Um estudo sobre os estilos parentais: reflexões sobre o não lugar da aprendizagem na educação infantil em tempos de pandemia

Authors

  • Maria Paula Cavalcanti Carvalho
  • Célio Rodrigues Leite
  • Débora Quetti Marques de Souza

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-215

Keywords:

estilos parentais, educação infantil, ensino remoto, aprendizagem, Covid-19

Abstract

Este trabalho se refere a uma pesquisa realizada com pais e/ou cuidadores parentais de variados estados do Brasil, que foram contatados através da comunicação dos pesquisadores com a equipe gestora de escolas de educação infantil para responderem a um questionário on-line sobre os estilos parentais. O objetivo da presente pesquisa foi investigar os estilos parentais e suas interferências na aprendizagem das crianças que estão na primeira infância e vivenciando o ensino remoto. O questionário contou com 39 perguntas, entre as quais questões de múltipla escolha, com mais de uma alternativa para marcar e questões abertas. Todas as perguntas foram baseadas nos 12 princípios da educação positiva, contando com 136 participantes. Para análise de dados, utilizou-se a análise de conteúdo de Bardin (2016), que traça um caminho no qual a categorização e a organização dos dados prevalecem para a estruturação dos achados, e assim foi possível elaborar categorias de análise em questões abertas, que tiveram uma grande variabilidade de respostas. Dentre essas categorias, elegeu-se: regras, aprendizagem inclusiva, estado emocional, tomando como unidade de registro estilos parentais. Depreende-se que, em tempos de pandemia, a aprendizagem de crianças na educação infantil tem ocupado o não lugar, visto que o ensino remoto lança novos caminhos na educação, e precisa-se ressaltar que as regras estabelecidas pelos adultos, na rotina com as crianças, apresentam muita instabilidade atualmente, inclusive o estado emocional dos cuidadores.

References

ABRAMOWICZ, A.; LEVCOVITZ, D.; RODRIGUES, T. C. Infâncias em Educação Infantil. Pro-Posições, Campinas, v. 20, n. 3 (60), p. 179-197, set./dez. 2009.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Tradução de Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. São Paulo: Edições 70, 2016.

BAUMRIND, D. Effects of authoritative parental control on child behavior. Child Development, Chicago, v. 37, n. 4, p. 887-907, 1966.

CARTAXO, V. A. B. Operação pais sempre: Uma missão que não pode parar! Novo Hamburgo: Sinopsys, 2016.

DARLING, N.; STEINBERG, L. Parenting style as context: an integrative model. Psychological Bulletin, Washington, v. 113, n. 2, p. 487-496, 1993.

KASTRUP, V. A aprendizagem da atenção na cognição inventiva. Psicologia e Sociedade, Belo Horizonte, v. 16, n. 3, p. 7-16, set./dez. 2004

LEITE, C. R. Estilos de Liderança de Professores: Conhecer para Compreender. Curitiba: Appris, 2018.

LINS, T. C. D. S. Práticas educativas maternas e problemas internalizantes em pré-escolares. 2013. 108 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia) – Instituto de Psicologia, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/14512. Acesso em: 19 mar. 2023.

MACCOBY, E.; MARTIN, J. Socialization in the context of the family: parent-child interaction. In: HETHERINGTON, E. M.; MUSSEN, P. H. (org.). Handbook of child psychology: socialization, personality, and social development. New York: Wiley, 1983. v. 4. p. 1-101.

RODRIGUES, M. Educação emocional positiva: saber lidar com as emoções é uma importante lição. Novo Hamburgo: Sinopsys, 2015.

SIDMAN, M. Coerção e suas implicações. Campinas: Livro Pleno, 1995.

SIEGEL, D. J.; BRYSON, T. P. O cérebro da criança. São Paulo: nVersos, 2015.

WEBER, L. N. Eduque com Carinho: Equilíbrio entre amor e limites. 6. ed. rev. e atual. Curitiba: Juruá, 2017.

Published

2023-12-26

How to Cite

Carvalho, M. P. C., Leite, C. R., & de Souza, D. Q. M. (2023). Um estudo sobre os estilos parentais: reflexões sobre o não lugar da aprendizagem na educação infantil em tempos de pandemia. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 27476–27491. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-215

Issue

Section

Articles