Ocorrência de Malária e a relação com os aspectos meteorológicos no período de 2010 a 2015 no Arquipélago de Marajó, Pará, Brasil

Authors

  • João Raimundo Alves Marques
  • Altem Nascimento Pontes
  • Ana Lúcia Nunes Gutjahr
  • Veracilda Ribeiro Alves
  • Wilson Figueiredo de Lima
  • Andreza Mesquita Martins

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n10-106

Keywords:

Plasmodium, fatores climatológicos, saúde pública

Abstract

A malária apresenta uma concentração de 99% dos casos notificados na Amazônia brasileira. Este artigo visa identificar por meio dos dados do Índice de Parasitário Anual (IPA) nos municípios de Anajás e Breves do Estado do Pará, a faixa etária de maior prevalência e as espécies de Plasmodium causadores de malária, no período de 2010 a 2015. Este estudo é quantitativo de pesquisa epidemiológica descritiva. Os dados coletados foram no Sistema de Informações de Vigilância Epidemiológica (SIVEP-Malária) a partir dos relatórios mensais da proporção de lâminas positivas por sexo e faixa etária. Os dados obtidos foram tratados descritivamente e analisados estatisticamente através do teste Qui-Quadrado, correlação de Pearson e valores percentuais, utilizado os softwares Bioestat 5.0 e Excel versão 2016.  Os resultados apontaram 83.856 notificações de casos positivos de malária nos municípios do estudo. Dentre as espécies parasitárias causadoras de doença, destaca-se a espécie do parasita P. vivax com 55% (n= 51.712) em Anajás e 98,15% (n= 15.129) em Breves. As faixas etárias de maior prevalência de casos foram de 1 a 4 anos, com 20,54% (n= 14.414), em Anajás é de 20 a 29 anos, com 18,58% (n=2.888), em Breves. Embora, as precárias condições de vida e saúde contribuam para alta incidência da doença. Desta forma, há a necessidade de implantações contínuas de políticas de controle e prevenção da doença nesta região do Marajó, a fim de se alcançar uma maior redução da malária.

References

ARRUDA, E. F.; ARAÚJO, F. M.; GUIMARÃES, M.G.S; NOGUEIRA, R.; RAMALHO, A.A.; SILVA-NUNES, M. Associação entre malária e anemia em área urbana de transmissão do Plasmodium: Mâncio Lima, Acre, Brasil. Cad Saúde Pública, v.32, n.9, 2016. DOI:10.1590/0102-311X00115514

BRAGA, E. M.; FONTES, C. J. F. Plasmodium – Malária. In: Neves DP. Parasitologia Humana. 11.ed. São Paulo: Atheneu; 2005. p. 143-161.

BRASIL (2007). Presidência da República Casa Civil. Plano de Desenvolvimento Territorial Sustentável do Arquipélago Marajó. Grupo Executivo do Estado do Pará Decreto de 30 de julho de 2007. Disponível em: <https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/plano_desenv_arquipelago_marajo.pdf> Acesso em 25 de set. 2023.

BRAZ, R.; DUARTE, E. C.; TAUIL, P. L. Caracterização das epidemias de malária nos municípios da Amazônia Brasileira em 2010. Cad Saúde Pública, v.29, n.5, p.935-944, 2013. DOI: 10.1590/S0102-311X2013000500011

CONFALONIERI, U. E. C. Saúde na Amazônia: um modelo conceitual para a análise de paisagens e doenças. Est avançados, v.19, n.53, p.221-236, 2005. DOI: 10.1590/S0103-40142005000100014

COSTA, A. S. L.; SANTOS, V. C.; AMORIM, P. C. V.; SANTOS, J. E.; PINTO, A. Y. N. Infecção tripla por Trypanosoma cruzi, Plasmodium vivax e P. falciparum: relato de caso. J Bras Patol Med Lab, v.48, n.6, p.421-425, 2012. DOI: 10.1590/S1676-24442012000600006

HAYES, J.; CHARLWOOD, J. D. Dinâmica estacional de uma população de Anopheles darlingi, numa área endêmica de malária no Amazonas. Act Amaz, v.9, n.1, p.79-86, 1979. DOI: 10.1590/1809-43921979091079

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Cidades. Informações completas. Breves e Anajás, 2023. Disponível em: <https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/breves/panorama> Acesso em 25 de set. 2023.

KAMALANGA, H. C.; CHAVES, J. J. C.; PALANCA, A. L. A.; PINTO, A. F.; CHIPULI, A. C.

Comportamento da malária em pacientes que apareceram no Hospital Regional da Cela 2022. RECIMA21 - Revista Científica Multidisciplinar, v.3, n.10, p. 1-14, 2022. DOI: 10.47820/recima21.v3i10.2085

LAPOUBLE, O. M. M.; SANTELLI, A. C. F.; MUNIZ-JUNQUEIRA, M. I. Situação epidemiológica da malária na região amazônica brasileira, 2003 a 2012. Rev Panam Salud Publica, v.38, n.4, p.300-306, 2015.

LIMA, A. E. O.; PEREIRA JÚNIOR, A. C.; CAMBRAIA, R. P. Caracterização epidemiológica do surto de malária na região do garimpo Areinha, Alto Vale do Jequitinhonha, Minas Gerais, Brasil. Research, Society and Development, v.11, n.12, e119111234236, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i12.34236

MACIEL, G. B. M. L.; OLIVEIRA, E. C. Perfil entomológico e epidemiológico da malária em região garimpeira no norte do Mato Grosso, 2011. Epidemiol Serv Saúde, v.23, n.2, p.355-360, 2014. DOI:10.5123/S1679-49742014000200017

MARTINS, N. D. Estudo epidemiológico de casos de malária em gestantes no Estado do Amapá entre 2003 e 2012. Bio Amazônia, v.4, n.1, p.22-29, 2014. DOI:10.18561/2179-5746/biotaamazonia

MIOTO, L. D.; GALHARDI, L. C. F.; AMARANTE, M. K. Aspectos parasitológicos e imunológicos da malária. Biosaúde, v.14, n.1, p.42-55, 2012.

MONTEIRO, M. R. C. C.; RIBEIRO, M. C.; FERNANDES, S. C. Aspectos clínicos e epidemiológicos da malária em um hospital universitário de Belém, Estado do Pará, Brasil. Rev Pan-Amaz Saúde, v.4, n.2, p.33-43, 2013. DOI:10.5123/S2176-62232013000200005

MOURÃO, F. R.; CUNHA, A. C.; SILVA, R. A.; SOUZA, E. B. A vigilância da malária na Amazônia Brasileira. Bio Amazônia, v.4, n.2, p.161-168, 2014. DOI:10.18561/2179-5746/biotaamazonia

OLIVEIRA-FILHO, A. B.; MARTINELLI, J. M. Casos notificados de malária no Estado do Pará, Amazônia Brasileira, de 1998 a 2006. Epidemiol Serv Saúde, v.18, n.3, p.277-284, 2009.

PARENTE, A. T.; SOUZA, E. B.; RIBEIRO, J. B. M. A ocorrência de malária em quatro municípios do estado do Pará, de 1988 a 2005, e sua relação com o desmatamento. Act Amaz, v.42, n.1, p.41-48, 2012. DOI: 10.1590/S0044-59672012000100005

PARISE, E. V.; ARAÚJO, G. C.; CASTRO, J. G. D. Situação epidemiológica da malária no Estado do Tocantins, Brasil, a partir da emancipação política e administrativa, 1989 a 2009. Epidemiol Serv Saúde, v.21, n.1, p.129-140, 2012. DOI:10.5123/S1679-49742012000100013

SANTOS, R. L. C.; SUCUPIRA, I. M. C.; LACERDA, R. N. L.; FAYAL, A. S.; PÓVOA, M. M. Inquérito entomológico e infectividade durante epidemia de malária no município de Anajás, Estado do Pará. Rev Soc Bras Med Trop, v.38, n.2, p. 202-204, 2005. DOI: 10.1590/S0037-86822005000200018

SIQUEIRA-BATISTA, R.; GOMES, A. P.; MENDONÇA, E. G.; VITORINO, R. R.; AZEVEDO, S. F. M.; FREITAS, R. B.; SANTANA, L. A.; OLIVEIRA, M. G. A. Malária por Plasmodium falciparum: estudos Proteômicos. Rev Bras Ter Intensiva, v.24, n.4, p.394-400, 2012. DOI: 10.1590/S0103-507X2012000400017

SOUSA, J. R.; SANTOS, A. C. F.; ALMEIDA, W. S.; ALBARADO, K. V. P.; MAGNO, L. D.; ROCHA, J. A. M.; PIMENTEL, Z. N. S. Situação da malária na Região do Baixo Amazonas, Estado do Pará, Brasil, de 2009 a 2013: um enfoque epidemiológico. Rev Pan-Amaz Saude, v.6, n.4, p.39-47, 2015. DOI:10.5123/S2176-62232015000400006

STEFANI, A.; DUSFOUR, I.; CORRÊA, A. P. S. A.; CRUZ, M. C. B.; DESSAY, N.; GALARDO, A. K. R.; GALARDO, C. D.; GIROD, R.; GOMES, M. S. M; GURGEL, H.; LIMA, A. C. F. MORENO, E. S. MUSSET, L.; NACHER, M.; SOARES, A. C. S.; CARME, B.; ROUX, E. Land cover, land use and malaria in the Amazon: a systematic literature review of studies using remotely sensed data. Malaria jornal, v.192, n.12, 2013. DOI:10.1186/1475-2875-12-192.

TADEI, W. P.; RODRIGUES, I. B.; RAFAEL, M. S.; SAMPAIO, R. T. M.; MESQUITA, H. G.; PINHEIRO, V. C. S.; ZEQUI, J. A. C.; ROQUE, R. A.; SANTOS, J. M. M. Adaptative processes, control measures, genetic background, and resilience of malaria vectors and environmental changes in the Amazon region. Hydrobiol. 2016. DOI: 10.1007/s10750-016-2960-y

WOLFARTH, B. R.; FILIZOLA, N.; TADEI, W.; DURIEUX, L. Análise epidemiológica da malária e as relações com variáveis ambientais em quatro municípios do Amazonas, Brasil. 2013. Disponível em: http://www.selperbrasil.org.br/selper2012/PDF/FP_SELPER-091.pdf. Acesso em 27 de novembro de 2019.

Published

2023-10-16

How to Cite

Marques, J. R. A., Pontes, A. N., Gutjahr, A. L. N., Alves, V. R., de Lima, W. F., & Martins, A. M. (2023). Ocorrência de Malária e a relação com os aspectos meteorológicos no período de 2010 a 2015 no Arquipélago de Marajó, Pará, Brasil. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(10), 16452–16471. https://doi.org/10.55905/oelv21n10-106

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)