Caracterização de água residuária do café o potencial poluidor nos corpos d'água do município de Ibatiba-ES

Authors

  • Fernanda Freitas Galote de Souza
  • Leandro Dias Martins Souza
  • Bruna Chaves Amaral
  • Diana Henriques Lemos
  • Ana Ruth Reis de Souza
  • Juscelino Alves Henriques
  • Benvindo Sirtoli Gardiman Junior
  • Marisleide Garcia de Souza

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n1-213

Keywords:

café, amostras, análises, parâmetros físico-químicos

Abstract

O presente trabalho, considerando a importância do café para o Brasil e para a região do Espírito Santo, tem como objetivo realizar a caracterização da água residuária e seu potencial poluidor na cidade de Ibatiba, Espírito Santo. Para isso, foram coletadas amostras de água residuária do café (ARC) em Unidades de Processamento (UP) de propriedades agrícolas situadas no município de Ibatiba, efetuando análises físico-químicas. Em seguida, a partir da obtenção dos resultados foi desempenhada uma tabela para melhor observação, concluiu-se que as águas residuárias do café possuem potencial poluidor e necessitam de tratamento para não causar impactos ao meio ambiente.

References

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS - ABNT. Preservação e técnicas de amostragem de efluentes líquidos e corpos receptores: 9898. Rio de Janei-ro, 1987. 22p.

AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION (APHA). Standard Methods For The Examination of Water and Wastewater. 22 ed. Washington: APHA, 2012.

BRASIL, Resolução CONAMA n°20, de 18 de junho de 1986. Classificação de águas, doces, salobras e salinas do Território Nacional. Publicado no D.O.U. de 30 julho 1986.

CONAMA. Resolução n° 430 de 13 de maio de 2011. Dispõe sobre as condições e padrões de lançamento de efluentes, complementa e altera a resolução n° 357 de 17 de março de 2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente-CONAMA. Ministério do Meio Ambiente, Brasília, DF, 13 de maio de 2011. Disponível em: <http://www.mma.gov.br/port/conama/legiabre.cfm?codlegi=646>. Acesso em 21 de junho de 2018.

DELGADO, E. A.; BAROIS, I. Compostagem da polpa de café no México. III SE-MINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE BIOTECNOLOGIA NA AGROINDÚS-TRIA CAFEEIRA. Londrina – PR. 1999.

EUSTÁQUIO JÚNIOR, V.; MATOS, A. T.; LO MONACO, P. A. V.; MATOS, M. P. de. Eficiência de sistemas de aeração em cascatas no tratamento de águas residuárias do café. Coffee Science, Lavras, v. 9, n. 4, p. 435 - 444, out-dez, 2014.

GARDIMAN JUNIOR, B. S.; GARCIA, G. O.; REIS, E. F. Avaliação da taxa de re-moção e custo do tratamento da água residuária do café por um sistema eletrolítico. RAMA. v. 12, n. 3, jul-set. 2019.

SOARES, M. T. S.; GALVANIL, F.; FERNANDES, A. H. B. M.; FERNANDES, F. A.; OLIVIERI, F. L.; DE LIMA, I. B. T.; CRISPIM, S. M. A.; FRANDO, E.; RIE-GER, K. L. Caracterização físico-química de efluentes líquidos de granjas suínas trata-dos em biodigestor. In: Embrapa Pantanal-Artigo em anais de congresso (ALICE). Sim-pósio sobre recursos naturais e socioeconômicos do pantanal, 5., 2010, Corumbá, MS. Anais... Corumbá: Embrapa Pantanal: UFMS; Campinas: ICS do Brasil, 2010. 1 CD-ROM SIMPAN 2010., 2010.

MATOS, A. T. de.; EUSTÁQUIO JÚNIOR, V. MATOS, M. P. de. Eficiência de aera-ção e consumo de oxigênio no tratamento de água residuária do processamento dos fru-tos do cafeeiro em sistema de aeração em cascata. Engenharia Agrícola, Jaboticabal, v. 35, n. 5, p. 941-950, set-out, 2015.

Published

2024-01-30

How to Cite

de Souza, F. F. G., Souza, L. D. M., Amaral, B. C., Lemos, D. H., de Souza, A. R. R., Henriques, J. A., Gardiman Junior, B. S., & de Souza, M. G. (2024). Caracterização de água residuária do café o potencial poluidor nos corpos d’água do município de Ibatiba-ES. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(1), 4083–4090. https://doi.org/10.55905/oelv22n1-213

Issue

Section

Articles