Proteção e defesa civil: sob a perspectiva de atendimentos no território maranhense

Authors

  • Carlos David Veiga França
  • Matheus Cavalcante Silva
  • Zulimar Marita Ribeiro
  • Marcelo Rassy Teixeira
  • Fabiano dos Santos Almeida
  • Wanderson Braga dos Santos
  • Wellignton Cardoso da Silva
  • Yuri Luis Pinheiro Cantanhede
  • Luana de Araújo Antonio Monteles

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-094

Keywords:

proteção, defesa civil, riscos, território maranhense

Abstract

A carência de estudo sobre as ocorrências de proteção e defesa civil vulnerabilizam o enfrentamento dos desastres no Maranhão. Objetivou-se analisar e divulgar as informações técnicas (atendimento, uso, riscos e status) realizadas pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil do Maranhão, durante o ano de 2021, no estado do Maranhão. A pesquisa tem caráter quantiqualitativo, de investigação exploratória descritiva, coleta da componente espacial e registro fotográfico das edificações, obras de arte de engenharia e áreas em situação de risco inspecionadas. A metodologia consistiu na coleta de dados e uso da Matriz de GUT e do Princípio de Pareto; bem como a confecção de mapas temáticos. O território maranhense apresentou exposição a riscos em edificações, com grau crítico de colapso e degradação dos sistemas construtivos, indicando idade elevada e falta de manutenção. Identificou-se que 94,71% dos atendimentos são classificados como tecnológicos relativos a obras civis, sendo o pior cenário na capital do estado, com concentração de 85,71% dos atendimentos, com destaque para as edificações históricas com 69,3% dos atendimentos compõem o principal uso edificável em situação de risco do território maranhense.

References

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Inspeção predial - Diretrizes, conceitos, terminologia e procedimento. Rio de Janeiro: ABNT, 2020.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: Senado Federal, 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituiçao.htm. Acesso em: 31 mar. 2021.

BRASIL. Lei nº 12.527, de 8 de novembro de 2011. Regula o acesso à informação e da outras providências. Brasília: Presidência da República, 2011. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm. Acesso em: 05 set. 2021.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Cidades e Estados: - Maranhão. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/cidades-e-estados/ma.html. Acesso em: 31 mar. 2021.

MARANHÃO. [Constituição (1989)]. Constituição do Estado do Maranhão -. promulgada em 5 de outubro de 1989. São Luís: Assembleia Constituinte do Estado do Maranhão, 1989. Disponível em: http://legislacao.al.ma.gov.br/ged/cestadual.html. Acesso em: 31 mar. 2021.

MARANHÃO. Lei nº 10.230, de 23 de abril de 2015. Dispõe sobre a Organização Básica do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão e dá outras providências. São Luís: Palacio do Governo do Estado do Maranhão, 2015. Disponível em: http://stc.ma.gov.br/legisla-documento/?id=3868#:~:text=Disp%C3%B5e%20sobre%20a%20Organiza%C3%A7%C3%A3o%20B%C3%A1sica,Maranh%C3%A3o%20e%20d%C3%A1%20outras%20provid%C3%AAncias. Acesso em: 31 mar. 2021.

SITTER, W. R. Costs for service life optimization. The Law of fives. In: INTERNATIONAL CEB-RILEM - WORKSHOP ON DURABILITY OF CONCRETE STRUCTURES, 1984. Procedings [...] Copenhagen: CEBRILEM, 1984. p. 18-20.

VERZOLA, S. N.; MARCHIORI, F. F.; ARAGON, J. O. Proposta de lista de verificação para inspeção predial x urgência das manutenções. In: ENCONTRO NACIONAL DE TECNOLOGIA DO AMBIENTE CONSTRUÍDO, 15., 2014. Anais do [...]. Maceió: XV ENTAC, Alagoas, 2014. p. 1226-1235. http://doi.org/10.17012/entac2014.300

VIEIRA, S. Estatística básica. São Paulo: Cengage, 2018.

Published

2023-12-12

How to Cite

França, C. D. V., Silva, M. C., Ribeiro, Z. M., Teixeira, M. R., Almeida, F. dos S., dos Santos, W. B., da Silva, W. C., Cantanhede, Y. L. P., & Monteles, L. de A. A. (2023). Proteção e defesa civil: sob a perspectiva de atendimentos no território maranhense. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 25171–25188. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-094

Issue

Section

Articles