A formação de um ecossistema de inovação em um município do sudoeste mineiro: mapeamento de atores, lacunas e potencialidades

Authors

  • João Francisco Sarno Carvalho
  • Gustavo Clemente Valadares
  • Paula Lopes de Oliveira Maia
  • Washington Moreira Cavalcanti
  • Sanderson Lucas Menezes Barra
  • Arnaldo Camargo Botazini Júnior
  • Júlio Cézar da Silva
  • Thais de Sousa Feitosa

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n1-063

Keywords:

inovação, ecossistema de inovação, atores, lacunas, potencialidades

Abstract

A discussão sobre inovação recebeu atenção dos pesquisadores nos últimos anos que buscaram, em diferentes perspectivas científicas, compreender o fenômeno. Este estudo teve como objetivo identificar quais as potencialidades e lacunas para a formação de um ecossistema de inovação no município de Passos (MG). Para galgar este objetivo proposto a pesquisa serviu-se de metodologia qualitativa-descritiva com emprego de estudo de caso. Houve pesquisa e análise documental e aplicação de questionários. A amostragem não-probabilística empregada foi definida por técnica de Bola de Neve e os dados tratados por intermédio da análise de conteúdo. Buscou-se confrontar os dados da literatura com os resultados da pesquisa empírica ora realizada. As evidências encontradas permitiram descrever as características do ecossistema de inovação de Passos, apontando as suas particularidades, atores e seus potenciais.

References

AGOSTINI, C. ; SILVA, D.E;VALIM, A.R. de M; GRUNEVALD, I. Mapeamento do Ecossistema Regional de Inovação da região dos vales do Rio Pardo e Taquari. X Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional – Atores, Ativos e Instituições: O Desenvolvimento Regional em perspectiva, 2021.

ALMEIDA, M. C.; Mapeamento do ecossistema de inovação da URCA. Pesq. Bras. em Ci. da Inf. e Bib., João Pessoa, v. 14, n. 1, p. 39-45, 2019.

BRASIL. Lei nº 13.243, de 11 de janeiro de 2016. Dispõe sobre estímulos ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação e altera a Lei nº 10.973, de 2 de dezembro de 2004, a Lei nº 6.815, de 19 de agosto de 1980, a Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, a Lei nº 12.462, de 4 de agosto de 2011, a Lei nº 8.745, de 9 de dezembro de 1993, a Lei nº 8.958, de 20 de dezembro de 1994, a Lei nº 8.010, de 29 de março de 1990, a Lei nº 8.032, de 12 de abril de 1990, e a Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de 2012, nos termos da Emenda Constitucional nº 85, de 26 de fevereiro de 2015. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2015-2018/2016/Lei/L13243.htm

ROCHA, F. R.; KNOLL, E. C.; TODESCAT, M. Diagnóstico de níveis de maturidade em gestão do conhecimento: centro de empreendedorismo inovador da Fundação

CERTI. Navus - Revista de Gestão e Tecnologia. Florianópolis, SC, v. 3, n. 2, p. 163 - 176, jul./dez, 2013.

BUDDEN, P. & MURRAY, F.A systematic MIT approach for assessing ‘innovation-driven entrepreneurship’in ecosystems (iEcosystems). Working Paper, September 2017. MIT Lab for Innovation Science and Policy, MIT Innovation Initiative, 2018. Disponível em: https://innovation.mit.edu/assets/BuddenMurray_Assessing-iEcosystems-Working-Paper_FINAL.pdf. Acesso: Mar 2022.

ETZKOWITZ, H.; LEYDESDORFF, L. The Dynamics of Innovation: from National

Systems and ‘Mode 2’ to a Triple-Helix of University-Industry-Government

Relations. Research Policy, v. 29, n. 22, p. 100-123. 2000.

CARVALHO, J.F.S.; DE OLIVEIRA, J.L.C.; GODINHO, C.S. A interdisciplinaridade como uma nova proposta para os estudos da ciência, tecnologia e inovação. Diálogos Interdisciplinares, v. 8, n.3, 2019.

CUNNINGHAM, J. & O’REILLY, P. Macro, meso and micro perspectives of technology transfer. The Journal of Technology Transfer, 2018. 43. 10.1007/s10961-018-9658-4. Disponível em: file:///C:/Users/paula/Downloads/Macro_meso_and_micro_perspectives_of_technology_tr.pdf. Acesso em mar 2022.

FELIZOLA, M. P. M.; ARAGÃO, I. M. de; O Ecossistema Sergipano de Inovação - Atores e Lacunas. Revista Prâksis, Novo Hamburgo, v. 19, n. 1, jan./abr., 2022.

FUNDAÇÃO JOÃO PINHEIRO. Revisão do Plano Diretor do Município de Passos. Disponível em: http://fjp.mg.gov.br/wp-content/uploads/2020/05/01-Relat%C3%B3rio-preliminar-PD-PASSOS_ECONOMIA_abr2020.pdf. Acesso em: mar. 2022.

GEM (Global Entrepreunership Monitor) - Diagnosing COVID-19: Impacts on Entrepreneurship, 2020. Online: https://www.gemconsortium.org/reports/covid-impact-report

GODOY, A. S. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de empresas. v. 35, n. 3, p. 20-29, mai./jun., 1995.

GOOD, M., KNOCKART, M., SOPPE, B., & WRIGTH, M. The technology transfer ecosystem in academia. An organizational design perspective. Technovation, 2019.82, 35-50. Disponível em: https://spiral.imperial.ac.uk/handle/10044/1/64151. Acesso em: mar 2022.

HEINEKEN. Grupo Heineken confirma a cidade de Passos para instalação da sua cervejaria no estado de Minas Gerais. Disponível em: https://www.heinekenbrasil.com.br/noticias/grupo-heineken-confirma-a-cidade-de-passos-para-instalacao-da-sua-cervejaria-no-estado-de-minas-gerais/#. Acesso em: dez. 2023.

JACKSON, D. J. What is an innovation ecosystem? Research paper. Engineering Research Centers, National Science Foundation, 15 March 2011. Disponível em: https://erc-assoc.org/sites/default/files/topics/policy_studies/DJackson_Innovation%20Ecosystem_03-15-11.pdf Acesso em: mar 2022.

REYNOLD,S E. B.; UYGUN, Y. Strengthening advanced manufacturing innovation ecosystems: The case of Massachusetts, Technological Forecasting and Social Change, Volume 136, 2018, Pages 178-191, ISSN 0040-1625. Disponível em:https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0040162517307680 Acesso em Fev 2022.

SEBRAE (SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS). Ecossistemas de empreendedorismo inspiradores e inovadores. Brasília: Sebrae, 2020. Disponíel em: https://d335luupugsy2.cloudfront.net/cms/files/52159/1591723666ECOSSISTEMAS_DE_ALTO_IMPACTO_Digital_3.pdf Acesso em Fev 2022.

SPIGEL, B. The relational organization of entrepreneurial ecosystems. Entrepreneurship Theory and Practice, v. 41, n. 1, p. 49-72, 2017.

VINUTO, J. A amostragem em bola de neve na pesquisa qualitativa: um debate em aberto. Temáticas, Campinas, SP, v. 22, n. 44, p. 203–220, 2014. DOI: 10.20396/tematicas.v22i44.10977. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/tematicas/article/view/10977.

Acesso em: 3 out. 2023.

WALLNER, D.T., & MENRAD,, M. . Extending the Innovation Ecosystem Framework. , 2011. Disponível em: https://www.semanticscholar.org/paper/Extending-the-Innovation-Ecosystem-Framework-Wallner-Menrad/2b2c9911cea2259692286c178a9fbc5d8d550157 . Acesso em Fev 2022.

XU, Z., & MAAS, G. Innovation and Entrepreneurial Ecosystems as Important Building Blocks. In G. Maas, & P. Jones (Eds.), Transformational Entrepreneurship Practices (pp. 15-32). Palgrave Pivot, Cham, 2019. . https://doi.org/10.1007/978-3-030-11524-1_2

YIN, R. K. Estudo de Caso: Planejamento e Métodos. 4ª Edição. Porto Alegre: Bookman, 2010.

YIN, R. K. Pesquisa qualitativa: do início ao fim. tradução: Daniel Bueno; revisão técnica: Dirceu da Silva. – Porto Alegre: Penso, 2016.

Published

2024-01-17

How to Cite

Carvalho, J. F. S., Valadares, G. C., Maia, P. L. de O., Cavalcanti, W. M., Barra, S. L. M., Botazini Júnior, A. C., da Silva, J. C., & Feitosa, T. de S. (2024). A formação de um ecossistema de inovação em um município do sudoeste mineiro: mapeamento de atores, lacunas e potencialidades. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(1), 1166–1184. https://doi.org/10.55905/oelv22n1-063

Issue

Section

Articles