Agregação de planossolo sob sistemas integrados de produção agropecuária no semiárido brasileiro

Authors

  • Abraão Targino de Sousa Neto
  • Flávio Pereira de Oliveira
  • Pedro Luan Ferreira da Silva
  • Milton César Costa Campos
  • Djail Santos
  • Elilson Gomes de Brito Filho
  • Paulo Roberto Megna Francisco
  • Danillo Dutra Tavares

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n10-191

Keywords:

agregação, estrutura do solo, qualidadefísica, semiárido

Abstract

A agregação do solo é um indicador de qualidade física do solo sensível às perturbações provocadas pelas práticas de manejo e pelo impacto do pisoteio animal. Em ambientes semiáridos, a baixa produção de biomassa e o manejo convencional do solo pode alterar a dinâmica de formação de agregados e levar à degradação da estrutura do solo. O objetivo deste estudo foi avaliar a estabilidade estrutural do solo e as vias de formação de agregados de um solo sob sistema de integração lavoura-pecuária-floresta (iLPF) no semiárido da Paraíba. O experimento está sendo conduzido desde o ano de 2015 da cidade de Alagoinha, PB, sob um PlanossoloHáplico de classificação textural franco arenoso. Os tratamentos são compostos pelos seguintes sistemas de consórcio: Brachiariadecumbens + Ipê (BI); Br. decumbens + Gliricídia (BG); Br. decumbens + sabiá (BS); Br. decumbens + milho (L) e Br. decumbens (B). As amostras de solo com estrutura preservada foram coletadas no ano de 2017, nas camadas de 0-10, 10-20 e 20-30 cm de profundidade para determinação do diâmetro médio ponderado de agregados secos (DMPAu) e úmidos (DMPAs), o percentual de macro e microagregados secos (MaS) e (MiS), o índice de estabilidade de agregados do solo (IEA). Os dados foram analisados por meio da análise de variância (Tukey, p< 0,05) e análise de componentes principais com cluster. Os resultados demonstraram diferença significativa para os atributos DMPAueMaS no tratamento BI e, MiS para o tratamento BG. O IEA não diferiu entre tratamento, apenas entre camadas, com maior representatividade em superfície entre 0-10 cm de profundidade. Menor qualidade estrutural do solo, com base no IEA e na análise de componentes principais foi observada no tratamento BG. O valor de correlação apresentado pelos atributos DMPAu e IEA consegui distinguir os tratamentos BI e B dos demais tratamentos avaliados, além do mais, esses atributos foram os mais responsáveis aos diferentes consórcios, e, portanto, podem ser considerados os melhores indicadores de avaliação da qualidade do solo sob iLPF. Conclui-se que após oito anos de condução, o consórcio Braquiária + Ipê e a Braquiária foram os tratamentos com melhor resposta ao índice de estabilidade de agregados do solo.

References

ARAÚJO, E.C.G. et al. Macrofauna como bioindicadora de qualidade do solo para a agricultura convencional e agrofloresta. Agropecuária Científica no Semiárido, v. 14, n. 2, p. 108-116, 2018.

BALBINO, L. C. et al. Evolução tecnológica e arranjos produtivos de sistemas de integração lavoura-pecuária-floresta no Brasil. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 46, n. 10, p. 1-12, 2011.

CÁRCELES RODRÍGUEZ, B.; DURÁN-ZUAZO, V.H.; SORIANO RODÍGUEZ, M.; GARCÍA-TEJERO, I.F.; GÁLVEZ RUIZ, B.; CUADROS TAVIRA, S. ConservationAgriculture as a sustainable system for soilhealth: A review. Soil Systems, v. 6, n. 4, p. 87, 2022.

CARPENEDO, V.; MIELNICZUK, J. Estado de agregação e qualidade de agregados de Latossolos Roxos, submetidos a diferentes sistemas de manejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, Viçosa, v. 14, n. 1, p. 99-105, 1990.https://doi.org/10.1590/S0100-06832012000400025

CASTRO FILHO, C.; HENKLAIN, J. C.; VIEIRA, M. J.; CASÃO JÚNIOR, R. Tillage methods and soil and water conservation in southern Brazil. Soil and Tillage Research, v. 20, n. 3, p. 271-283, 1991. https:/doi.org/10.1016/j.sttill.2019.05.028

COLEMAN, D.C.; CALLAHAM JR., M.A.; CROSSLEY JR., D.A. Secondary production: Activities of Heterotrophic organisms – Microbes. In D.C. COLEMAN, M.A. CALLAHAM, D.A. CROSSLEY JR. (Eds.) Fundamentals of Soil Ecology, 3rd ed., New York, Academic Press, 2018. pp. 47-76. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-805251-8.00003-X

COSTA JÚNIOR, C.; PICCOLO, M.C.; SIQUEIRA NETO, M.; CAMARGO, P.B.; CERRI, C.C.; BERNOUX, M. Carbono em agregados do solo sob vegetação nativa, pastagem e sistemas agrícolas na região do Cerrado. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 36, n. 4, p. 1311-1321, 2012; https://doi.org/10.1590/S0100-06832012000400025

COSTA, O.Y.A.; RAAIJMAKERS, J.M.; KURAMAE, E.E. Microbial extracellular polymeric substances: Ecological function and impact on soil aggregation. Frontiers in Microbiology, v. 9, n. 1, p. 1-14, 2018. https://doi.org/10.3389/fmicb.2018.01636

DEON, D.S. et al. Sistemas integrados para o semiárido: Contribuição da Embrapa para a disponibilização de sistemas com alto potencial de inovação. Embrapa Caprinos e Ovinos, 2021. 25p. (Documento Técnico, n. 146).

DEVINE, S.; MARKEWITZ, D.; HENDRIX, P.; COLEMAN, D. Soil aggregates and associated organic matter under conventional tillage, no-tillage, and forest succession after three decades. PLOS ONE, v. 9, n. 1, p. 1-12, 2014. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0084988

IWATA, B.F. et al. Manejo de resíduos em Arggissolo sob agrofloresta no semiárido cearense. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 4, p. 20702-20716, 2020.

KEMPER, W. D.; CHEPIL W. S. Size distribution of aggregates. In: BLACK, C. A. (Ed.). Methods of soil analysis (1. ed.). Madison: American Society of Agronomy. 1965. p. 383- 409.

LAL, R. Restoring soil quality to mitigate soil degradation. Sustainability, v. 5, n. 1, p. 5875-5895, 2015.

MAIA, S.M.F. et al. Impacto dos sistemas agroflorestais e convencional sobre a qualidade do solo no semiárido cearense. RevistaÁrvore, v. 30, n. 5, p. xx-xx, 2006.

MONROE, P. H. M.;BARRETO-GARCIA, P.A.B.; BARROS, W.T.; DE OLIVEIRA, F.G.R.B.; PEREIRA, M.G. Physical protection of soil organic carbon through aggregates in different land use systems in the semi-arid region of Brazil. Journal of Arid Environments, v. 186, p. 104427, 2021.https://doi.org/10.1006/jare.2000.0700

MACEDO, R. S., MORO, L., LAMBAIS, É. O., LAMBAIS, G. R., BAKKER, A. P. D. Efeitos da degradação nos atributos de solos sob caatinga no semiárido brasileiro. Revista Árvore, V. 47, 2023.

NÓBREGA, C.C.; SILVA, P.L.F; OLIVEIRA, F.P.; CAMPOS, M.C.C.; SOUSA NETO, A.T. Funções de pedotransferência para estimar a retenção e a disponibilidade de água em PlanossoloHáplico sob sistemas integrados de produção agropecuária no Agreste da Paraíba. Scientia Plena, v. 18, n. 7, p. 070202.1-070202.20, 2022.

OADES, J.M.; WATERS, A.G. Aggregate hierarchy in soils. Soil Research, v. 29, n. 6, p. 815-828, 1991. https://doi.org/10.1071/SR9910815

OLIVEIRA, A. D. F. N., SOUSA, L. I. S., COSTA, V. A. S., ANDRADE, J. V. T., LIMA, L. A. L., SALES, P. A. F., SILVA, D. F., PEREIRA, A. P. A., MELO, V. M. M. Long-term effects of grazing on the biological, chemical, and physical soil properties of the Caatinga biome. Microbiological Research, v.253, p. 126-893, 2021.

PORTELLA, C.M.R. et al. Soil aggregation under different management systems. RevistaBrasileira de Ciência do Solo, v. 36, n. 6, p. 1868-1877, 2012.

PUGET, P.; CHENU, C.; BALESDENT, J. Dynamics of soil organic matter associated with particle-size fractions of water-stable aggregates. European Journal of Soil Science, v. 51, n. 4, p. 595-605, 2008. https://doi.org/10.1111/j.1365-2389.2000.00353.x

R CORE TEAM. (2013). The R Project for Statistical Computing version 4.2.2.Vienna: R Foundation for Statistical Computing.

RANGEL, J. D. A.; SANTOS, R. D.; SOUZA, S. F.; PIOVEZAN, U.; MUNIZ, E.Agricultura de baixa emissão de carbono em regiões semiáridas:experiência brasileira, v. 1, p. 141-149, 2022. http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/infoteca/handle/doc/1150542.

ROLIM, G. S.; SENTELHAS, P. C.; BARBIERI, V. Planilhas no ambiente Excel™ para os cálculos de balanços hídricos: Mensal sequencial, de cultura e de produtividade real e potencial. Revista Brasileira de Agrometeorologia, Santa Maria, v. 6, n. 1, p. 133-137, 1998.

RYSCHAWY, J.; LIEBIG, M.A.; KRONBERG, S.L.; ARCHER, D.W.; HERDRICKSON, J.R. Integrated crop-livestock management effects on soil quality dynamics in a semiarid region: A typology of soil change in over time. Applied and Environmental Soil Science, v. 2017, n. 1, p. 1-10, 2017. https://doi.org/10.1155/2017/3597416

SABINO, B.T.S. et al. Qualidade física do solo sob sistema de integração lavoura-pecuária-floresta: Efeitos de 6 anos de implantação. Revista Valore, v. 7, e-7026, 2022.

SALTON, J.C.; MIELNICZUK, J.; BAYER, C.; BOENI, M.; CONCEIÇÃO, P.C.; FABRÍCIO, A.C.; MACEDO, M.C.M.; BROCH, D.L. Agregação e estabilidade de agregados do solo em sistemas agropecuários em Mato Grosso do Sul. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 32, n. 1, p. 11-21, 2008. https://doi.org/10.1590/S0100-06832008000100002

SANTOS, H. G.; JACOMINE, P. K. T.; ANJOS, L. H. C.; OLIVEIRA, V. Á.; LUMBRERAS, J. F.; COELHO, M. R.; ALMEIDA, J. A.; ARAÚJO FILHO, J. C.; OLIVEIRA, J. B.; CUNHA, T. J. F. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos, 5. ed. Brasília, Embrapa, 356p, 2018.

SILVA, L.L. et al. Atributos físicos do solo e produtividade da pastagem em sistema de manejo com integração lavoura-pecuária-floresta. Scientific Eletronic Archives, v. 14, n. 11, p. 88-102, 2021.

SILVA NETO, L.F.; SILVA, I.F.; INDA, A.V.; NASCIMENTO, P.C.; BORTOLON, L. Atributos físicos e químicos de agregados pedogênicos e de coprólitos de minhocas em diferentes classes de solos da Paraíba. Ciência e Agrotecnologia, v. 34, n. 6, p. 1365-1371, 2010.https://doi.org/10.1590/S1413-70542010000600002

SILVA, I.F.; MIELNICKZUK, J. Ação do sistema radicular de plantas na formação e estabilização de agregados do solo. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 21, n. 1, p. 113-117, 1997.

SILVA, J.E.D. et al. Soil organic matter and aggregate stability in soybean, maize and Urochloa production systems in a very clayey soil of the Brazilian Savanna. Agronomy, v. 12, n. 1, p. 1652, 2022.

SILVA, P.F.L.; OLIVEIRA, F.P.; MARTINS, A.F.; TAVARES, D.D.; AMARAL, A.J. Fertility, carbon stock and aggregatestability of an Alfisol under integrated farming system. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 51, n. 1, e66505, 2021. https://doi.org/10.1590/1983-40632021v5166505

SILVA, P.L.F.; OLIVEIRA, F.P.; MARTINS, A.F.; PEREIRA, W.E.; TAVARES, D.D.; AMARAL, A.J. Soil health of an Albaquults under integrated crop-livestock-forest system through multivariate analysis. Research, Society and Development, v. 9, n. 11, p. e2929119835, 2020. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9835

SILVA, P.L.F.; OLIVEIRA, F.P.; TAVARES, D.D.; NÓBREGA, C.C.; AMARAL, A.J. Water availability in a Planosol under integrated crop-livestock-forestry system in the Agreste region of Paraíba, Brazil. Revista Caatinga, v. 32, n. 2, p. 449-457, 2019. http://dx.doi.org/10.1590/1983-21252019v32n218rc

SHEEHY, J., REGINA, K., ALAKUKKU, L., SIX, J. Impact of no-till and reduced tillage on aggregation and aggregate-associated carbon in Northern European agroecosystems. SoilandTillageResearch, 150, 107– 113, 2015.https://doi.org/10.1016/j.still.2019.05.028

STANTON, M. S. Contratos em Sistemas Integrados de Produção Agropecuária. RevistaDireito GV, v. 18, 2022. https://doi.org/10.1590/2317-6172201938

SWEENEY, M.R. Dust emission process. In SHRODER, J.J.F. (Ed.) Treatise on Geomorphology, 2nd ed., v. 7, Amsterdam, Elsevier B.V. 2022. pp. 235-258. https://doi.org/10.1016/B978-0-12-818234-5.00015-8

THORNTWAITE, C. W.; MATHER, R. J. The water balance. New Jersey: Laboratory of Climatology, 1955. 144p.

TISDALL, J.M.; OADES, J.M. Organic matter and water-stable aggregates in soils. European Journal of Soil Science. V. 33, n. 2, p. 141-163, 1982. https://doi.org/10.1111/j.1365-2389.1982.tb01755.x

VRDOLIJAK, G., SPOSITO, G. Soil aggregate hierarchy in a Brazilian Oxisol. Developments in Soil Science, v. 28, n. 1, p. 197-217, 2002.

WANG, W. X., WANG, W. L., GUO, M. M.,CHEN, Z. X. Effects of natural vegetation restoration on characteristics of soil aggregate and soil erodibility of gully heads in gully region of the loess plateau. Scientia Agricultura Sinica, V. 52, n. 16, p. 2845– 2857, 2019.

Published

2023-10-23

How to Cite

de Sousa Neto, A. T., de Oliveira, F. P., da Silva, P. L. F., Campos, M. C. C., Santos, D., de Brito Filho, E. G., Francisco, P. R. M., & Tavares, D. D. (2023). Agregação de planossolo sob sistemas integrados de produção agropecuária no semiárido brasileiro. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(10), 18066–18083. https://doi.org/10.55905/oelv21n10-191

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)