Análise do crescimento e desenvolvimento inicial de mudas de Jacaranda cuspidifolia sob diferentes substratos

Authors

  • Ludmilla Morais Pereira
  • Guilherme de Miranda Fernandes Reis
  • Marcos Antonio Negreiros Dias
  • Antonio Marcos Milhomem
  • Raffael Batista Marques
  • Karolayne Ferreira Saraiva
  • André Ferreira dos Santos
  • Priscila Bezerra de Souza

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n3-025

Keywords:

germinação, produção de mudas, Kruskal-Wallis, linguagem R

Abstract

A produção de mudas de Jacaranda cuspidifolia em diferentes substratos é uma das formas de desenvolver mudas de espécies nativas que possam contribuir com a recuperação de áreas degradadas do bioma Cerrado. A pesquisa teve como objetivo analisar o crescimento e o desenvolvimento de mudas da espécie Jacaranda cuspidifolia sob diferentes substratos. A metodologia da pesquisa foi desenvolvida por meio da seleção de sementes vigorosas de uma matriz de Caroba-roxa (Jacaranda cuspidifolia) existente na arborização da Universidade Federal do Tocantins, em Gurupi. A partir de então foi realizado o beneficiamento das sementes, por 24 h.  Para a realização da pesquisa foram utilizados quatro tipos de substratos, sendo: terra de barranco; substrato comercial; terra de barranco com esterco bovino curtido; e substrato comercial com terra de barraco. Desta forma, foram realizados os plantios, ou seja, o experimento ocorreu em quatro blocos de 25 mudas, totalizando 100 amostras. Aguardou-se a germinação por 15 dias, a partir de então, durante 7 semanas foram colhidos os dados sobre germinação e desenvolvimento. As variáveis analisadas foram a taxa de germinação (TG), altura das Mudas (H), diâmetro do caule (DC) e o números de folhas (NF). A pesquisa proporcionou uma análise das diferentes condições de germinação e desenvolvimento da espécie Jacaranda cuspidifolia em diferentes substratos, assim concluiu-se que existe maior eficácia na germinação e desenvolvimento das mudas por meio do Substrato Comercial e do Substrato Comercial misturado com Terra de Barranco, de acordo com as variáveis analisadas.

References

ALMEIDA, A. C. S. de. Planejamento, Implantação, Monitoramento e Manutenção de Arborização Urbana. Brasil: Editora Clube dos Autores, 2018.

ALMEIDA, D, C. et al. Utilização dos testes estatísticos Kruskal-Wallis e Mann-Whitney para avaliação de sistemas de solos reforçados com geotêxteis. Revista Matéria. v.27. nº 02. 2022. ISSN 1517-7076.

ASSENHEIMER, A. Benefícios do uso de biossólidos como substratos na produção de mudas de espécies florestais. Ambiência Guarapuava, v.5, n.2, p.321-330, 2009.

BANDEIRA, S. B. et al. Qualidade de mudas de Jacaranda cuspidifolia produzidas em diferentes substratos. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável (RBAS), v. 8, n. 1, p. 79-84, março, 2018.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para análise de sementes. Secretaria de Defesa Agropecuária. – Brasília: Mapa/ACS, 2009. 399 p.

BRASIL. Ministério da Agricultura e Pecuária. Previsão meteorologia para sua cidade. Instituto Nacional de Meteorologia. - Brasilia, 2023. Disponível em: <https://portal.inmet.gov.br/>, acesso em: 27 dez 2023.

BUENO, M. M. Produção de mudas de espécies florestais da Mata Atlântica, utilizando manejo automático da irrigação, substrato com biossólido e níveis de sombreamento. 2020. 90 f. Tese (Doutorado em Agronomia, Ciência do Solo) - Instituto de Agronomia, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica, RJ, 2020.

CABRAL JÚNIOR, J. B.; LUCENA, R. L. Análises das precipitações pelos testes não paramétricos de mann-kendall e kruskal-wallis. Revista Mercator. v. 19, Fortaleza, 2020. ISSN: 1984-2201.

CIRINO JUNIOR, B. et al. Crescimento inicial de clones de palma forrageira submetidos a níveis de adubação potássica. Ciência Animal Brasileira, v. 23, p. e70836, 2022.

COGO, F. D. et al. Produção sustentável de mudas de cafeeiro: substituição do substrato comercial por esterco bovino. Intercursos Revista Científica, v. 16, n. 2, 2017.

CORCIOLI, G.; BORGES, J. D.; JESUS, R. P. de. Deficiência de macro e micronutrientes em mudas maduras de Khaya ivorensis estudadas em viveiro. Cerne, v. 22, p. 121-128, 2016.

CRUZ, C.A.F.; PAIVA, H.N.; GUERRERO, C.R.A. Efeito da adubação nitrogenada na produção de mudas de sete-cacas (Samanea inopinata (Harms) Ducke). Revista Árvore, v.30, p.537-546, 2006.

DOS SANTOS MORAES, W. et al. Delineamento em blocos casualizados nas pesquisas em ciências agrárias: Uma revisão integrativa de literatura. Research, Society and Development, v. 10, n. 8, p. e53510817616-e53510817616, 2021.

FISCHER, E.; THEISEN, I. & LOHMANN, L.G. 2004. Bignoniaceae. The families and genera of vascular plants. In: J.W. Kadereit (ed.). Springer Verlag Heidelberg, Germany, pp. 9-38.

FONSECA, E. F., SILVA, G. O., TERRA, D. L. C. V., & SOUZA, P. B. de. (2017). Uso potencial da casca de arroz carbonizada na composição de substratos para produção de mudas de Anadenanthera peregrina (L) Speg. DESAFIOS - Revista Interdisciplinar Da Universidade Federal Do Tocantins, 4(4), 32–40. https://doi.org/10.20873/uft.2359-3652.2017v4n4p32

FREITAS, T. A. S. de; OLIVEIRA, M. F.; SOUZA, L. S.; DIAS, C. N.; QUINTELA, M. P. Qualidades de mudas de Myracrodruon urundeuva Fr. All. conduzidas sob diferentes volumes de recipientes. Ciência Florestal, [S. l.], v. 32, n. 1, p. 19–42, 2022. DOI: 10.5902/1980509837445.

GONÇALVES, W.; PAIVA, H. N. Árvores para o ambiente urbano. - Viçosa: Aprenda Fácil, 2017.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Brasileiro de 2022. Rio de Janeiro: IBGE, 2023. Disponível: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/to/gurupi/panorama>. Acesso em: 26 dez 2023.

KRUSKAL, W. H.; WALLIS, W. A. Use of ranks in one-criterion variance analysis. Journal of the American statistical Association, p. 583-621, 1952.

LACERDA, M. S. Plantio de eucalipto e o serviço ecossistêmico de captura e armazenamento de carbono. 2022. 59 f. Dissertação (Mestrado em Agronegócio) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia, 2022.

LEAL, R. M.; PRADO, R. de M. Desordens nutricionais no feijoeiro por deficiência de macronutrientes, boro e zinco. Revista Brasileira de Ciências Agrárias, v. 3, n. 4, p. 301-306, 2008.

LOHMANN, L.G. & ULLOA, C.U. 2006. Bignoniaceae. iPlants protptype checklist. Disponível em: <http://www.iplants.org.>, acesso em: 25 nov 2023.

MARTINS, M. B. F et al. Biofertilizante de torta de filtro e bactéria promotora do crescimento em plantas na produção de mudas de alface / Filter cake biofertilizer and plant growth-promoting bacteria in lettuce seedling production. Brazilian Journal of Development, [S. l.], v. 6, n. 9, p. 67758–67768, 2020. DOI: 10.34117/bjdv6n9-274.

MELO, L. A. de et al. Qualidade e crescimento inicial de mudas de Mimosa caesalpiniifolia Benth. produzidas em diferentes volumes de recipientes. Ciência Florestal, v. 28, p. 47-55, 2018.

MENDES, R. G. et al. Germinação e vigor de sementes de Araticum-Cagão influenciados por GA3 em diferentes substratos. Brazilian Journal of Animal and Environmental Research, v. 2, n. 1, p. 632-645, 2019.

MICHELETTI, L. B. Técnicas de pré-germinação e adubação na produção de mudas de abacateiro. 2023. Tese (Doutorado em Fitotecnia) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, University of São Paulo, Piracicaba, 2023. doi:10.11606/T.11.2023.

OLIVEIRA, M. C.; OGATA, R. S.; ANDRADE, G. A. de; SANTOS, D. da S.; SOUZA, R. M.; GUIMARAES, T. G.; SILVA JÚNIOR, M. C. da; PEREIRA, D. J. de S.; RIBEIRO, J. F. Manual de viveiro e produção de mudas: espécies arbóreas nativas do Cerrado. Rede de Sementes do Cerrado, 2016. 124 p. ISBN 978-85-99887-16-5.

OLIVEIRA, A. K. M. de; ALVES, F. F.; FERNANDES, V. Germinação de sementes de Vochysia divergens após armazenamento em três ambientes. Ciência Florestal, v. 28, p. 525-531, 2018.

PAIVA, H. N.; GONÇALVES, W. Produção de mudas para arborização urbana. Viçosa, MG: Aprenda Fácil, 2013.

PEREIRA, M. G. Variabilidade genética em populações de jacaranda cuspidifolia (mart.): uso da seleção natural na recuperação de áreas degradadas. Dissertação, 90 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas), Univerdade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu-SP, 2023.

SILVA, O. M. das C.; HERNÁNDEZ, M. M.; ARAUJO, G. do C. R.; CUNHA, F. L.; EVANGELISTA, D. V. da P.; LELES, P. S. dos S.; MELO, L. A. de. Potencial uso da casca de café como constituinte de substrato para produção de mudas de espécies florestais. Ciência Florestal, [S. l.], v. 30, n. 4, p. 1161–1175, 2020. DOI: 10.5902/1980509842500.

SMOLSKI, F. M. da S. et al. Capacitação em Análise de Estatística de Dados com uso do Software Livre R. Revista Ciência em Extensão, v. 14, n. 3, 2018. ISSN 1679-4605.

SEPLAN – Secretária de Planejamento e Orçamento do Estado do Tocantins. Perfil Socioeconômico de Gurupi. Palmas-TO: Diretoria de Pesquisa e Informações Econômicas, 2017. Disponível em: <https://www.to.gov.br/seplan/versao-2017/4ffnw7v4rgry>, acesso em: 12 fev. 2024.

Published

2024-03-04

How to Cite

Pereira, L. M., Reis, G. de M. F., Dias , M. A. N., Milhomem, A. M., Marques, R. B., Saraiva , K. F., dos Santos, A. F., & de Souza, P. B. (2024). Análise do crescimento e desenvolvimento inicial de mudas de Jacaranda cuspidifolia sob diferentes substratos. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(3), e3595. https://doi.org/10.55905/oelv22n3-025

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)