Leitura literária na infância: suas contribuições na aquisição de competencias de linguagem e escrita

Authors

  • Júlio César Lima Fernandes
  • Isabela Barbosa do Rêgo Ramos

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-111

Keywords:

infância, leitura, relação família-escola, ensino-aprendizagem

Abstract

As reflexões presentes neste trabalho, apresentam uma breve análise sobre o quanto é importante a fomentação das práticas de leitura literária nos anos iniciais de qualquer criança. Paulo Freire nos ajuda a entender esse processo e além dele, uma visita aos dados da Unesco, que apresentam a situação da educação do Brasil na contemporaneidade, além de diálogos frequentes com professores nos momentos de formação departamental da Escola Municipal Lúcia Giovanna Duarte de Melo – João Pessoa - PB, desenvolvidos sob orientação da Professora Dª Daniela Segabinazi em conjunto com alunos voluntários dos cursos de graduação e pós-graduação em letras da Universidade Federal da Paraíba – UFPB. Existe grande consagração de pesquisas que pontuam a importância da participação da família junto às práticas propostas pela escola no intuito de incentivar um permanente hábito de ler, sem contar que essa produtiva relação entre escola e família apresenta muitos resultados positivos em relação ao desenvolvimento da criança. É fato que a prática frequente do ato de ler desenvolve competências como a ampliação do repertório linguístico, aumento da capacidade cognitiva, melhoria no convívio social e o aguçamento do senso crítico. Portanto, as reflexões e práticas pedagógicas presentes neste artigo, além de apontar, através do relato de ações desenvolvidas, possibilidades e limites que proporcionam o incentivo à leitura para crianças do ano final da educação infantil e para alunos do ciclo de alfabetização matriculados na unidade de ensino supracitada, propõe também um olhar sobre, como o desenvolvimento de uma efetiva formação técnica e pedagógica de qualidade no âmbito da escola, pode proporcionar aos agentes condutores da escola que são professores, equipe técnica e gestores, caminhos que certamente serão um diferencial significativo para consecução de um mundo com mais leitores.

References

BRÄKLING, Kátia Lomba. Sobre a leitura e a formação de leitores. São Paulo: SEE: Fundação Vanzolini, 2004.

BATISTA, Antônio Augusto Gomes. Alfabetização, leitura e ensino de Português: de-safios e perspectivas curriculares. Belo Horizonte: Anais do I Seminário Nacional Currí-culo em Movimento - Perspectivas Atuais, novembro de 2010.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler em três artigos que se completam. São Paulo, Cortez Ed. 2000.

GOODMAN. Lenguaje integral. Buenos Aires: Aique, 1986.

GARZÓN, María C.; JIMENEZ, María E.; SEDA, Ileana. El teatro de lectores para mejorar la fluidez lectora em niños de segundo grado. Revista Lectura y Vida, Marzo 2008.

MARTTINS, José de Sousa. Leitura e Literatura. Independente 2010

KUPERMAN, Cinthia. Enseñar lengua em la escuela primaria. Serie Respuestas, vários autores. Ed. Tinta Fresca.

NUNES, Izonete et al. A Importância do incentivo à leitura na visão dos professores da escola Walt Disney. In: Revista eletrônica online. Editora: REFAF – 2012.

SCHNEUWLY, Bernard; DOLZ, Joaquim (e colabor.). Gêneros orais e escritos na esco-la. São Paulo: Mercado das Letras, 2004.

Published

2023-12-14

How to Cite

Fernandes, J. C. L., & Ramos, I. B. do R. (2023). Leitura literária na infância: suas contribuições na aquisição de competencias de linguagem e escrita. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 25502–25515. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-111

Issue

Section

Articles