimento anual das médias dos RSU gerados, considerando os anos de 2019 e 2022, antes e depois da pandemia, que resultou em cerca de 15%, e posteriormente, projetou-se as médias anuais da geração dos RSU dos próximos cinco anos, 2023 a 2027. A projeção mostrou-se adequada, uma vez que, a média dos RSU gerados em 2023 teve uma diferença mínima da média projetada para este mesmo ano. Por fim, destaca-se a necessidade urgente de atualização e implementação efetiva de um Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos Municipal, que é de extrema importância para garantir a sustentabilidade ambiental e a qualidade de vida da população.

References

ALMEIDA, I. L.; TARDIN, R. Paisagem da Pesca em Arraial do Cabo: conflitos e potencialidades. In: ENCONTRO ARQUISUR, 2019, Belo Horizonte - MG. XXXVIII Encontro Arquisur. Belo Horizonte - MG: [s. n.], 2019. Disponível em: https://proceedings.science/arquisur-2019/trabalhos/paisagem-da-pesca-em-arraial-do-cabo-conflitos-e-potencialidades?lang=pt-br. Acesso em: 26 fev. 2024.

ANDRADE, C. D. S. et al. Análise do gerenciamento de resíduos sólidos urbanos na cidade de Itabira (MG). Research, Society and Development, [s. l.], v. 8, n. 3, p. e1983857, 2019.

BENI, M. C. Turismo e COVID-19: Algumas Reflexões. Revista Rosa dos Ventos - Turismo e Hospitalidade, [s. l.], v. 12, n. Especial, p. 1–23, 2020.

BRASIL. Lei No 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Brasília, 2010. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm. Acesso em: 21 mar. 2023.

BRASIL. Lei No 14.716, de 30 de outubro de 2023. Confere ao Município de Arraial do Cabo, no Estado do Rio de Janeiro, o título de Capital Nacional do Mergulho. 30 out. 2023. Disponível em: https://normas.leg.br/?urn=urn:lex:br:federal:lei:2023-10-30;14716. Acesso em: 12 nov. 2023.

BRETTAS, L. F. M. Cambuí do Cabo”, Uma (in)fusão de Sabores e Saberes da Comunidade de Arraial do Cabo e da Restinga de Massambaba. In: SEMINÁRIO DE PESQUISA, EXTENSÃO INOVAÇÃO E EMPREENDEDORISMO DO CENTRO DE ESTUDOS INTERDISCIPLINARES EM ALIMENTAÇÃO E HOSPITALIDADE, 2022, Cabo Frio/RJ. Seminário de Pesquisa, Extensão Inovação e Empreendedorismo do Centro de Estudos Interdisciplinares em Alimentação e Hospitalidade. Cabo Frio/RJ: [s. n.], 2022. Disponível em: https://anais.eventos.iff.edu.br/index.php/ceaih/article/view/1590. Acesso em: 26 fev. 2024.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos De Pesquisa. São Paulo: Atlas, 2002.

GODOY, M. B. R. B. Dificuldades para aplicar a Lei da Polítca Nacional de Resíduos Sólidos no Brasil / Difficulties regarding the application of the Brazilian National Law of Solid Waste. Caderno de Geografia, [s. l.], v. 23, n. 39, p. 1–12, 2013.

HEBER, F.; SILVA, E. M. da. Institucionalização da Política Nacional de Resíduos Sólidos: dilemas e constrangimentos na Região Metropolitana de Aracaju (SE). Revista de Administração Pública, [s. l.], v. 48, n. 4, p. 913–937, 2014.

IBGE. Arraial do Cabo (RJ) | Cidades e Estados | IBGE. [S. l.], 2022. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/rj/arraial-do-cabo.html. Acesso em: 22 mar. 2023.

MUNARI, A. B.; ASSUNÇÃO, V. K.; MENEZES, C. T. B. Problemas socioambientais decorrentes da urbanização e turismo: estudo de caso da Lagoa das Capivaras, Garopaba (SC), Brasil. Desenvolvimento e Meio Ambiente, [s. l.], v. 44, 2018. Disponível em: https://ojs.homologa.ufpr.br/made/article/view/54977. Acesso em: 25 fev. 2024.

NEVES, A. A. D. Viabilidade do uso da gastronomia como atrativo turístico. Estudo do festival da lula em Arraial do Cabo, RJ. 2012. Trabalho de Conclusão de Curso - Universidade Federal Fluminense, Niterói - RJ, 2012. Disponível em: https://app.uff.br/riuff/bitstream/handle/1/1764/184%20-%20Alexandre%20das%20Neves.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 26 fev. 2024.

PMAC. Arraial do Cabo continua com medidas restritivas para combate ao coronavírus. [S. l.], 2020. Disponível em: https://www.arraial.rj.gov.br/portal/noticias/0/3/1051/arraial-do-cabo-continua-com-medidas-restritivas-para-combate-ao-coronavirus. Acesso em: 25 fev. 2024.

PMAC. Medidas de prevenção a Covid-19 são avaliadas em Arraial do Cabo. [S. l.], 2021. Disponível em: https://www.arraial.rj.gov.br/portal/noticias/0/3/1366/medidas-de-prevencao-a-covid-19-sao-avaliadas-em-arraial-do-cabo. Acesso em: 25 fev. 2024.

PMAC. Relatório de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) – Período de 2016 a 2023 e Relatório de Coleta da Cooperativa de Reciclagem Local – Período de 2021 a 2022. [S. l.]: Publicado por: Prefeitura de Arraial do Cabo., 2024.

PMAC. Uso de máscara em locais abertos e fechados não é mais obrigatório em Arraial do Cabo. [S. l.], 2022. Disponível em: https://www.arraial.rj.gov.br/portal/noticias/0/3/1827/uso-de-mascara-em-locais-abertos-e-fechados-nao-e-mais-obrigatorio-em-arraial-do-cabo. Acesso em: 25 fev. 2024.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2oed. [S. l.]: FEEVALE, 2013.

REZENDE, J. H. et al. Composição gravimétrica e peso específico dos resíduos sólidos urbanos em Jaú (SP). Engenharia Sanitária e Ambiental, [s. l.], v. 18, n. 1, p. 1–8, 2013.

VERÇOZA, F. de C. Bromeliaceae e Cactaceae do Morro e da Praia do Forno, Arraial do Cabo, Rio de Janeiro, Brasil. Revista Dissertar, [s. l.], v. 1, n. 35, 2020. Disponível em: https://revistadissertar.adesa.com.br/index.php/revistadissertar/article/view/297. Acesso em: 26 fev. 2024.

Published

2024-03-12

How to Cite

Dutra, J. A. de S. S., Sales, D. da S., Correia, V. G., Sales, C. M. R., Nunes, C. H., & Chaves, G. de C. (2024). Análise da geração de resíduos sólidos urbanos do município de Arraial do Cabo – RJ entre 2016 e 2023. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(3), e3717. https://doi.org/10.55905/oelv22n3-094

Issue

Section

Articles