Estratégias de ensino-aprendizagem para alunos com deficiência visual

Authors

  • Silvana Maria Aparecida Viana Santos

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n2-217

Keywords:

educação inclusiva, deficiência visual, estratégias de ensino, tecnologias assistivas, formação docente

Abstract

Este estudo abordou o desafio de promover estratégias de ensino-aprendizagem eficazes para alunos com deficiência visual, com o objetivo de identificar práticas pedagógicas inclusivas que facilitassem o acesso ao conhecimento e a participação ativa desses alunos no ambiente educacional. A metodologia adotada foi a revisão de literatura, que permitiu a análise de políticas públicas, estratégias de ensino adaptadas, tecnologias assistivas e a importância da formação docente para o atendimento educacional especializado. Os resultados indicaram que a adaptação de materiais didáticos e a utilização de recursos como o Soroban, tecnologias assistivas e realidade aumentada têm um impacto positivo significativo no aprendizado de alunos com deficiência visual. Além disso, evidenciou-se a necessidade de professores bem preparados para implementar essas estratégias de forma efetiva. As considerações finais ressaltaram a importância da integração de práticas pedagógicas inclusivas, o desenvolvimento profissional contínuo dos educadores e o suporte de políticas públicas para a promoção de uma educação inclusiva de qualidade.

References

BEZERRA, G. F. A Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva: a problemática do profissional de apoio à inclusão escolar como um de seus efeitos. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 26, n. 4, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1980-54702020v26e0184.

CAMPOS, F. R. Robótica Educacional no Brasil: questões em aberto, desafios e perspectivas futuras. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. 12, n. 4, p. 2108–2121, out./dez. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.21723/riaee.v12.n4.out/dez.2017.8778.

DRAGO, R.; MANGA, V. P. B. B. Deficiência visual e formação de professores: para uma revisão conceitual. Crítica Educativa, Sorocaba, SP, v. 3, n. 3, p. 292–310, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.22476/revcted.v3i3.239.

LOPES, L. M. D.; VIDOTTO, K. N. S.; POZZEBON, E.; FERENHOF, H. A. Inovações educacionais com o uso da realidade aumentada: Uma revisão sistemática. Educação em Revista, v. 35, e197403, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-4698197403.

PLETSCH, M. D. A formação de professores para a educação inclusiva: legislação, diretrizes políticas e resultados de pesquisas. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 3, p. 537-550, set./dez. 2009. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0104-40602009000100010.

SANTOS, A. L. J. P.; LIMA, L. L. R. C.; CRUZ, C. P. O uso do Soroban como instrumento para a aprendizagem dos alunos com deficiência visual. Universidade Estadual de Feira de Santana, [s.d.]. Disponível em: https://www.uefs.br/vcbei/backup6/O%20USO%20DO%20SOROBAN%20COMO%20INSTRUMENTO%20PARA%20A%20APRENDIZAGEM%20DOS%20ALUNOS%20COM%20DEFICI%C3%8ANCIA%20VISUAL.pdf.

Published

2024-02-26

How to Cite

Santos, S. M. A. V. (2024). Estratégias de ensino-aprendizagem para alunos com deficiência visual. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(2), e3471. https://doi.org/10.55905/oelv22n2-217

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)

1 2 > >>