Análise ergonômica no setor de beneficiamento de rochas ornamentais em uma marmoraria

Authors

  • Jackson Epaminondas de Sousa
  • Fernanda Raquel Roberto Pereira
  • Maria Helena Egídio Andrade de Sousa
  • Manuela Luz Silveira
  • Edivânia Maria de Melo
  • Édna Maria de Melo Vieira
  • José Araújo Silva
  • Emanuely dos Santos Marques
  • Robson Fernandes Barbosa
  • Admilson Leite de Almeida Júnior

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-049

Keywords:

análise ergonômica do trabalho, demandas ergonômicas, marmoraria, qualidade de vida no trabalho

Abstract

Este trabalho tem como objetivo a identificação e análise ergonômica no setor de produção de uma empresa de beneficiamento de granitos e mármores, localizada na Paraíba, Brasil. Para atingir esse objetivo, realizou-se visitas técnicas in loco no intuito de obter filmagens e fotografias, além de realizar entrevistas semiestruturadas com a gerente e os funcionários e entender como ocorre os processos de trabalho e as demandas ergonômicas. As temáticas foco desta pesquisa foram as questões relacionadas com posturas inadequadas, levantamento e transporte manual de cargas e a utilização de máquinas e equipamentos. Como resultados, verificou-se inúmeros problemas posturais e o excesso de movimentação de materiais, sendo indicado a ginástica laboral no intuito de minimizar futuros problemas com as doenças ocupacionais e proporcionar uma melhor qualidade de vida no trabalho.

References

FREITAS, M. CNJ submete regulamentação do teletrabalho à consulta pública. Tribunal Regional do Trabalho 6 – TRT6, Pernambuco. 2015. Recuperado de: https://www.trt6.jus.br/portal/noticias/2015/08/11/cnj-submete-regulamentacao-do-teletrabalho-consulta-publica.

IIDA, I. Ergonomia: projeto e produção. 2ª edição ver. E ampl. – São Paulo: Edgard Blucher, 2005.

MALCUM, K. C. Avaliação da capacidade de frentistas em postos de combustíveis na cidade de Porto Alegre. Monografia (Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho), UFRGS, 2009.

MINISTÉRIO DO TRABALHO. Norma regulamentadora – NR 17: Ergonomia. Redação dada pela Portaria MTP nº 2.175. Brasília, 2022.

PIASSI, V. Ergonomia Física: o que é e como ela pode melhorar o ambiente de trabalho. 2019. Recuperado de: https://www.ocomuniqueiro.com.br/2019/07/14/ergonomia-fisica-o-que-e-e-como-ela-pode-melhorar-o-ambiente-de-trabalho/.

SILVEIRA, L.B.R.; SALUSTIANO, E.O. A importância da ergonomia nos estudos de tempos e movimentos. Revista P&D em Engenharia de Produção, Itajubá, v. 10, n. 1, p. 71-80, 2012.

SOUSA, J. E.; GUIMARAES NETO, J. V. ; OLIVEIRA, I. V. ; BARBOSA, R. F. Análise da Qualidade de Vida no Trabalho e satisfação dos funcionários de uma empresa prestador de serviços. Revista GEINTEC, v. 4, n. 03, p. 1035-1045, 2014.

SOUSA, J. E. Elaboração do mapa de riscos ocupacionais em uma empresa de beneficiamento de granitos e mármores na Paraíba. Monografia (Graduação em Engenharia de Produção), UFCG, Sumé-PB, 2016.

TAKEDA, F. Configuração ergonômica do trabalho em produção contínua: o caso de ambiente de cortes em abatedouro de frango. Dissertação de Mestrado em Engenharia de Produção, Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa-PR, 2010.

VASCONCELOS, S. C. S.; SANTOS, J. R.; SOARES, M. A. F.; SANTOS, M. B. G. Análise da saúde e segurança do trabalho em postos revendedores de combustíveis no município de Campina Grande – PB. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção – ENEGEP. Salvador, BA, 2009.

Published

2023-12-07

How to Cite

de Sousa, J. E., Pereira, F. R. R., de Sousa, M. H. E. A., Silveira, M. L., de Melo, E. M., Vieira, Édna M. de M., Silva , J. A., Marques , E. dos S., Barbosa, R. F., & de Almeida Júnior, A. L. (2023). Análise ergonômica no setor de beneficiamento de rochas ornamentais em uma marmoraria. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 24328–24342. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-049

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)