Perdas de grãos na colheita mecanizada de soja na região central do Rio Grande do Sul – um estudo de caso

Authors

  • Daniel Ciro de Souza
  • Marcelo Silveira de Farias
  • Alexandre Russini
  • José Fernando Schlosser
  • Catize Brandelero
  • Henrique Eguilhor Rodrigues
  • Daniela Herzog
  • Rogério Rodrigues de Vargas

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n12-056

Keywords:

colhedora de grãos, sistema de trilha, plataforma de corte, velocidade de deslocamento, Glycine max

Abstract

Este trabalho teve como objetivo, a partir de um estudo de caso, determinar as perdas de grãos na colheita mecanizada de soja em colhedoras equipadas com diferentes tipos de plataforma de corte, sistemas de trilha e velocidade de deslocamento. A pesquisa foi conduzida em propriedades rurais localizadas na região Central do Rio Grande do Sul e organizada em dois experimentos dispostos em delineamento blocos ao acaso em arranjo fatorial. Os experimentos um e dois abrangeram como fatores principais a plataforma de corte (draper e helicoidal) e os sistemas de trilha (híbrida e axial), respectivamente, ambos relacionados ao fator velocidade de deslocamento (3,0, 4,0, 5,0, 6,0 e 7,0 km h-1), tendo-se como variáveis analisadas as perdas de plataforma de corte (PPC), perdas nos mecanismos internos (PMI) e perdas totais (PPT). Os valores médios referentes às PPC não diferiram estatisticamente, correspondendo a 60,31 kg ha-1 e 60,94 kg ha-1, respectivamente, para as plataformas helicoidal e draper. No entanto, os maiores valores de PPC foram observados na velocidade de 7,0 km h-1 diferindo estatisticamente para ambos os tipos plataforma. Outrossim, tanto os valores de perdas dos mecanismos internos (PMI), quanto das perdas totais (PPT) aumentaram com o incremento da velocidade, sendo os maiores e menores valores de PMI e PTT, respectivamente, constatados na colhedora equipada com sistema trilha axial, nas condições em que o estudo foi realizado.

References

AGUILA, L. S. H.; AGUILA J. S.; THEISEN, G. Perdas na colheita na cultura da soja. Comunicado técnico 271. Pelotas/RS: Embrapa, 2011. Disponível em: https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/79567/1/comunicado-271.pdf. Acesso em: 15 mar. 2022.

ARAÚJO, M. F. S.; ANTUNES, R. O. Colheita da soja: análise plataformas draper x caracol. Unifucamp, 2018. Disponível em: http://repositorio.fucamp.com.br/jspui/handle/FUCAMP/320. Acesso em: 20 jun. 2023.

CAMPOS, M. A. O.; SILVA, R. P.; CARVALHO FILHO, A.; MESQUITA, H. C. B.; ZABANI, S. Perdas na colheita de mecanizada de soja no estado de Minas Gerais. Engenharia Agrícola, v. 25, 2005.

CAMOLESE, H. S.; BAIO, F. H. R.; ALVES, C. Z. Perdas quantitativas e qualitativas de colhedoras com trilha radial e axial em função da umidade do grão. Brazilian Journal of Biosystems Engineering, v.9, p.21-29, 2015.

CASSIA, M. C.; VOLTARELLI, M. A.; SILVA, R. P.; ZERBATO, C.; LIMA P. H. Monitoramento da operação de colheita mecanizada de sementes de soja. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.19, n.12, 2015.

FERREIRA, D. F. Sisvar: A computer analysis system to fixed effects split plot type designs. Revista Brasileira de Biometria, v.37, n.4, p.529-535, 2019.

GURGACZ, F.; RENOSTO, L. D.; BETTIO, C. S.; FEY, E. Avaliação de perdas e quebra e grãos em função da velocidade de colheita mecânica da cultura da soja. Revis-ta Técnico-Científica do CREA-PR, Ed. Especial, 2019. p.1-12. Disponível em: http://creaprw16.crea-pr.org.br/revista/Sistema/index.php/revista/article/view/539/325. Acesso em: 09 mar. 2022.

HIRAKURI, M. H.; PRANDO, A. M.; OLIVEIRA, A. B.; CONCENÇO, G. Análise de viabilidade econômico-financeira da rotação arroz-soja, com o sistema sulco-camalhão, em terras baixas do Rio Grande do Sul. Circular Técnica 171 – Embrapa, Londrina, 2021.

HOLTZ, V.; ALENCAR, R. G.; MASSOLA, M. P.; JARDIM, C. C. S. Perdas de grãos na colheita mecanizada da soja utilizando plataforma convencional e draper. Revista Ciências Agro-Ambiental, v.18, n.2, 2020.

IRGA. IRGA lança estimativa da safra de arroz 2022/2023. Governo do Estado do Rio Grande do Sul, 2023. Disponível em: https://irga.rs.gov.br/estimativas-safra-2022-2023. Acesso em: 19 jun. 2023.

MESQUITA, C. M.; COSTA, N. P. Perdas durante a colheita da soja Descarregamento de grãos em colheita de soja; Visão Agrícola, n.5, p.124-126, 2006.

MESQUITA, C. M.; COSTA, N. P.; MANTOVANI, E. C.; ANDRADE, J. C. M. A.; FRANÇA-NETO, J. B.; SILVA, J. G.; GUIMARÃES SOBRINHO, J. B. Manual do produtor: Como evitar desperdícios nas colheitas de soja, do milho e do arroz. Embrapa, Londrina, PR, 1998. 32p.

MOTA, L. P.; SPAGNOLO, R. T. Comparativo entre colhedoras de grãos equipadas com sistema de trilha tangencial, axial e híbrido. Anais [XXVIII CONGRESSO E INICIAÇÃO CIENTÍFICA]. Pelotas: UFPEL, n.1, p.1-4, 2019.

PEREIRA FILHO, W. J.; COMPAGNON, A. M.; FRANCO, F. J. B.; NAVES, R. F.; LEMES, L. M.; JESUS, M. V. Perdas em colheita mecanizada de soja. Revista Brasileira Multidisciplinar, v. 24, n. 3, p. 78-86, 2021. DOI: https://doi.org/10.25061/2527-2675/ReBraM/2021.v24i3.940

POTT, L. P.; ALONÇO, A. S.; RODRIGUES, H. E.; POSSEBON, G.; MENDONÇA, M. T.; BOCK, R.; CRUZ, W. A. S.; DUBAL, I. T. P.; FRANCETTO, T. R. Quais os sistemas e tecnologias presentes nas colhedoras de grãos. Revista Cultivar Máquinas, v.203, 2020.

PINHEIRO, P. P. Opções para colher bem. Revista Cultivar Máquinas, v. 141, 2014.

RUSSINI, A.; VARGAS, R. R.; SCHMIDT, W.; SCHLOSSER, J. F.; FARIAS, M. S.; HERZOG, D. Perdas na plataforma de corte na colheita de arroz irrigado. Tecno-Lógica, v.25, n.2, p.289-293, 2021. DOI: https://doi.org/10.17058/tecnolog.v25i2.16129

SANTOS, C. G.; A. DALLMEYER. Colhedoras: diferentes sistemas de trilha e separação. Revista A Granja, ed. 793, 2014. Disponível em: https://edcentaurus.com.br/agranja/edicao/792/materia/6527. Acesso em: 20 fev. 2023.

SILVA, R. P. Material elaborado para as disciplinas Máquinas Agrícolas (Agronomia) e Máquinas e Mecanização Agrícola (Zootecnia) da FCAV/UNESP. Jaboticabal: Universidade Estadual Paulista, 2015. 33p.

SILVA, J. G. Colhedora automotriz. Embrapa Arroz e Feijão, 2021. Disponível em: https://www.embrapa.br/agencia-de-informacao-tecnologica/cultivos/feijao/producao/colheita/sistema-de-colheita/colhedora-automotriz. Acesso em: 09 fev. de 2023.

SILVEIRA, J. M.; CONTE, C. Determinação de perdas na colheita de soja: copo medidor da Embrapa. Londrina, PR: Embrapa Soja, 2013. 29p.

SILVEIRA, J. M.; CONTE, O.; MESQUITA, C. M. Determinação de perdas na colheita de soja: copo medidor da Embrapa. Embrapa Soja. Londrina/PR: Embrapa, 2017.

SILVEIRA, J. M.; CONTE, O.; MESQUITA, C. M. Manejo integrado da colheita: determinação das perdas de grãos na colheita de soja usando o copo medidor da Embrapa. Comunicado técnico: 102, Londrina/PR: Embrapa, 2021. 37p.

SOUZA, D. C.; RUSSINI, A.; VARGAS, R. R.; BOTTEGA, E. L.; SCHLOSSER, J. F.; FARIAS, M. S. Determinação de área mínima para aquisição de colhedora para a colheita do arroz irrigado na fronteira oeste do Rio Grande do Sul. Tecno-Lógica, v.24, n.2, p.208-2014, 2020.

VIEIRA, S. Análise de Variância: ANOVA. São Paulo: Ed. Atlas, 2006. 204 p.

Published

2023-12-08

How to Cite

de Souza, D. C., de Farias, M. S., Russini, A., Schlosser, J. F., Brandelero, C., Rodrigues, H. E., Herzog, D., & de Vargas, R. R. (2023). Perdas de grãos na colheita mecanizada de soja na região central do Rio Grande do Sul – um estudo de caso. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(12), 24459–24475. https://doi.org/10.55905/oelv21n12-056

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)