The importance of landscape architecture in the process of resocializing the inmate

Authors

  • Suellen Cavalcante Costa

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n2-023

Keywords:

landscape, prison architecture, enviroment, inmate, education, social reinsertion

Abstract

The punitive elements overlap with the educational ones in the prison architecture, making the penal system flawed in the goal of social reintegration. As a result, there is na increase in crime and high rates of recidvism. The architecture in turn has contributed to the repression and hostility in prison life, impairing the possibilities of improvement of the reclusive individual. This article aims to identify the main architecture factors harmful to the resocialization process and highlight the importance of the quality of the internals and externals spaces of prison to promote quality of life and through this, favor the practice of teaching and learning withing the institution. After all, it is throught education that the human beign can develop.

References

FERREIRA, Nath, 2021. A arquitetura e urbanismo engloba também a arquitetura de paisagem?https://blog.voomp.com.br/graduacao/arquitetura-e-urbanismo/arquitetura-de-paisagem-saiba-como-ela-se-encaixa-na-area-de-arquitetura-e-urbanismo#O_surgimento_e_evolucao_da_Arquitetura_de_Paisagem.

Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

Lei da execução penal. lei nº 7.210, de 11 de julho de 1984.

https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l7210.htm Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

CAU/BR, Código de Ética e Disciplina para Arquitetos e Urbanistas. https://www.caubr.gov.br/wp-content/uploads/2015/08/Etica_CAUBR_06_2015_WEB.pdf Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

Jornal da USP, 2022. Brasil gasta quase quatro vezes mais com sistema prisional em comparação com educação básica. https://jornal.usp.br/ciencias/brasil-gasta-quase-quatro-vezes-mais-com-sistema-prisional-em-comparacao-com-educacao-basica/ Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

ASSOCIAÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DE MINAS GERAIS APUD JUSBRASIL, 2011. No Brasil, sete a cada dez ex-presidiários voltam ao crime, diz presidente do STF. https://amp-mg.jusbrasil.com.br/noticias/2828503/no-brasil-sete-em-cada-dez-ex-presidiarios-voltam-ao-crime-diz-presidente-do-stf#:~:text=Segundo%20ele%2C%20atualmente%20cerca%20de,dos%20maiores%20%C3%ADndices%20do%20mundo. Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

CESAR, 2003. Ideologia, visões de mundo e práticas socioambientais no paisagismo. https://www.scielo.br/j/se/a/wmwSj5kJ4TVzWFp7PMXD6Ky/?lang=pt Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

CORDEIRO, Suzann. Arquitetura penitenciária: a evolução do espaço inimigo. São Paulo, Arquitextos ano 05, n. 059.11, Vitruvius, abr. 2005 http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/05.059/480 Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

PORTAL DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL, 2022. https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/educacaoambiental/prateleira-ambiental/socioambiental/ Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

NOVO, Benigno Núnez, 2019. Responsabilidade socioambiental. https://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/11152/Responsabilidade-socioambiental#:~:text=S%C3%A3o%20exemplos%20de%20programas%20e,lixo%20industrial%2C%20reflorestamento%20X%20desmatamento%2C Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

AGEPEN. Com ações de sustentabilidade e ocupação prisional, AGEPEN conquista dois prêmios de inovação na gestão pública. https://www.agepen.ms.gov.br/com-acoes-de-sustentabilidade-e-ocupacao-prisional-agepen-conquista-dois-premios-de-inovacao-na-gestao-publica/ Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

IPONEMA, Carlos Eduardo, 2022. Canal ciências criminais. Percepção ambiental dos presos no sistema prisional

https://canalcienciascriminais.com.br/percepcao-ambiental/ Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

PSICANÁLISE CLÍNICA, 2019. A natureza humana segundo a psicanálise. https://www.psicanaliseclinica.com/natureza-humana/ Acesso em: 20 de fevereiro de 2023.

Published

2024-02-07

How to Cite

Costa, S. C. (2024). The importance of landscape architecture in the process of resocializing the inmate. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(2), e3103. https://doi.org/10.55905/oelv22n2-023

Issue

Section

Articles