Identificação e avaliação da atividade antimicrobiana de óleorresina de pimentas do gênero Capsicum spp. frente ao Staphylococcus aureus

Authors

  • Fábio Gomes Zampieri
  • João Carlos Cansian Junior
  • Vinicius Alves Porto Rodrigues
  • Luciano Menini
  • Alexandre Cristiano Santos Júnior
  • Jardel Oliveira Santos
  • Cintia dos Santos Bento
  • Monique Moreira Moulin

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n1-161

Keywords:

atividade antimicrobiana, concentração inibitória mínima, extrato óleorresina, Staphylococcus aureus, disco difusão em ágar, formação biofilme em aço inoxidável

Abstract

As pimentas do gênero Capsicum são espécies com diferentes graus de pungência, conferida pela presença de capsaicinoides, sendo esse um grupo de compostos com  capacidade para controlar o desenvolvimento de microrganismos. O objetivo do presente trabalho foi avaliar diferentes soluções sanificantes à base de óleorresina e sua ação antimicrobiana, obtidos de extratos de quatro espécies de Capsicum frente ao microrganismo Gram-positivo Staphylococcus aureus. A metodologia utilizada para avaliar a potencial bactericida foi o teste de disco difusão em ágar e formação de biofilme em aço inoxidável. Foi realizada a coleta do material de estudo e a obtenção dos extratos pelo sistema Soxhlet, posteriormente houve a preparação da cepa bacteriana para os testes de inibição. Foi verificado médias de seis variáveis quantitativas dos 12 acessos de Capsicum spp., pelo método de Scott-Knott a p < 0,05 de probabilidade. Verificou-se pelo método disco difusão   em ágar a atividade antibacteriana da pimenta frente à cepa teste tendo um resultado mais  significativo com o extrato do acesso IFES 71 frente à cepa da S. aureus com halo igual a 17,84mm em uma concentração de 62,5 μg/mL ou 6,25%. No segundo método testado, que foi a formação de biofilme em aço inoxidável, analisou-se a inibição do crescimento bacteriano e foi demonstrada uma eficiência melhor com o acesso IFES 100, com uma menor contagem de colônias nos tempos de exposição de 15 e 30 minutos apresentando um resultado significativo pelo teste de Scott-knott com 5%. Os extratos estudados evidenciaram atividade antibactericida pelos testes disco difusão em ágar e formação de biofilme em aço inoxidável, destacando-se os acessos IFES 71 e IFES 100, com potencial para formulação de produtos alternativos como ferramenta no controle do patógeno S. aureus.

References

AKBAS, E.L.I.F.; SOYLER, U.B.; OZTOP, M.H. Physicochemical and Antimicrobial Properties of Oleoresin Capsicum Nanoemulsions Formulated with Lecithin and Sucrose Monopalmitate. Applied Biochemistry and Biotechnology, v. 1002, p. 285-303, 2018.

AYRES, M.C.C.; BRANDÃO, M.S.; VIEIRA-JÚNIOR, G.M.; MENOR, J.C.A.S.; SILVA, H.B.; SOARES, M.J.S.; CHAVES, M.H. Atividade antibacteriana de plantas úteis e constituintes químicos da raiz de Copernicia prunifera. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 18, n. 1, p. 90-97, 2008.

ARAÚJO, P.R.L.; SILVA, B.P.; NOGUEIRA, A.A. Estudo antimicrobiano de sucos de frutas e hortaliças frente a isolados clínicos. Congresso Brasileiro de Química. Vol. 47. 2007.

Association of Official Analytical Chemists (AOAC). Official Methods of Analysis of AOAC International 17th ed. Gaithersburg: AOAC; 2000.

BAENAS, N.; BELOVIĆ, M.; ILIC, N.; GARCÍA-VIGUERA, C. Industrial use of pepper (Capsicum annuum L.) derived products: technological benefits and biological advantages. Food Chemistry, v. 274, p. 872-885, 2018.

BAUER, A.W.; KIRBY, W.M.; SHERRIS, J.C.; TURCK, M. Antibiotic susceptibility testing by a standardized single disk method. American Journal of Clinical Microbiology and Antimicrobials, v.40, p. 2413-2415, 1966.

BRILHANTE, B.D.G.; SANTOS, T.O.; SANTOS, P.H.A.D.; KAMPHORST, S.H.; SOUZA NETO, J.D.; LUCIO, L.H.; VALADARES, F.V.; ALMEIDA, R.N.; RODRIGUES, R. SANTOS JUNIOR, A.C.; MOULIN, M.M. Phenotypic and Molecular Characterization of Brazilian Capsicum Germplasm. Agronomy-Basel, v. 11, p. 1-16, 2021.

CARVALHO, H.H.; WIEST, J.M.; CRUZ, F.T. Atividade antibacteriana in vitro de pimentas e pimentões (Capsicum sp.) sobre quatro bactérias toxinfectivas alimentares. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, v. 12, p. 8-12, 2010.

CARVALHO, S.I.C.; BIANCHETTI, L.B.; RIBEIRO, C.S.C.; LOPES, C.A. Pimentas do gênero Capsicum no Brasil. Brasília, DF: Embrapa Hortaliças, 2006. 27p.

CLSI. M02–A12: Performance standards for antimicrobial disk susceptibility tests; approved standard—Twelfth Edition. CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute), 35(1), 2015.

CRUZ, F.T.; CARVALHO, H.H.C.; GIROLOMETTO, G. Avaliação da atividade antibacteriana de diferentes pimentas e pimentões do gênero Capsicum e sua relação com o teor capsaicinóides. Salão de Iniciação Científica (15.: 2003: Porto Alegre). Livro de resumos. Porto Alegre: UFRGS, 2003., 2003.

CUI, H.; ZHANG, C.; LI, C.; LIN, L. Inhibition mechanism of cardamom essential oil on methicillin-resistant Staphylococcus aureus biofilm. LWT, v. 122, p. 109057, 2020.

CUI, H.; ZHANG, C.; LI, C.; LIN, L. Antibacterial mechanism of oregano essential oil.

Industrial Crops and Products, v. 139, p. 111-118, 2019.

DRUMOND, S.N.; SANTIAGO, A.F.; MOREIRA, M.; LANNA, M.C.S.; ROESER, H.M.P. Identificação molecular de Escherichia coli diarreiogênica na bacia hidrográfica do rio xopotó na região do Alto Rio Doce. Engenharia Sanitária Ambiental, v. 23, p. 579-590, 2018.

GOCI, E.; HALOCI, E.; Di STEFANO, A.; CHIAVAROLI, A.; ANGELINI, P.; MIHA, A.; CACCIATORE, I.; MARINELLI, L. Evaluation of In Vitro Capsaicin Release and Antimicrobial Properties of Topical Pharmaceutical Formulation. Biomolecules, v. 11, p. 432-444, 2021.

GROJJA, Y.; HAJLAOUI, H.; LUCA, S. V.; ABIDI, J.; SKALICKA-WOŹNIAK, K.; ZOUARI, S.; BOUAZIZ, M. Untargeted Phytochemical profiling, antioxidant, and antimicrobial activities of a Tunisian Capsicum annuum Cultivar. Molecules, v. 28, p. 6346-6354, 2023.

HOLETZ, F. B.; PESSINI, G. L.; SANCHES, N. R.; CORTEZ, D. A. G.; NAKAMURA, C. V.; DIAS FILHO, B. P. Screening of some plants used in the Brazilian folk medicine for the treatment of infectious diseases. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz. v. 97, p. 1027- 1031, 2002.

INÉS-MOLINA, R. D. I.; CAMPOS-SILVA, R.; DÍAZ, M. A.; MACEDO, A. J.; BLÁZQUEZ, M. A.; ALBERTO, M. R.; ARENA, M. E. Inhibition of bacterial virulence factors of foodborne pathogens by paprika (Capsicum annuum L.) extracts. Food Control, v. 133, p. 902-921, 2022.

KAPPEL, V.D.; COSTA, G.M.; SCOLA, G.; SILVA, F.A.; LANDELL, M.F.; VALENTE, P.; SOUZA, D.G.; VANZ, D.C.; REGINATTO, F.H.; MOREIRA, J.C. Phenolic content and antioxidant and antimicrobial properties of fruits of Capsicum baccatum L. var. pendulum at different maturity stages. Journal of medicinal food, v. 11, p. 267-274, 2007.

MANGUCCI, C.B.; TONIN, M.H.N.; RITT, B.S.; JERONIMO, M.C.; CHESCA, A.C.

Atividade antimicrobiana e viabilidade econômica do óleo essencial de pimentas do gênero Capsicum. II Encontro de Desenvolvimento de Processos Agroindustriais, 2018.

NASCIMENTO, P.L.A.; NASCIMENTO, T.C.E.S.; RAMOS, N.S.M.; SILVA, G.R.; GOMES, J.E.G.; FALCÃO, R.E.A.; MOREIRA, K.A.; PORTO, A.L.F.; SILVA, T.M.S. Quantificação, Atividade Antioxidante e Antimicrobiana de Fenólicos Isolados de Diferentes Extratos de Capsicum frutescens (Pimenta Malagueta). Molecules, v. 19, p. 5434-5447, 2014.

PERIFERAKIS, A.T.; PERIFERAKIS, A.; PERIFERAKIS, K.; CARUNTU, A.; BADARAU, I.A.; SAVULESCU-FIEDLER, I.; CARUNTU, C. Antimicrobial properties of capsaicin: available data and future research perspectives. Nutrients, v. 15, p. 4097-4106, 2023.

ROMERO-LUNA, H.E.; COLINA, J.; GUZMÁN-RODRÍGUEZ, L.; SIERRA-CARMONA, C.G.; FARÍAS-CAMPOMANES, Á.M.; GARCÍA-PINILLA, S.; PEREDO-LOVILLO, A. Capsicum fruits as functional ingredients with antimicrobial activity: an emphasis on mechanisms of action. Journal of Food Science and Technology, v. 60, p. 2725-2735, 2023.

SANTOS, L.S.; FERNANDES, C.C; MIRANDA, M.L.D. Extrato etanólico dos frutos de Capsicum chinense e sua ação contra Escherichia coli e Listeria monocytogenes: um breve relato. In: S. VERRUCK, ed. Avanços em ciência e tecnologia de alimentos. Guarujá: Ed. Científica Digital, v. 1, p. 216-222, 2020.

SOUZA, A.O.; BESSA, D.H.R.F.; FERNANDES, C.C.; PEREIRA, P.S.; MARTINS, C.H.G.; MIRANDA, M.L.D. Phytochemical screening of extracts from Spiranthera odoratissima A. St.-Hil. (Rutaceae) leaves and their in vitro antioxidant and anti-Listeria monocytogenes activities. Acta Scientiarum. Biological Sciences, v. 42, p. 51881-51897, 2020.

SOUZA, A.M.; ARMSTRONG, L.; MERINO, F.J.Z.; COGO, L.L.; MONTEIRO, C.L.B.; DUARTE, M.R.; MIGUEL, O.G.; MIGUEL, M.D. In vitro effects of Eugenia pyriformis Cambess., Mirtaceae: antimicrobial activity and synergistic interactions with Vancomycin and Fluconazole. Africal Journal of Pharmacy and Pharmacology, v. 8, p. 862 – 867, 2014.

TAYSEER, I.; ABURJAI, T.; ABU-QATOUSEH, L.; AL-KARABIEH, N.; AHMED, W.; Al-SAMYDAI, A. In vitro Anti-Helicobacter pylori Activity of Capsaicin. Journal Pure Applied Microbiology, v. 14, p. 279-286, 2020.

ZHOU, Y.; REN, Y.; FAN, C.; SHAO, H.; ZHANG, Z.; MAO, W.; Wei, C.; Ni, H.; Zhu, Z.; Hou, X.; Piao, F.; Cui, Y. Survey of mycotic mastitis in dairy cows from Heilongjiang Province, China. Tropical Animal Health and Production, v. 45, p. 1709-1714, 2013.

Published

2024-01-25

How to Cite

Zampieri, F. G., Cansian Junior, J. C., Rodrigues, V. A. P., Menini, L., Santos Júnior, A. C., Santos, J. O., Bento, C. dos S., & Moulin, M. M. (2024). Identificação e avaliação da atividade antimicrobiana de óleorresina de pimentas do gênero Capsicum spp. frente ao Staphylococcus aureus. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(1), 3050–3070. https://doi.org/10.55905/oelv22n1-161

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)