A morte do rei: análise da cobertura da morte de Pelé em jornais Argentinos

Authors

  • Rodrigo Daniel Levoti Portari
  • Pedro Pinto de Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n2-250

Keywords:

acontecimento programado, sociabilidade, morte

Abstract

A morte do ex-jogador de futebol Pelé, ocorrida em dezembro de 2022, foi um evento já esperado e aguardado pela mídia. Ao longo de 30 dias, desde a sua internação em hospital e anúncios da evolução do câncer que tirou sua vida, a mídia jornalística acompanhou passo a passo o desenrolar de sua doença, não só no Brasil, mas em vários países. A partir dessa perspectiva, a presente proposta se coloca a analisar as edições de quatro jornais argentinos do dia posterior à morte de Pelé. Foram escolhidos os jornais Clarín, La Nacion, Líbero e Olé e, a partir de uma análise da cobertura sobre a morte de Pelé, buscou-se compreender quais os quadros de sentido estabelecidos por essas publicações acerca do atleta e de sua morte. Considerando a rivalidade futebolística entre os dois países, partimos do evento “morte” enquanto ponto de sociabilidade para descortinar como as reportagens sobre Pelé representaram o atleta brasileiro para o público da Argentina.

References

ARENDT, H. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

BAUMAN, Z. Medo Líquido. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

CERTEAU, M. A invenção do Cotidiano. Petrópolis: Editora Vozes, 1998.

CHARAUDEAU, P. O discurso das mídias. São Paulo: Contexto, 2006.

FRANÇA, V. O acontecimento e a mídia. Galaxia (São Paulo, Online), n. 24, p. 10-21, dez. 2012.

FRANÇA, V; OLIVEIRA, L. (Orgs.) Acontecimento: Reverberações. Belo Horizonte:

Autêntica, 2012.

FRANÇA, V. A questão do tempo na perspectiva pragmatista da Comunicação. Aula inaugural do PPGCOM/UFOP, Juiz de Fora, MG, 3 maio 2017.

FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal Edições, 1988.

La vida de Pelé pende de un hilo y Kylian Mbappé pidió al mundo que recen por él. Clarín, Deportes, Buenos Aires, 3.dez.2022. Disponível em: https://www.clarin.com/internacional/deportes/vida-pele-pende-hilo-kylian-mbappe-pidio-mundo-recen_0_2QfhOIR6vz.html

MOUILLAUD, M. A crítica do acontecimento ou o fato em questão. In: PORTO, S.; MOUILLAUD, M. O jornal: da forma ao sentido. Brasília: Unb, 2012.

Novedades en la salud de Pelé: involución en su enfermedad y Navidad internado. Clarín, Deportes, Buenos Aires, 21.dez.2022. Disponível em: https://www.clarin.com/deportes/novedades-salud-pele-involucion-enfermedad-navidad-internado_0_WOUdYbCINe.html

ROJEK, C. Celebridade. Rio de Janeiro: Rocco, 2002.

STRAUSS, A. Espelhos e Máscaras. São Paulo: Edusp, 1999.

Published

2024-02-29

How to Cite

Portari, R. D. L., & de Oliveira, P. P. (2024). A morte do rei: análise da cobertura da morte de Pelé em jornais Argentinos. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(2), e3530. https://doi.org/10.55905/oelv22n2-250

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)