Construindo a identidade de professores pesquisadores na licenciatura em educação do campo: um diálogo entre epistemologia e práticas pedagógicas

Authors

  • Alessandra Reinholz Velten
  • Eliana de Deus Sobrinho
  • Erineu Foerste

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n10-148

Keywords:

educação do campo, formação de professores, licenciatura em educação do campo, pesquisa

Abstract

Este artigo estabelece um diálogo reflexivo entre os textos apresentados na disciplina de Epistemologia e Educação do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal do Espírito Santo (PPGE/UFES) e a formação de professores pesquisadores com base nas práticas pedagógicas do curso de Licenciatura em Educação do Campo (LEdoC). O estudo inicia traçando um panorama histórico da formação de professores no contexto rural, destacando seus avanços ao longo do tempo e a relevância das políticas educacionais. Além disso, realizamos uma análise crítica das concepções subjacentes à formação de professores pesquisadores, enfatizando a necessidade de uma abordagem interdisciplinar e a valorização da pesquisa como componente essencial do processo educativo.

References

ANDRÉ, Marli. Pesquisa, formação e prática docente. In: ANDRÉ, Marli. (Org.) O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. 5. ed. Campinas: Papirus, 2006.

BARROS, L. M.R. & Barros. M. E.B. O problema da análise em pesquisa cartográfica. Fractal, Rev. Psicol., v.25 - n. 2, p.373-390. Maio/Agos.2013.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei número 9394, 20 de dezembro de 1996.

GIMBO, Fernando. Epistemologia e Arqueologia: Foucault e a história da ciência francesa. Kinesis, vol. XI, nº20, julho 2017, p.99 - 125.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Ed 65, Editora Paz e Terra, Rios de Janeiro/ São Paulo, 2018.

___________. Pedagogia da esperança: um encontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

__________. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 14. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2000.

MATURANA, H. Desfazendo nós: Educação e Autopoiese. Canais da Anped ano 2000. Disponível em: http://www.anped.org.br/biblioteca/item/desfazendo-nos-educacao-e-autopoiese>. Acesso: 07 de julho de 2019.

MOLINA, M.C. & HAGE, S.M. Riscos e potencialidades na expansão dos cursos de licenciatura na Educação do Campo. RBPAE - v. 32, n.3, p.805-828, set./dez., 2016.

___________. Expansão das Licenciaturas em Educação do Campo: Desafios e potencialidades. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, n.55, p. 145-166, jan./mar. Editora UFPR, 2015.

SADE, C. FERRAZ, G.C. & ROCHA, J. M. O ethos da confiança na pesquisa cartográfica: experiência compartilhada e aumento da potência de agir. Fractal, Rev. Psicol., v.25 - n. 2, p.373-390. Maio/Agos. 2013.

SOUZA, A. R., Escola da Terra Capixaba na Bacia do Rio Doce. Vitória: PPGE/UFES (Dissertação de Mestrado),2019.

VIEIRA, José Eugênio. Os italemães na terra dos botocudos/José EugênioVieira, Joel Guilherme Velten. - Vitória, ES: Grafitusa, 2015.

Published

2023-10-20

How to Cite

Velten, A. R., Sobrinho, E. de D., & Foerste, E. (2023). Construindo a identidade de professores pesquisadores na licenciatura em educação do campo: um diálogo entre epistemologia e práticas pedagógicas. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(10), 17280–17293. https://doi.org/10.55905/oelv21n10-148

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)