Cocos nucifera L. como esfoliante: ressignificando resíduos e promovendo o desenvolvimento local

Authors

  • Larissa Alves Leite
  • Anderson Keity Ueno
  • André Amaral Gonçalves Bianco
  • Eliana Rodrigues
  • Patricia Santos Lopes
  • Thomas Püttker
  • Vânia Rodrigues Leite e Silva

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv22n1-031

Keywords:

Cocos nucifera L., esfoliante, resíduos sólidos, etnobotânica, desenvolvimento local

Abstract

Objetivo: Desenvolver um produto com caráter esfoliante, utilizando o mesocarpo do fruto de Cocos nucifera L., de forma acessível às comunidades dos Quilombos do Cambury e da Fazenda, Ubatuba, São Paulo, Brasil. Métodos: Amostras dos frutos foram obtidas e divididas nos grupos A e B, utilizando os Métodos 1, 2 e 3. O Método 1 foi totalmente desenvolvido em laboratório, enquanto os 2 e 3 sofreram modificações, a fim de torná-los caseiros e acessíveis às comunidades tradicionais. Testes para verificar a segurança e eficácia do produto foram realizados. Resultados: As amostras 1A, 1B e 3A mostraram-se seguras do ponto de vista microbiológico. Concentrações de até 10% de partículas esfoliantes no gel não causaram alterações significativas na perda de água transepidérmica. Conclusão: O Método 3 foi o que se apresentou como o mais factível, por ser: acessível, econômico e viável, às comunidades envolvidas. Os resultados obtidos a partir dos testes aqui realizados, permitem sugerir que este é um produto cosmético adequado para uso. Novos estudos devem ser empregados, para comparar a capacidade de esfoliação entre esfoliantes disponíveis no mercado e o obtido ao longo deste trabalho.

References

AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA – ANVISA. Farmacopeia Brasileira, volume 1. 6ª Ed. Brasília, 2019.

ALLEMAND, A.G.S; DEUSCHLE, V.C.K.N. Formulações em cosmetologia. Porto Alegre: SAGAH, 2018.

ALEXANDER, H. et al. Research Techniques Made Simple: Transepidermal Water Loss Measurement as a Research Tool. Journal of Investigative Dermatology. v.138.n.11, 2018 p.2295-2300.

ANUNCIAÇÃO, L. Conceitos e análises estatísticas com R e JASP. São Paulo: NILAPRESS, 2021.

BENASSI, A.C. O cultivo do coqueiro-anão-verde. Vitória, ES: Incaper, 2013.

BERARDESCA et al. The revised EEMCO guidance for the in vivo measurement of water in the skin. Skin Res Technol. 2018, p.1–8.

BOURASSA, L; BUTLER-WU, S.M. MALDI-TOF mass spectrometry for microorganism identification. In: SAILS, A; TANG, Y. Current and Emerging Technologies for the Diagnosis of Microbial Infections. London: Academic Press, 2015 p.37-68.

BRASIL. Decreto n° 4.887, de 20 de novembro de 2003. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2003/d4887.htm>. Acesso em: 19 ago. 2022.

BRASIL, RDC n°630, de 10 de março de 2022. Estabelece parâmetros para controle microbiológico de produtos de higiene pessoal, cosméticos e perfumes e internaliza a Resolução GMC MERCOSUL nº 51/1998. Disponível em: <https://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-rdc-n-630-de-10-de-marco-de-2022-386107555>. Acesso em: 28 ago. 2022.

CLARK, A. et al. Matrix-assisted laser desorption ionization-time of flight mass spectrometry: a fundamental shift in the routine practice of clinical microbiology. Clinical microbiology reviews, v.26, n.3, p.547–603, jul. 2013.

FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES. Informações Quilombolas. Disponível em: <http://www.palmares.gov.br/?page_id=52126>. Acesso em: 22 Set 2021

HEINRICH, M. et al. Fundamentals of pharmacognosy and phytotherapy. 2.ed. [S.I]:Elsevier, 2012. p. 49-60.

INCRA. INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA. Quilombolas. Disponível em: <https://antigo.incra.gov.br/pt/quilombolas.html>. Acesso em: 22 set. 2021

MARTINS, C.R. Evolução da produção de coco no Brasil e o comércio internacional: panorama 2010. 1.ed. Aracaju: Embrapa Tabuleiros Costeiros, 2011.

METZGER, J.P. Conservation issues in the Brazilian Atlantic forest. Biological Conservation, 2009. v.142, 1138-1140.

MMA. MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Mata Atlântica. Disponível em: <https://antigo.mma.gov.br/biomas/mata-atlântica_emdesenvolvimento.html>. Acesso em: 15 Jan 2021

PATEL, R. Matrix-Assisted Laser Desorption Ionization–Time of Flight Mass Spectrometry in Clinical Microbiology. Clinical Infectious Diseases. v.57. n.4. p. 564–572, ago.2013.

SAUER, S.; KLIEM, M.Mass spectrometry tools for the classification and identification of bacteria. Nature Reviews Microbiology, 2010. v.8, 74–82.

SILVA, L.P.R.F. et al. Caracterização de farinha de mesocarpo de coco verde. Trabalho apresentado no Congresso Técnico Científico da Engenharia e Agronomia, 2018, Maceió, AL.

TRIOLA, M.F. Introdução à estatística. Rio de Janeiro: LTC, 2005.

Published

2024-01-16

How to Cite

Leite, L. A., Keity Ueno, A., Bianco, A. A. G., Rodrigues, E., Lopes, P. S., Püttker, T., & e Silva, V. R. L. (2024). Cocos nucifera L. como esfoliante: ressignificando resíduos e promovendo o desenvolvimento local. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 22(1), 577–598. https://doi.org/10.55905/oelv22n1-031

Issue

Section

Articles