Avaliação dos aspectos tomográficos de neoplasias intracranianas em cães: uma contribuição para a prática clínica

Authors

  • Camila Figueiredo Santos
  • Mariana Queçada Rossi
  • Pedro Eduardo Brandini Néspoli
  • Álvaro Felipe de Lima Ruy Dias

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-205

Keywords:

neoplasia intracraniana, tomografia, disfunção neurológica, cão

Abstract

As neoplasias cerebrais estão sendo cada vez mais descritas na literatura e diagnosticadas na rotina veterinária, principalmente pelo aumento da sobrevida dos cães e maior cuidado dos tutores. Essas neoplasias representam uma causa frequente de disfunção neurológica em animais de meia idade e idosos. Dentre exames para sugestão diagnóstica, a tomografia é a mais realizada pela sua disponibilidade. O objetivo do presente estudo retrospectivo foi avaliar e caracterizar laudos tomográficos de cães com massa/tumores intracranianos atendidos ou encaminhados para realização de exame tomográfico no setor de diagnóstico por imagem da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), no período de 2017 a 2022. Os critérios utilizados para o diagnóstico foram: localização, captação de contraste, radiointensidade, presença de áreas cavitárias e hemorragias, localização em fossa anterior ou posterior e comportamento tumoral. Através dessas informações foi realizada a diferenciação tumoral e comparação com a literatura disponível para avaliar os critérios tomográficos, prevalência com relação a idade, sexo e raça. Dos 25 laudos avaliados, contatou-se predominância de tumores primário localizados em fossa anterior, destacando-se os meningiomas (32%) e gliomas (20%). Houve maior prevalência em fêmeas, da raça poodle e em cães acima de 8 anos. Conclui-se que a tomografia computadorizada é uma ferramenta útil para auxiliar no diagnóstico e diferenciação de neoplasias intracranianas em cães e pode auxiliar os médicos veterinários no diagnóstico precoce, bem como na escolha da melhor conduta terapêutica, proporcionando um melhor prognóstico para os pacientes.

References

BABICSAK, V. R. et al. Aspectos tomográficos de tumores cerebrais primários em cães e gatos. Veterinária Zootecnia, v.18, n. 4, 2011.

COSTA, R. C. Neoplasias do sistema nervoso. Oncologia em Cães e Gatos. Roca, São Paulo, 2009.

DEWEY, C. W.; COSTA, R.; THOMAS, W. Perfoming the neurologic examination. A Pratical Guide to Canine and Feline Neurology. 3 ed. Blackwell, Lowa, 2016.

FLORES, et al. Aspectos epidemiológicos e anatomopatológicos do hemagiossarcoma em cães: 40 casos (1965-2012). Pesquisa Veterinária Brasileira, v.32, n.12, 2012.

GOMES, S. A.; TARGETT, M.; LOWRIE, M. Computed tomography features of discospondylitis in dogs. Journal of Veterinary Internal Medicine, v. 36, n. 6, 2022.

HIGGINS, R. J. et al. Tumors of the nervous system. Tumors of Domestic Animals. 5 ed. Iowa State Press, Ames, 2017.

MCENTEE, M. C.; DEWEY, C. W. Tumors of the nervous system. Small Animal Clinical Oncology. 5ed. Saunders, Philadelphia. 2013.

MUSCATELLO, L. V. et al. Proliferação microvascular glomerulóide, desmoplasia e alto índice proliferativo como potenciais indicadores de tumores do plexo coróide canino de alto grau. Patologia veterinária, v.55, 2018.

PICKUTH, D. et al. Computed tomography and magnetic resonance imaging features of olfactory neuroblastoma: an analysis of 22 cases. Clinical Otolaryngology, v. 24, 1999.

ROS, C. et al. Tumour-to-Tumour Metastasis Phenomenon: Metastatic Prostatic Adenocarcinoma within an Anaplastic Oligodendroglioma in the brain of a Dog. Journal of Comparative Pathology, v. 165, 2018.

ROSSMEISL, J.; PANCOTTO, T. Intracranial neoplasia and secondary pathological effects. In: PLATT, S.; GAROSI, L. Small Animal Neurological Emergencies. 1ed. Manson, London. 2012.

SCHWARTZ, M. et al. Canine intracranial neoplasia: clinical risk factor for development of epileptic seizures. Small Animal Practice, v.52, n.12, 2011.

SHINN, et al. Risk factors for adverse events occurring after recovery from stereotactic brain biopsy in dogs with primary intracranial neoplasia. Journal Veterinary Internal Medicine, v. 34, 2020.

TROXEL, M. T., et al. Feline intracranial neoplasia: retrospective review of 160 cases (1985-2001). Journal Veterinary Internal Medicine, v.17 n.6, 2003.

WISNER, E. R. et al. Magnetic resonance imaging features of canine intracranial neoplasia. Veterinary Radiology e Ultrasound, v.52, n.1, 2011.

WISNER, E.; ZWINGERBERGER, A. Atlas of Small Animal CT and MRI. New Jersey: Wiley Blackwell, 2015.

Published

2023-12-26

How to Cite

Santos, C. F., Rossi, M. Q., Néspoli, P. E. B., & Dias, Álvaro F. de L. R. (2023). Avaliação dos aspectos tomográficos de neoplasias intracranianas em cães: uma contribuição para a prática clínica. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 27282–27298. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-205

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)