Relação peso-comprimento e fator de condição de acari (Pterygoplichthys pardalis) na várzea do baixo Amazonas, Pará, Brasil

Authors

  • Ericleya Mota Marinho Lima
  • Paulo Roberto Brasil Santos
  • Renan Luís Queiroz Rocha
  • Tony Marcos Porto Braga

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-038

Keywords:

pesca artesanal, planícies inundáveis, estimativas biológicas

Abstract

Na Amazônia, a pesca é uma das atividades produtivas mais tradicionais e representa uma importante fonte de alimento das populações locais. No Baixo Amazonas, a espécie Pterygoplichthys pardalis popularmente conhecida como acari é uma das principais espécies comerciais. O objetivo deste estudo foi determinar a relação peso-comprimento e o fator de condição do acari das áreas de várzeas do Baixo Amazonas. Para a obtenção dos dados foram realizadas amostragens de espécimes em três comunidades entre o período de setembro de 2018 a abril de 2019. Um total de 1.006 exemplares foram amostrados. O comprimento médio e peso médio dos indivíduos analisados corresponderam a 32,92 ± 5,01 cm e 366 ±174,21 g, respectivamente. Foram obtidas as equações Wt= 0,0153.Lt2,875 e Wt= 0,0139.Lt2,875 da relação peso-comprimento para fêmeas e machos, respectivamente. A espécie apresenta crescimento do tipo alométrico negativo. A variação anual do fator de condição sugere que o acúmulo de gordura/energia ocorre no período de enchente/cheia e o oposto no período de seca, momento que coincide com a intensa atividade reprodutiva do acari. Estas estimativas podem ser úteis para o manejo dos estoques de acari, provendo subsídios para tomada de decisão que visem a conservação e a utilização racional deste recurso pesqueiro.

References

ABDURAHIMAN, K. P., HARISHNAYAK, T., ZACHARIA, P. U.; MOHAMED, K.S. Length-weight relationship of commercially important marine fishes andshellfishes of the southern coast of Karnataka, Índia. Worldfish Center Quarterly, v. 27, n. 2, p. 9-14, 2004.

ALMEIDA. O; LORENZEN, K; MCGRATH, D. G; AMARAL, L. O setor de pesca na economia regional. In: ALMEIDA, O. T. Manejo de Pesca na Amazônia Brasileira, 2006. p. 26–32.

BATISTA, V. S; ISAAC, V. J; FABRÉ, N. N. A Produção desembarcada por espécie e sua variação por macrorregião Amazônica. In: Batista, V. S. Peixes e pesca no Solimões-Amazonas: uma avaliação integrada. Brasília: Ibama/ProVárzea, 2012. p. 107–133.

BARTHEM, R. B; GOULDING, M. Um ecossistema inesperado -Amazônia revelada pela pesca. Belém: Amazon Conservation Association (ACA), Sociedade Civil Mamirauá, 2007, p. 241.

BRAGA, T. M. P; MARINHO, J. C; LIMA, E. M. M; FERNANDES, G. S. T; ATAYDE, H. M. Comércio da farinha de peixe (piracuí): um produto de importância econômica para cidade de Santarém, Pará, Brasil / Fish flour trade (piracui): a product of economic importance for the city of Santarém, Pará, Brazil. Brazilian Journal of Development, v. 6, n. 9, p. 72407-72417, 2020.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Instrução normativa n º22, 04 julho de 2005. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Poder Judiciário, Brasília, DF, n. 128, p. 97, Seção 1, 2005.

CADIMA, E. L. Manual de avaliação de recursos pesqueiros. Documento

Técnico sobre as Pescas. FAO, n. 393. Roma, FAO. 2000.

CAETANO, D. L. F; JANÉ, D. R. Weight-length and relative condition factor of bryconamericus iheringii in streams of the Paranapanema river, Brazil. Revista em Agronegocio e Meio Ambiente, v. 11, n. 3, p. 825–841, 2018.

CASTELLO, L; MCGRATH, D. G; ARANTES, C. C; ALMEIDA, O. T. Accounting for heterogeneity in small-scale fisheries management: The Amazon case. Marine Policy, v. 38, p. 557–565, 2013.

CAMARA, E. M; CARAMASCHI, E. P; PETRY, A. C. Fator de condição: Bases conceituais, aplicações e perspectivas de uso em pesquisas ecológicas com peixes. Oecologia Australis, v. 15, n. 2, p. 249–274, 2011.

COSTA, A. P. R; ANDRADE, D. R; JUNIOR, M. V. V, SOUZA, G. Indicadores quantitativos da biologia reprodutiva de fêmeas de piau-vermelho no Rio Paraíba do Sul. Pesquisa Agropecuária Brasileira, v. 40, n. 8, p. 789–795, 2005.

DA COSTA, M . R; ARAUJO, F. G. Length- weight relationship and condition factor of Microponias furnieri (Desmarest) (Perciformes, Sciaenidae) in the Sepatiba Bay, Rio de Janerio State, Brazil. Revista Brasileira de Zoologia, v. 20, n. 4, p. 685–690, 2003.

DIAS, G.K.S., SIQUEIRA-SOUZA, F.K., SOUZA, L.A; FREITAS, C.E.C. The consumption of fish by the riverine population of the lower Solimões River, Amazonas, Brazil. Brazilian Journal of Biology, v. 83, n.5, p.1-9, 2023.

DORIA, C. R. C.; RUFFINO, M. L.; HIJAZI, N. C.; CRUZ, R. L. C. A pesca comercial na bacia do rio Madeira no estado de Rondônia, Amazônia brasileira. Acta Amazonica, v. 42, n. 1, p. 29–40, 2012.

FAO. 2022. The State of World Fisheries and Aquaculture 2022. Towards Blue Transformation. Rome, FAO. 266p.

FELIZARDO, V. O; MURGAS, L. D. S; WINKALER, E. U; PEREIRA, G. J. M; DRUMOND, M. M; ANDRADE, E. S. Fator de condição relacionado a aspectos reprodutivos da piapara (Leporinus obtusidens) Characiformes: Anostomidae) coletadas a jusante da Usina Hidrelétrica do Funil, Minas Gerais, Brasil. Ciência Animal Brasileira, v. 12, n. 3, p. 471–477, 2011.

FONTELES-FILHO, A. A. Oceanografia, biologia e dinâmica populacional de recursos pesqueiros. Fortaleza, 2011.

FREITAS, T. M. S; SOUZA, S. B. S; PRUDENTE, B. S; MONTAG, L. F. A. Length-weight relationship in ten fish species from the Nhamundá River, the Amazon Basin, Brazil. Acta Amazonica, v. 47, n. 1, p. 75–78, 2017.

FROESE, R. Cube law, condition factor and weight–length relationships: history, meta-analysis and recommendations. Journal of Applied Ichthyology, v. 22, p. 241- 253, 2006.

FROESE, R; TSIKLIRAS, A. C; STERGIOU, K. I. Editorial note on weight-length relations of fishes. Acta Ichthyologica et Piscatoria, v. 41, n. 4, p. 261–263, 2011.

GOMIERO, L.M; BRAGA, F.M.S. Relação peso-comprimento e fator de condição de Brycon opalinus (Pisces, Characiformes) no Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Santa Virgínia, Mata Atlântica, Estado de São Paulo, Brasil. Acta Scientiarum Biological Sciences. v.28, n. 2, p. 135-141, 2006.

GOMIERO, L. M; VILLARES, G. A; NAOUS, F. Relação peso-comprimento e fator de condição de Cichla kelberi (Perciformes, Cichlidae) introduzidos em um lago artificial no sudeste Brasileiro. Acta Scientiarum - Biological Sciences, v. 30, n. 2, p. 173–178, 2008.

GOMIERO, L. M; VILLARES-JUNIOR, G. A; BRAGA S. F. M. Relação peso-comprimento e fator de condição de Oligosarcus hepsetus (Cuvier, 1829) no Parque Estadual da Serra do Mar - Núcleo Santa Virgínia, Mata Atlântica, estado de São Paulo, Brasil. Biota Neotropica, v. 10, n. 1, p. 101–105, 2010.

HALLWASS, G, SILVANO, R.A.M. Patterns of selectiveness in the Amazonian freshwater fisheries : implications for management Patterns of selectiveness in the Amazonian freshwater fisheries : implications for management. Journal of Environmental Planning and Management, v. 59, n. 9, p. 1537-1559, 2015.

ISAAC, V. J.; ALMEIDA, M. C.; GIARRIZZO, T. 2015. Food consumption as an indicator of the conservation of natural resources in riverine communities of the Brazilian Amazon. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 87, p. 2229–2242.

JUNK, W. J; BAYLEY, P. B; SPARKS, R. E. The flood pulse concept in river-floodplain systems. Proceedings of the International Large River, 1989. p. 110–127.

JUNK, W. J; WANTZEN, K. M. The flood pulse concept: new aspects, approaches and applications - an update. Proceedings of the Second International Symposium on the Management of Large Rivers for Fisheries, 2004.

JUNK, W. J; PIEDADE, M. T. F; LOURIVAL, R; WITTMANN, F; KANDUS, P; LACERDA, L. D; BOZELLI, R. L; ESTEVES, F. A; NUNES DA CUNHA, C; MALTCHIK, L. SCHÖNGART, J; SCHAEFFER-NOVELLI, Y.AGOSTINHO, A. A. Brazilian wetlands: Their definition, delineation, and classification for research, sustainable management, and protection. Aquatic Conservation: Marine and Freshwater Ecosystems, v. 24, n. 1, p. 5–22, 2013.

JUNK, W. J; PIEDADE, M. T. F; WITTMANN, F; SCHÖNGART, J. Manejo e uso múltiplo da várzea: Uma síntese. In: JUNK, W. J; PIEDADE, M. T. F; WITTMANN, F; SCHÖNGART, J (ed). Várzeas Amazônicas: Desafios para um Manejo Sustentável. Manaus, Editora do INPA, 2020, p. 242- 263.

LE CREN, E. D. The length-weigth relationship and seasonal cycle in gonad weigth and condition in perch (Percafluviatilis). Journal of Animal Ecology, v. 2, n. 2, p. 201- 219., 1951.

LIMA, E. M. M.; SANTOS, P. R. B.; BRAGA, T. M. P.; MCGRATH, D. G. A pesca de acari (Pterygoplichthys pardalis) na várzea do Baixo Amazonas, Pará, Brasil: Aspectos estruturais e socioeconômicos. Gaia Scientia, v. 13, n. 4, p. 70-85, 2019.

LIMA, J. S., MARINHO, J. DA C., LIMA, E. M. M., ATAYDE, H. M., FERNANDES, G. DO S. T; BRAGA, T. M. P. Critérios envolvidos na aceitação do peixe acari (Pterygoplichthys pardalis) consumido no município de Santarém, Pará, Brasil. Conjecturas, v. 22, n. 5, p. 131–145, 2022.

MCGRATH, D. G.; ARANTES, C; GAMA, A. S. P; CASTELLO, L; ALMEIDA, O. T;MIORANDO, P. S; PEZUTTI, J. Manejo comunitário da pesca no Baixo Amazonas, Estado do Pará. In: JUNK, W. J; PIEDADE, M. T. F; WITTMANN, F; SCHÖNGART, J (ed). Várzeas Amazônicas: Desafios para um Manejo Sustentável. Manaus, Editora do INPA, 2020. p. 226-241.

NEVES, A. M; RUFFINO, M. L. Aspectos reprodutivos do acarí-bodó Liposarcus pardalis (Pisces, Siluriformes, Loricariidae) (Castelnau, 1855) do Médio Amazonas. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi, série. Zoologia, v. 14, n. 1, p. 77–94, 1998.

NEVES, S. R; FERREIRA, E. J. G., AMADIO, S. Effect of seasonality and trophic group on energy acquisition in Amazonian fish. Ecology Freshwater Fish, v. 17, p. 340–348, 2008.

PEREIRA, M. E. G; SILVA, B. B; ROCHA, R. M; ASP-NETO, N. E; SILVA, C. S; NUNES, Z. M. P. Bioecologia do robalo-flexa, Centropomus undecimalis, em lagoa costeira tropical no norte do Brasil. Boletim do Instituto de Pesca, v. 41, n. 3, p. 457–469, 2015.

PETRY, A. C; AGOSTINHO, A. A; GOMES, L. C. Fish assemblages of tropical floodplain lagoons: exploring the role of connectivity in a dry year. Neotropica Ichthyology, v. 1, p. 111– 119, 2003.

SANTOS, G. M; FERREIRA, E. J. G; ZUANON, J. A. S. Peixes Comerciais de Manaus. Manaus: Ibama/AM, ProVárzea, 2006, 141p.

TOMÉ-SOUZA, M. J. F; RASEIRA, M. B; FUFFINO, M. L; SILVA, C. O; BATISTA, V. S; BARTHEM, R. B; AMARAL. E; S. Estatística Pesqueira do Amazonas e Pará - 2004. Ibama/ProVárzea-Manaus, 2007.

TRIBUZY-NETO, IVAN ; CONCEIÇÃO, KATRINE G; SIQUEIRA-SOUZA, F. K; FREITAS, C. E. C. Length-weight relationship of eleven fish species of the amazonian floodplain lakes relación longitud-peso en once especies de peces de los lagos. Revista Colombiana de Ciencia Animal, v. 7, n. 1, p. 77–79, 2015.

VAZZOLER, A. D. M. Biologia da reprodução de peixes teleósteos: teoria e prática. Maringá, 1996. 169p.

VENEZA, I. B; FREITAS, E. A; CAMPOS, M. S; SOUZA, L. P. M; FERREIRA, C. S. M; RADAEL, M. C; BENTES, D.M. C; SILVA, J. V. Guia de peixes comercializados em Monte Alegre. 1. ed. Ponta Grossa: Atena Editora, 2023. E-book. Disponível em: https://atenaeditora.com.br/catalogo/ebook/guia-de-peixes-comercializados-em-monte-alegre. Acesso em: 20/09/2023

YAMAMOTO, K. C; SOARES, M. G. M; FREITAS, C. E. C. Alimentac¸ão de Triportheus angulatus (Spix & Agassiz, 1829) no lago Camaleão, Manaus, AM, Brasil. Acta Amazonica, v. 34, p. 653– 659., 2004.

Published

2023-12-07

How to Cite

Lima, E. M. M., Santos, P. R. B., Rocha, R. L. Q., & Braga, T. M. P. (2023). Relação peso-comprimento e fator de condição de acari (Pterygoplichthys pardalis) na várzea do baixo Amazonas, Pará, Brasil. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 24135–24150. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-038

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)