Potencial agronômico do uso de estéreis de rochas ornamentais como remineralizadores de solos

Authors

  • Guilherme de Resende Camara
  • Elton Souza dos Santos
  • Leonardo Luiz Lyrio da Silveira

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-075

Keywords:

agrominerais, remineralizador de solo, pó de rocha, desenvolvimento sustentável

Abstract

A prática da rochagem, técnica agrícola que consiste no uso de rochas cominuídas sobre o solo como insumo agrícola, tem por finalidade atuar nas variáveis geoquímicas do solo, recompondo a fração de minerais intemperizáveis portadores de nutrientes essenciais para as plantas, com reflexos diretos na melhoria da qualidade do solo, crescimento das plantas e na produtividade das culturas. O aproveitamento dos estéreis gerados na cadeia produtiva de rochas ornamentais é considerado uma importante rota de aproveitamento desses materiais, reduzindo o impacto ambiental e servindo de insumo para a cadeia produtiva do agronegócio. Essa prática atende diretamente aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável propostos pela Organização das Nações Unidas, concomitantemente a reestruturação do sistema de produção do setor de mineração, inerente a Economia Circular. O objetivo com este trabalho foi analisar o potencial agronômico do uso de estéreis de diferentes rochas ornamentais como fonte de fertilização de solos agrícolas durante o processo de incubação, inerente à Instrução Normativa (IN) Brasileira nº 5/2016, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Os estéreis de rochas utilizados neste estudo, coletados em pedreiras e considerados subprodutos da cadeia produtiva de rochas ornamentais, incluem três sienitos (SI.A; SI.B; SI.C), um álcali-granito (AC) e um varvito (VAR). Após 150 dias de incubação do solo com os diferentes subprodutos em estudo, pode-se verificar que VAR apresentou o melhor potencial agronômico, seguido pelo SI.A, AC, SI.B e SI.C, sendo considerados potenciais remineralizadores de solos. O subproduto SI.A foi o único a disponibilizar potássio (K) ao solo dentro do período analisado.

References

Abirochas, 2020. Balanço das exportações e importações brasileiras de rochas ornamentais em 2019, 1a ed. Brasília: Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais.

Abirochas, 2021a. O setor de rochas ornamentais 2021, 1a ed. Brasília: Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais.

Abirochas, 2021b. Balanço das exportações e importações brasileiras de rochas ornamentais no período janeiro-outubro de 2021 - Informe 07/2021, 1a ed. Brasília: Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais.

ABNT, 1995. NBR 6502:1995. Rochas e Solos, 1a ed. Rio de Janeiro: Associação Brasileira De Normas Técnicas.

ABNT, 2004. NBR 10.006:2004: Procedimento para obtenção de extrato solubilizado de resíduos sólidos, 1a ed. Rio de Janeiro: Associação Brasileira De Normas Técnicas.

ABNT, 2015. NBR 15845-1:2015: Rochas para Revestimento – Métodos de Ensaio. Rio de Janeiro: Associação Brasileira De Normas Técnicas.

Alovisi, A.M.T.; Tokura, W.I.; Kai, P.M.; Taques, M.M.; Cassol, C.J.; Silva, R.S.; Alves, J.C.; Leite, J.L.N.; Lima, N.D. Atributos químicos do solo e componentes agronômicos na cultura da soja pelo uso do pó de basalto. Revista Observatorio De La Economia Latinoamericana, v.21, n.9, p.14220-14237, 2023.

Aquino, J.M., Taniguchi, C.A.K., Magini, C., Berni, G.B., 2020. The potential of alkaline rocks from the Fortaleza volcanic province (Brazil) as natural fertilizers. Journal of South American Earth Sciences, v.103, 11p. https://doi.org/10.1016/j.jsames.2020.102800

Basak, B.B., Sarkar, B., Sanderson, P., Naidu, R., 2018. Waste mineral powder supplies plant available potassium: Evaluation of chemical and biological interventions. Journal of Geochemical Exploration, v.186, p.114-120. https://doi.org/10.1016/j.gexplo.2017.11.023

Brazil, 2016. Ministry of agriculture, livestock and supply. Normative instruction n. 5 of 10 March 2016, Distrito federal.

Brazil, 2017. Ministry of agriculture, livestock and supply. Manual of official analytical methods for fertilizers and correctives, Distrito Federal.

Brito, R.S., Batista, J.F., Moreira, J.G.V., Moraes, K.N.O., Silva, S.O., 2019. Rochagem na agricultura: importância e vantagens para adubação suplementar. South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, v., n.1, p.528-540.

Camara, G.R., Faitanin, B.X., Silveira, L.L.L., Chiodi Filho, C., Santos, E.S., 2021. Utilização de rochas ornamentais ricas em minerais potássicos como fonte alternativa de insumo agrícola via rochagem – Parte I. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI.

Carvalho, M.D., Nascente, A.S., Ferreira, G.B., Mutadiua, C.A., Denardin, J.E., 2018. Phosphorus and potassium fertilization increase common bean grain yield in Mozambique. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 22, p. 308-314. https://doi.org/10.1590/1807-1929/agriambi.v22n5p308-314.

CNA, 2021. PIB do agronegócio alcança participação de 26,6% no PIB brasileiro em 2020. Brasília: Confederation of Agriculture and Livestock of Brazil.

Comexstat, 2022. Foreign Trade Statistics System. Ministry of Economy – Brazil.

Dalmora, A.C., Ramos, C.G., Plata, L.G., Costa, M.L., Kautzmann, R.M., Oliveira, L.F.S., 2020. Understanding the mobility of potential nutrients in rock mining by-products: An opportunity for more sustainable agriculture and mining. Science of the Total Environment, 10p. https://doi.org/10.1016/j.scitotenv.2019.136240.

Duarte, E.B., Nascimento, A.P.S., Gandine, S.M.S., Carvalho, J.R., Burak, D.L., Neves, M.A., 2021. Liberação de potássio e sódio a partir de resíduos do beneficiamento de rochas ornamentais. Pesquisas em Geociências, v.48, n.1, 15p. https://doi.org/10.22456/1807-9806.101373.

Gilliham, M., Dayod, M., Hocking, B.J., Xu, B., Conn, S.J., Kaiser, B.N., Leigh, R.A., Tyermann, S.D., 2011. Calcium delivery and storage in plant leaves: exploring the link with water flow. Journal of Experimental Botany, v.62, n.7, p.2233-2250. https://doi.org/10.1093/jxb/err111.

Globalfert, 2021. Outlook GlobalFert 2021: 2º reporte anual do mercado de fertilizantes – 2021. Brasília: GlobalFert.

Góes, M.A.C., Luz, A.B., Possa, M.V., 2010. Tratamento de minérios. Rio de Janeiro: CETEM/MCTI, p. 23-44.

Guo, W., Nazim, H., Liang, Z., Yang, D., 2016. Magnesium deficiency in plants: An urgent problem. The Crop Journal, v.4, p.83-91. https://doi.org/10.1016/j.cj.2015.11.003.

IBGE, 2020. Levantamento sistemático da produção agrícola: dezembro 2019. Brasília: Brazilian Institute of Geography and Statistics.

International Centre for Diffraction Data (ICDD). (2020) PDF4+ Relational Powder Diffraction File. Newton Square, PA.

Priyono, J., Gilkes, R.J., 2008. Dissolution kinetics of milled-silicate rock fertilizers in organic acid. Journal of Tropical Soils, v.13, n.1, 10p. https://doi.org/10.5400/jts.2008.v13i1.1-10

R core team, 2021. R: A language and environment for statistical computing. Vienna: R Foundation for Statistical Computing.

Ramos, C.G., Medeiros, D.S., Gomez, L., Oliveira, L.F.S., Schneider, I.A.H., Kautzmann, R.M., 2019. Evaluation of soil re-mineralizer from by-product of volcanic rock mining: experimental proof using black oats and maize crops. Natural Resources Research, v.29, p.1583-1600. https://doi.org/10.1007/s11053-019-09529-x

Ramos, C.G., Querol, X., Dalmora, A.C., Pires, K.C.J., Schneider, I.A.H., Oliveira, L.F.S., Kautzmann, R.M., 2017. Evaluation of the potential of volcanic rock waste from southern Brazil as a natural soil fertilizer. Journal of cleaner Production, v.142, p.2700-2706. https://doi.org/10.1016/j.jclepro.2016.11.006

Rietveld, H.M., 1969. A profile refinement method for nuclear and magnetic structures. Journal of Applied Crystallography, v.2, p.65-71.

Santos, E.S.; Carvalho, A.H.O.; Camara, G.R. Caracterização e uso de resíduo do beneficiamento de rochas ornamentais na produção de mudas de tomateiro. Brazilian Journal of Development, v.7, n.9, p.91480-91498, 2021.

Santos, M., Glass, V., 2018. Atlas do agronegócio: fatos e números sobre as corporações que controlam o que comemos. Rio de Janeiro: Fundação Heinrich Böll.

Silveira, C.A.P.; Bamberg, A.L.; Martinazzo, R.; Pillon, C.N.; Martins, E.D.; Piana, C.F.B.; Ferreira, L.H.G.; Pereira, I.S. Protocolo para avaliação da eficiência agronômica de remineralizadores de solo – primeira versão. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 23p., 2019b.

Silveira, C.A.P.; Bamberg, A.L.; Martinazzo, R.; Pillon, C.N.; Martins, E.D.; Piana, C.F.B.; Ferreira, L.H.G.; Pereira, I.S.; STUMPF, L. Instruções para planejamento e condução de experimentos com fertilizantes, inoculantes, corretivos, biofertilizantes, remineralizadores e substratos para plantas. Pelotas: Embrapa Clima Temperado, 7p., 2019a.

Teles, A.P.B., Rodrigues, M., Bejarano Herrera, W.F., SOLTANGHEISI, A., Sartor, L.R., Withers, P.J.A., Pavinato, P.S., 2017. Do cover crops change the lability of phosphorus in a clayey subtropical soil under different phosphate fertilizers?. Soil use and management, v.33, p.34-44. https://doi.org/10.1111/sum.12327

Published

2023-12-11

How to Cite

Camara, G. de R., dos Santos, E. S., & da Silveira, L. L. L. (2023). Potencial agronômico do uso de estéreis de rochas ornamentais como remineralizadores de solos . OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 24832–24851. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-075

Issue

Section

Articles