A importância dos micro e pequenos negócios para a dinâmica do território Alto Oeste Potiguar, Rio Grande do Norte

Authors

  • Rodolfo Barbosa Barreto
  • Emanoel Márcio Nunes

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-097

Keywords:

dinâmicas econômicas, negócios, geração de emprego e renda, desenvolvimento territorial

Abstract

Este artigo abordaremos os dados dos Micro e Pequenos Negócios e sua importância para o território Alto Oeste Potiguar, as dinâmicas econômicas, onde iremos avaliar os tipos de negócios, no período de 2018 a 2022, as variáveis econômicas dos empregos, a situação do antes e o depois da Pandemia Covid-19. O desenvolvimento de um território está vinculado a um ambiente favorável à geração de emprego e renda, assim como às políticas territorial e a importância do planejamento. Segundo o artigo de Alves Rocha Neto, (AMPARO 2014) sobre a Política Regional destaca que “a criação da Política de Desenvolvimento Regional (PNDR), em 2003, que teve um significado histórico para o tratamento regional no Brasil”, advinda de outras políticas de desenvolvimento criadas para o Nordeste, como a SUDENE – Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste, uso dos recursos que deu origem ao FNE – Fundos Constitucionais de Financiamento do Nordeste, entre outros órgãos criados.

References

ALVES; ROCHA NETO; AMPARO (2014). Política Regional brasileira: retrospectiva e novos rumos. Artigo apresentado na Revista Brasileira de Desenvolvimento Regional, Blumenau, 2 (2), P. 107-132, Primavera de 2014.

ANDRADE, MANUEL CORREIA DE. Espaço, polarização e desenvolvimento: a teoria dos polos de desenvolvimento e a realidade nordestina. 3. ed. São Paulo: Brasiliense, 1973.

BECKER, D. F. A economia política do (des.) envolvimento regional contemporâneo. IN: BECKER, D. F. e WITTMANN, M. L. (org.). Desenvolvimento Regional: abordagens interdisciplinares. 2. ed. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2008, p. 37-66.

CACCIAMALI, M. C. Globalização e processo de informalidade. Economia e Sociedade, Campinas, n. 14, 153-174, jun. 2000.

CADONÁ, M. A. Dinâmicas Regionais de Desenvolvimento, Trabalho e Organização dos Mercados Urbanos de Trabalho: uma Análise a Partir de Cidades Médias do Rio Grande do Sul. Disponível em https://online.unisc.br/seer/index.php/redes/article/view/7567 Acesso em 02 mai 2022.

FURTADO, CELSO. Pequena introdução ao desenvolvimento: enfoque interdisciplinar. São Paulo: Nacional, 1980.

FURTADO, C. Teoria política e desenvolvimento econômico. 2.ed. São Paulo: Ed.

Nacional, 2006.

GUIMARÃES NETO, L. O Nordeste, o planejamento regional e as armadilhas da macroeconomia. Estudos e Pesquisas, Salvador, n.67, p.109-151, 2004.

GURISATTI, P. O nordeste italiano: nascimento de um novo modelo de organização industrial. In: Cocco et al. (orgs.). Novos Territórios Produtivos e Políticas Públicas: o caso da Terceira Itália. Rio de Janeiro: DPA Editora, 1999.

HIRSCHMAN, A. O. (1961) Estratégia do Desenvolvimento Econômico. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura S.A.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo Agropecuário 2017. Sistema IBGE de Recuperação Automática - SIDRA. Rio de Janeiro: IBGE, 2019.

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, em Wikipédia: a enciclopédia livre. População dos Municípios. Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Popula%C3%A7%C3%A3o Consultado em 26/10/2021].

IBGE. Censo Demográfico 2010: Banco de dados agregados do IBGE. Rio de Janeiro: IBGE. Disponível em: http://www.emater.tche.br/site/arquivos_pdf/teses/mono_Cidonea_Machado.pdf Acesso em: 24 mai 2022.

LAS CASAS, ALEXANDRE LUZZI; GARCIA, MARIA TEREZA. Estratégias de marketing para varejo: inovações e diferenciações que fazem a diferença. São Paulo: Novatec Editora, 2000.

MOROSINI, P. Industrial Clusters, Knowledge Integration and Performance. Word Development, V. 32, N. 2, pp. 305 – 326, 2004.

SEBRAE (2021) de novo CAGED. Mapa de emprego do Rio Grande do Norte. Disponível em: http://www.tribunadonorte.com.br/noticia/micro-e-pequenas-empresas-do-rn-respondem-por-68-7-das-vagas-geradas-em-setembro/524138. Consultado em 23/11/2021.

SIMÕES, RODRIGO E AMARAL, PEDRO V. Interiorização e Novas Centralidades Urbanas: Uma Visão Prospectiva para o Brasil, 2011.

SCHMITZ, H. Collective efficiency and increasing returns. Cambridge Journal of Economics. V. 23, pp 465 – 483, 1999.

SCHUMPETER, J. A. Teoria do Desenvolvimento Econômico: uma investigação sobre

lucros, capital, crédito, juro e o ciclo econômico. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

Published

2023-12-12

How to Cite

Barreto, R. B., & Nunes, E. M. (2023). A importância dos micro e pequenos negócios para a dinâmica do território Alto Oeste Potiguar, Rio Grande do Norte. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 25235–25259. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-097

Issue

Section

Articles