Tecnologias da informação e comunicação e a competência digital do profissional da informação

Authors

  • Naiara Amália da Silva
  • Rafael Bianchini Glavam
  • Marcileni dos Santos
  • Liane Broilo Bartelle
  • Andréia Brognoli Daros
  • Josimara Rodrigues da Rosa
  • Patrícia Martins Boaventura
  • Daiane de Medeiros Domingos da Rosa

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-241

Keywords:

TIC, competência digital, profissional da informação

Abstract

Com os avanços das tecnologias digitais e da internet a sociedade como um todo foi impactada assim como os mais diversos setores da economia. Nesse sentido, a partir de uma pesquisa exploratória, este trabalho tem como objetivo apresentar algumas tecnologias digitais, abordando como a apropriação destas implica na execução de tarefas. Por fim, a pesquisa trará a competência digital e sua importância para o profissional da informação no cenário contemporâneo da Era Digital.

References

BITENCOURT. G. Inteligência artificial: ferramentas e teorias. 2. ed. Florianópolis: UFSC, Ed. da Universidade, 2001.

BITTENCOURT, P. A. S.; ALBINO, J. P. O uso das tecnologias digitais na educação no século XXI. XXIRIAEE–Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v.12, n.1,p. 205-214, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.21723/riaee.v12.n1.9433.

BELLUZZO, R. C. B. As competências do profissional da informação nas organi-zações contemporâneas. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, Nova Série, São Paulo, v.7, n.1, p. 58-73, jan./jun. 2011. Disponível em: https://rbbd.febab.org.br/rbbd/article/view/180. Acesso em: 27 maio 2023.

CONEGLIAN, C. S.; GONÇALVEZ, P. R. V. A.; SEGUNDO, J. E. S. O profissional da informação na era do big data. Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 22, n. 50, p. 128–143, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/1518-2924.2017v22n50p128. Acesso em: 19 mai. 2023.

COSTA, F.; VIEIRA, D. V. Análise das práticas no uso de tecnologia da informação e no desenvolvimento das competências digitais dos discentes de biblioteconomia da UFCA. XXVIII CBBD, Vitória – ES, v. 28, 2019. Disponível em: https://anaiscbbd.emnuvens.com.br/cbbd2019/article/view/2361. Acesso em: 19 maio 2023.

CULTURA ANALÍTICA. Os 5 Vs do Big Data. 2018. Disponível em: https://culturaanalitica.com.br/os-5-vs-big-data/. Acesso em: 11 maio 2023.

DEMCHENKO, Y.; MEMBREY, P. Addressing Big Data Issues in Scientific Data Infrastructure. First International Symposium on Big Data and Data Analytics in Collaboration (BDDAC 2013), 2013.

FERNANDES, A. M. R. Inteligência artificial: noções gerais. Florianópolis: Visual Books, 2003.

FERREIRA, H. G. C. Arquitetura de Middleware para Internet das Coisas. Brasília, 2014. 125 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Elétrica) - Universidade de Brasília, Brasília, 2014. Disponível em: https://repositorio.unb.br/handle/10482/17251.

FIGUEIREDO, A. D. Compreender e desenvolver competências digitais. Revista de Educação a Distância e Elearning, v. 2, n. 1, mar. 2019. Disponível em: https://repositorioaberto.uab.pt/bitstream/10400.2/8108/1/p.%201-8.pdf. Acesso em: 11 abr. 2023.

GOLDMAN, A. et al. Apache Hadoop: conceitos teóricos e práticos, evolução e novas possibilidades. XXXI Jornadas de Atualizações em Informática (JAI), p. 88-136, 2012.

GREENFIELD, S. Transformações mentais: como as tecnologias digitais estão dei-xando marcas em nossos cérebros. Rio de Janeiro: Alta Books, 2022.

HOSSAIN, S. 5G Wireless Communication Systems. American Journal of Engineer-ing Research (AJER), v. 2, n. 10, p. 344-353, 2013. Disponível em: https://www.ajer.org/papers/v2(10)/ZP210344353.pdf. Acesso em: 10 maio 2023.

INTEL. Curso Big Data. 2015. Disponível em: dialogoti.intel.com/pt- br/curso/big-data. Acesso em: 15 maio 2023.

KAFRUNI, S. Qualquer empresa que operar o 5G no Brasil pode espionar. 2020. Disponível em: https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/tecnologia/2020/02/19/ inter-na_tecnologia,829180/qualquer-empresa-que-operar-o-5g-no-brasil- pode-espionar-diz-general.shtml.

KURZWEIL, R. Como criar uma mente: os segredos do pensamento humano. São Paulo: Aleph, 2015.

KURZWEIL, R. The accelerating power of technology. Ted, Ray Kurzweil, 2005. Disponível em: https://www.ted.com/talks/ray_kurzweil_the_accelerating_power_of_technology. Aces-so em: 18 mai. 2023.

LE BOTERF, G. De la competence. Paris: Les Editions d´Organization, 1994.

LETOUZÉ, E. Big Data for development: challenges & opportunities. UN Global Pul-se, 2012.

LIMA, C. C. A jornada dos híbridos: acompanhamento dos percursos de aprendiza-gem em movimento no contexto da Internet das Coisas. 2021. Tese (doutorado), Uni-versidade do Vale do Rio dos Sinos, Programa de Pós-Graduação em Educação, Uni-versidade Abertal – Portugal, 2021.

MARTINO, L. M. S. Teoria das mídias digitais: linguagens, ambientes, redes. Petrópo-lis, RJ: Vozes, 2014.

MENDES, J. R. R. 5g: a quinta geração. Universidade Tecnológica Federal do Paraná, 2014.

MOHTA, K. What Is Meant By the term: Internet of Things (IoT)? Medium, 24 jun. 2020. Disponível em: https://medium.com/@kunalmohta/what-is-meant-by-the-term-internet-of-things-iot-287cfc233865. Acesso em: 18 mai. 2023.

MORAN, J. Desafios que as tecnologias digitais nos trazem. In: Novas tecnologias e mediação pedagógica. 21. ed. Campinas: Papirus, 2013.

MORAN, J. Metodologias ativas para uma aprendizagem mais profunda. In: BACICH, L; MORAN, J. (orgs.). Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem prática. Porto Alegre: Penso, 2018.

PALFREY, J.; GASSER, U. Nascidos na era digital: entendendo a primeira geração de nativos digitais. Porto Alegre: Grupo A, 2011.

PASSOS, E. P. Inteligência Artificial e sistemas especialistas ao alcance de todos. Rio de Janeiro, Livros Técnicos e Científicos Editora Ltda, 1989.

PATRÍCIO, M. R.; OSÓRIO, A. Competência Digital: conhecer para estimular o ensi-no e a aprendizagem”. In: IV Conferência Ibérica em Inovação na Educação com TIC: Livro de Atas. Instituto Politécnico de Bragança, 2016. p. 175-189.

PRENSKY, M. Teaching digital natives: partnering for real learning. California: Cor-win, 2005.

OCDE. Melhores competências, melhores empregos, melhores condições de vida: uma abordagem estratégica das políticas de competências. Publicações da OCDE, 2013.

SANCHO-GIL, J. M. Prefácio. In: BORGES, M. K. (ogr.). Educação e cibercultura: no rastro das pesquisas do Grupo Educaciber. Aracaju: EDUNIT, 2019.

SANTAELLA, L. Culturas e artes do pós-humano: da cultura das mídias à cibercultu-ra. São Paulo: Paulus, 2003.

SANT’ANNA. S. O movimento em torno da competência sob uma perspectiva crítica. In: HELAL, D. H.; GARCIA, F. C.; HONÓRIO, L. C. (org.). Gestão de pessoas e competência: teoria e pesquisa. Curitiba: Juruá, 2008. p. 239-253.

SANTANCHÈ, A. NoSQL e Big Data: Aula 27 - Bancos de Dados. 2015. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=-a2pyU0uhww. Acesso em: 13 maio 2023.

SATO, S. K. Mobilidade, comunicação e consumo: expressões da telefonia celular em Angola, Brasil e Portugal, São Paulo, 2015. 366 f. Tese (Doutorado em Comunicação) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2015. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27153/tde-01062015- 163806/publico/silviokoitiato.pdf. Acesso em: 15 maio 2023.

SILVA, C. G. A Importância do Uso das TICS Na Educação. Revista Científica Mul-tidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 03, ed. 08, v. 16, 2018, pp. 49-59.

SILVA, L. H. O. PINTO, F. N. P. Interdisciplinaridade: as práticas possíveis. Revista Querubim, 2009, ano 5. Disponível em: http://www.uff.br/feuffrevistaquerubim/images/arquivos/artigos/interdis ciplinaridade_ _entre_teorias_e_prticas.pdf. Acesso 13 maio 2023.

SILVA, K. K. A.; BEHAR, P. A. Competências digitais na educação: uma discussão acerca do conceito. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 35, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/j/edur/a/wPS3NwLTxtKgZBmpQyNfdVg/abstract/?lang=pt. Acesso em: 19 mai. 2023.

SILVEIRA, F. J. N. O bibliotecário como agente histórico: do humanista ao moderno profissional da informação. Inf. & Soc.:Est., João Pessoa, v.18, n.3, p. 83-94, set./dez. 2008.

SURDA, P. Economics of Bitcoin: is Bitcoin an alternative to fiat currencies and gold? Diploma Thesis, Wirtschaftsuniversität Wien. 2012. Disponível em: https://nakamotoinstitute.org/static/docs/economics-of-bitcoin.pdf. Acesso em: 20 abr. 2023.

RESENDE, E. A força e o poder das competências. São Paulo: Qualitimark, 2004.

RIBEIRO, S. L. Tecnologia Blockchain: aplicações e iniciativas. Campinas: CPQD, 2017. 32 p. Disponível em: https://www.cpqd.com.br/wp- con-tent/uploads/2017/09/whitepaper_aplicacoes_e_iniciativas_final.pdf. Acesso em: 20 abr. 2023.

RODRUIGUES, R B. Novas tecnologia da informação e da comunicação. Recife: IFPE, 2016.

ROGERS, D. L. Transformação digital: repensando o seu negócio para a era digital. São Paulo: Autêntica Business, 2017.

TARGINO, M. G. Quem é o profissional da informação?. Transinformação, v. 12, n. 2, p. 61-69, jul./dez. 2000. Disponível em: https://www.scielo.br/j/tinf/a/MhsxrLLcVF4jCBD7zWyxrbf/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 20 abr. 2023.

TAURION, C. Big data. Rio de Janeiro: Brasport Livros e Multimídia Ltda., 2013.

VALENTIM, M. L. P. O moderno profissional da informação: formação e perspectiva profissional. Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis, SC, n. 9, p. 16-28, 2000. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/45843. Acesso em: 10 maio 2023.

WALTER, M. T. T. BAPTISTA, S. G. Formação do profissional bibliotecário. Encon-tros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação. Florianópo-lis: [S.N], 2008. n. 25, 1º sem.

WALTER, Maria Tereza Machado Teles; BAPTISTA, Sofia Galvão. Formação Profissi-onal do Bibliotecário. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, n. 25, v. 13, p. 84-103, 2008. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/39838. Acesso em: 11 abr. 2023.

Published

2023-12-29

How to Cite

da Silva, N. A., Glavam, R. B., dos Santos, M., Bartelle, L. B., Daros, A. B., da Rosa, J. R., Boaventura, P. M., & da Rosa, D. de M. D. (2023). Tecnologias da informação e comunicação e a competência digital do profissional da informação. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 27974–27993. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-241

Issue

Section

Articles