Prevenção e monitoramento da dengue subsidiadas pelo sistema de informação de agravos de notificação (SINAN): revisão integrativa

Authors

  • Rosenberg Garcia
  • André Luiz de Souza Braga
  • Maritza Consuelo Ortiz Sanchez
  • Pedro Ruiz Barboza Nassar
  • Johny Carlos de Queiroz
  • Miriam Marinho Chrizostimo
  • Barbara Pompeu Christovam

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n2-171

Keywords:

sistemas de informação, dengue, vigilância epidemiológica e unidade básica

Abstract

Objetivo: descrever, baseado em evidências, pesquisas subsidiadas pelo SINAN para a prevenção e o monitoramento da dengue. Metodologia: Estudo tipo Revisão integrativa da literatura. A questão norteadora considerada foi: quais ações são desenvolvidas para a prevenção e controle da dengue subsidiadas pelo SINAN? Foi realizada através das seguintes bases de dados: MedLine, LILACS E BDENF, utilizando-se os seguintes Descritores em Ciências da Saúde: "Sistemas de Informação"; Dengue; "Vigilância Epidemiológica" e "Unidade Básica", combinados entre si por meio do operador booleano AND. A busca se deu em novembro de 2023, sendo incluído os estudos publicados nos últimos 10 anos. Excluiu-se os materiais que não estivessem relacionados especificamente com a temática estudada. Resultados: em duas categorias foram evidenciadas a importância do SINAN como fonte de informações em um cotidiano de trabalho que agrega subsídios para as ações de vigilância epidemiológica. Conclusão: Os achados sintetizam as ações utilizadas para construção do perfil dos casos de dengue. A informação de qualidade é extremamente relevante para subsidiar a tomada de decisão, em todos os níveis de ação, pois permitirá o diagnóstico de forma fidedigna às necessidades de saúde da população.

References

Assis, V. C.; Amaral, M. P. H.; Mendonça, A. E. Análise da qualidade das notificações de dengue informadas no sistema de informação de agravos de notificação, na epidemia de 2010, em uma cidade polo da zona da mata do estado de Minas Gerais. Revista de APS, [S. l.], v. 17, n. 4, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/aps/article/view/15336. Acesso em 15 nov. 2023.

Barreto P. A.; Braga A. L. S.; Andrade M. Avaliação da completitude dos registros de dengue estudo exploratório das notificações compulsórias. Online braz j nurs [periodic online]. 2012 Dec; 11 (3): Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3614/361441679020.pdf Acesso em 18 nov. 2023.

Benchimol, J. L. A instituição da microbiologia e a história da saúde pública no Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 5, n. 2, p. 265–292, 2000. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1413-81232000000200005 Acesso em 08 out. 2023.

Brasil. Lei 8080 de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promo-ção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8080.htm Acesso em 15 out. 2023.

Brasil. Guia de vigilância epidemiológica. 6 ed. Brasília: Ministério da Saúde, 2005.

Braz, R. M. et al. Avaliação da completude e da oportunidade das notificações de malá-ria na Amazônia Brasileira, 2003-2012. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 25, n. 1, p. 21–32, jan. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ress/a/7fJQdBNQKy6dvSmcBB9x3Rk/?lang=pt# Acesso em 18 nov. 2023.

Brito, C. V. B.; Formigosa, C. A. C.; Mello Neto, O. S. Impacto da COVID-19 em do-enças de notificação compulsória no Norte do Brasil. Revista Brasileira Em Promoção da Saúde, 35, 1-11. (2022). Disponível em: https://doi.org/10.5020/18061230.2022.12777 Acesso em 15 nov. 2023.

Centre For Evidence-Based Medicine – CEBM. Oxford Centre for Evidence-based Medicine: levels of evidence. Oxford, 2009. Disponível em: http://www.cebm.net/oxford-centre-evidence-based-medicine-levelsevidence-march-2009 Acesso em: 26 nov. 2023.

Costa, C. A. DA.; Santos, I. G. C.; Barbosa, M. G. Detecção e tipagem de vírus dengue em Aedes aegypti (Diptera: Culicidae) na Cidade de Manaus, Estado do Amazonas. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, v. 42, n. 6, p. 677–681, dez. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rsbmt/a/s7Qj87pW4LN56DTgBwgRbBB/?format=pdf&lang=pt Acesso em 18 nov. 2023.

Goto D. Y. N.; Larocca L. M.; Felix J. V. C.; Kobayashi V. L.; Chaves M. M. N. Avali-ação da oportunidade de notificação da dengue no Estado do Paraná. Acta Paul En-ferm. 2016;29(3):355–62. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ape/a/Xy5qDLyFX9QCqj6CRYb5fhj/?format=pdf&lang=pt Acesso em 15 nov. 2023.

Guimarães L. M.; Cunha G. M. Diferenças por sexo e idade no preenchimento da esco-laridade em fichas de vigilância em capitais brasileiras com maior incidência de dengue, 2008-2017. Cad Saúde Pública 2020; 36:e00187219. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/YBDXrLCByWYfxNxk9DnhG8v/?format=pdf&lang=pt Acesso em 15 nov. 2023.

Marques C. A.; Siqueira M. M.; Portugal F. B. Avaliação da não completude das notifi-cações compulsórias de dengue registradas por município de pequeno porte no Brasil. Cien Saude Colet. 2020 Mar;25(3):891-900. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232020253.16162018 Acesso em 15 nov. 2023.

Mendes, K. D. S.; SILVEIRA, R. C. C. P.; GALVAO, C. M. Revisão integrativa: mé-todo de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto - enfermagem. Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758-764, Dec. 2008. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072008000400018&lng=en&nrm=iso Acesso em 10 Nov. 2023.

MOTHER, D. et al. Preferred reporting itens for systematic reviews and meta-analyses: the PRISMA statement. Revista Plos Medicine, v. 6, n. 7, p. 1-6, 2021. Disponível em:

https://journals.plos.org/plosmedicine/article?id=10.1371/journal.pmed.1000097 Acesso em: 08 nov. 2023.

Moura, D.N.A et al. Epidemiologia da dengue em Minas Gerais de 2009 a 2019: uma análise descritiva. 2021. Revista HU. Artigo Original. Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/hurevista/article/view/36236/24160 Acesso em 15 nov. 2023.

Oliveira, R.M.A.B; Araújo, F.M.C.; Cavalcanti, L.P.G. Aspectos entomológicos e epi-demiológicos das epidemias de dengue em Fortaleza, Ceará, 2001-2002. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 27, n.1, 2018. Disponível em: https://doi.org/10.5123/S1679-49742018000100014 Acesso em 15 nov. 2023.

Rabelo A. C. L.; Amâncio F. F.; Oiko C. S. F.; Ferraz M. L.; Carneiro M. Caracterização dos casos confirmados de dengue por meio da técnica de linkage de bancos de dados, para avaliar a circulação viral em Belo Horizonte, 2009-2014. Epidemiologia Serv Sau-de. 2020;29(3):e2019354. Disponível em: https://scielosp.org/article/ress/2020.v29n3/e2019354/ Acesso em 15 nov. 2023.

Rocha, M. S., Bartholomay, P.; Cavalcante, M. V. Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan): principais características da notificação e da análise de dados relacionada à tuberculose. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 29, n. 1, p. e2019017, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ress/a/K8Bh4JKPmdqySDZBj6JBPxn/?lang=pt Acesso em 09 Out. 2023.

Rocha, M. S.; Oliveira G. P.; Guillen L. C. T.; Coeli C. M.; Saraceni V.; Pinheiro R. S. Uso de linkage entre diferentes bases de dados para qualificação de variáveis do Sinan-TB e a partir de regras de scripting. Cadernos de Saúde Pública, v. 35, n. 12, p. e00074318, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/9phcLypWdsdk9WqPj7w4n8P/?format=pdf&lang=pt Acesso em 18 nov. 2023.

Santos, A. L. D.; GIMENEZ, D. M. Inserção dos jovens no mercado de trabalho. Estu-dos Avançados, v. 29, n. 85, p. 153–168, set. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ea/a/GbtRWPdc95dJYQVnkN5cBNq/?format=pdf&lang=pt Acesso em 19 nov. 2023.

Silva, C. F. DA.; Leite, Á. J. M.; Almeida, N. M. G. S. Linkage entre bancos de dados de nascidos vivos e óbitos infantis em município do Nordeste do Brasil: qualidade dos sistemas de informação. Cadernos de Saúde Pública, v. 25, n. 7, p. 1552–1558, jul. 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/KSKjqJhXBPStWbdj8Mbmgnc/?format=pdf&lang=pt Acesso em 18 nov. 2023.

Silva, P. L. N.; Marques, A. C. R.; Souza, K. S.; Gusmão, M. S. F.; Galvão, A. P. F. C.; Fonseca, J. R. (2021). Análise da incidência de dengue em pacientes notificados em Montes Claros entre 2017 e 2019. Nursing (São Paulo),24(276), 5642–5655. Disponível em: https://www.revistanursing.com.br/index.php/revistanursing/article/view/1535/1750 Acesso em 15 nov. 2023.

Souza, A. S. R. et al. General aspects of the COVID-19 pandemic. Revista Brasileira de Saúde Materno Infantil, v. 21, p. 29–45, fev. 2021. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbsmi/a/8phGbzmBsSynCQRWjpXJL9m/?format=pdf&lang=pt Acesso em 18 nov. 2023.

Toledo, A. L. A.; Escosteguy C. C.; Medronho R. A.; Andrade F. C. Confiabilidade do diagnóstico final de dengue na epidemia 2001-2002 no Município do Rio de Janeiro, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 22, n. 5, p. 933–940, maio 2006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/FyV7RJmr6vYQ3k98TDLQjhd/?format=pdf&lang=pt Acesso em 18 nov. 2023.

Published

2024-02-20

How to Cite

Garcia, R., Braga, A. L. de S., Sanchez, M. C. O., Nassar, P. R. B., de Queiroz, J. C., Chrizostimo, M. M., & Christovam, B. P. (2024). Prevenção e monitoramento da dengue subsidiadas pelo sistema de informação de agravos de notificação (SINAN): revisão integrativa. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(2), e3351. https://doi.org/10.55905/oelv22n2-171

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)