Bebida energética com características funcionais

Authors

  • Elen Vanessa Costa da Silva
  • Josyane Brasil da Silva
  • Emilly Vitória dos Santos Oliveira
  • Giovana Kathelly Costa Vasconcelos
  • Celine Lima da Silva

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n11-250

Keywords:

maracujá, pólen, estabilidade

Abstract

As bebidas energéticas foram desenvolvidas com a intenção de auxiliar na resistência física de atletas. Porém nos últimos anos, elas vêm sendo consumidas para os mais variados fins dentro ou fora do ambiente esportivo. Sua composição tem alimentos ou ingredientes que contenham, além de seus nutrientes básicos, substâncias biologicamente ativas ou nutracêuticas que são considerados funcionais e, deste modo, podem auxiliar na promoção da saúde. Com isso o projeto objetivou elaborar uma bebida energética com características funcionais e avaliar sua estabilidade. Foram realizadas estabilidade físico-química e microbiológica das bebidas ao longo de 30 dias de armazenamento, aceitação sensorial e intenção de compra. A bebida apresentou boa estabilidade físico-quimica por 4 semanas. Na estabilidade microbiológica apresentou crescimento de bolores e leveduras porém o resultado obtido está relacionado a ausência de quaisquer conservantes. Apresentou na microscopia resíduos de grão de pólen não dissolvidos. Após o período analisado, recomenda-se o uso de aditivos alimentares na formulação.

References

ASSIS, N.M; MARQUES, C.A; SILVA, M.C. Microscopia em amostras comerciais de café. Segururança Alimentar e Nutrição, Campinas, v. 27, n. 4, p. 1-13, 2020.

BENEVENUTO, I.M.; VIDAL, J.R.N.P. Desenvolvimento de bebida energética po-tencialmente funcional a base de juçara. 2017. 47 f. TCC (Curso de Bacharel em Ci-ência e Tecnologia de Alimentos) - Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Sudeste de Minas Gerais, Rio Pomba 2017.

BRASIL. Regulamenta no âmbito federal, dispositivo da Instrução Normativa nº 62, 26 de agosto de 2003 que dispoem sobre os Métodos Analíticos Oficiais para Análises Mi-crobiológicas para Controle de Produtos de Origem Animal e Água. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 26 ago. 2003. Seção 1, p. 75.

BRASIL. Decreto n° 3.029, de 16 de abril de 1999. Regulamenta no âmbito federal, dispositivo da Resolução RDC n° 273, de 22 de set. de 2005 que dispoem sobre Tegu-lamento técnico para misturas para o preparo de alimentos e alimentos prontos para o consume. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasí-lia, DF, 22 set. 2005. Seção 1, p. 375.

BRASIL. Regulamenta no âmbito federal, dispositivo da RDC Nº 331, de 23 de de-zembro de 2019. Dispõe sobre os padrões microbiológicos de alimentos e sua aplicação. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 10 de dez . 2019. Seção 1, p. 179.

DIONISIO, A. P.; WURLITZER, N. J.; PINTO, C. O.; GOES, T. S.; BORGES, M. F.; ARAÚJO, I. M. S. Processamento e estabilidade de uma bebida de caju e yacon durante o armazenamento sob refrigeração. Brazilian Journal of Food Technology Campinas, v. 21, n. 6, 2017.

DUTCOSKY, S. D. Análise sensorial de alimentos. 4. ed. Curitiba: Champagnat, 2013. 531 p.

FEEREIRA, Rodrigo da Cruz. Avaliação das características físico-químicas e micro-biológicas do pólen da Melipona scutellaris Latreille submetido a diferentes proces-sos de desidratação. 2012, 105p. Dissertação (Programa de Pós-graduação em Ciência de Alimentos), Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012

FINNEGAN D. The health effects of stimulant drinks. Nutrition Bulletin, v. 28, n. 147, p. 48-55, 2003.

GOMES, T. S.; CHIBA, H. T.; SIMIONATO, E. M. R. S.; SAMPAIO, A. C. Monito-ramento da qualidade da polpa de maracujá-amarelo seleção AFRUVEC, em função do tempo de armazenamento dos frutos. Revista Alimentos e Nutrição, Bauru, v.17, n.4, p. 401-405, 2006.

HEALEY, I.D. Sport drinks and functional ingredients. Drink Technology & Marke-ting, v. 8, n. 1, p. 14–5, 2004.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Métodos físico-químicos para análise de alimentos. São Paulo: Intituto Adolfo Lutz, 2008. 1020p.

LEME, R. M. P.; FARIA, R. A. DE; GOMES, J B.; MELO, J. D. B. DE; CASTRO-FILICEVComparação in vitro do efeito de bebidas ácidas no desenvolvimen-to da erosão dental: análise por microscopia eletrônica de varredura. Bioscience Jour-nal., Uberlândia, v. 27, n. 1, p. 162-169, 2011, L. S..

MANTOVANI, R. A. Estabilidade e digestibilidade de emulsões contendo lecitina e proteínas do soro. 2012, 122 p. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Alimentos) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2012.

MAHONEY, E; BEATTIE, J; SWAIN, M; KILPATRICK, N. Preliminary in vi-tro assessment of erosive potential using the ultra-micro-indentation system. Caries Res., v. 37, n. 3, p 218-224, 2003.

MORAIS, V.A.D. et al. Avaliação microbiológica de amostras de refrigerantes co-mercializadas no Estado de Minas Gerais. Rev. Inst. Adolfo Lutz, v. 62, n. 1, p. 1 -4, 2003.

PEIXOTO, Jaqueline Carvalho. Desenvolvimento de bebida energética funcional à base de açaí liofilizado para o controle do estresse muscular, oxidativo e atenuação de indicadores cardiorrespiratórios e de percepção de esforço em atletas. 2014. 214f. Tese (Doutorado Ciências Farmacêuticas). Faculdade de Farmácia, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. 2014.

QUARESMA, K. A.; BRASIL, L. D. S. D. S.; DA SILVA, S. M.; BRASIL, D. S. B. Avaliação microbiológica de bebidas energéticas consumidas em praças da cidade de Belém-PA. Revista Brasileira de Tecnologia Agroindustrial, v. 3, n. 1, p. 1-10, 2009.

SANTOS, G.; Costa, I.C.B; Souza, E. C; Silva, A.S. Determinação dos parâmetros físicoquímicos dos refrigerantes. 56 Congresso Brasileiro de Quimica, Belem, 2016

Published

2023-11-29

How to Cite

da Silva, E. V. C., da Silva, J. B., Oliveira, E. V. dos S., Vasconcelos, G. K. C., & da Silva, C. L. (2023). Bebida energética com características funcionais. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(11), 23224–23237. https://doi.org/10.55905/oelv21n11-250

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)