Tendência pluviométrica na bacia hidrográfica do Rio Ipojuca - PE, Brasil

Authors

  • Maria Carolina da Silva
  • Raimundo Mainar de Medeiros
  • Romildo Morant de Holanda
  • Manoel Vieira de França

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n10-138

Keywords:

direção do vento, estações automáticas, agricultura, vento

Abstract

Há necessidade de realizar o monitoramento e analisar a distribuição espaço-temporal da série histórica das tendências pluviais através de índices climáticos, visando o acompanhamento das características dos períodos de seca ou chuvosa. Objetiva-se estudar a distribuição espaço temporal histórica e sua tendência futura da precipitação para a área da bacia hidrográfica do rio Ipojuca (BHRI) utilizando da série histórica compreendido entre o período de 1962 a 2015, que compõem a referida área referenciada. Utilizou-se o teste de Mann-Kendall com a finalidade de detectar tendências hidroclimáticas nas séries pluviométricas da bacia hidrográfica do rioIpojuca e assim, gerar informações que podem auxiliar os setores ligados aos recursos hídricos.

References

ALMEIDA, H.A.; PEREIRA, F.C. Captação de água de chuva: uma alternativa para escassez de água. In: Congresso Brasileiro de Agrometeorologia, 15, Aracaju, SE, 2007, Anais..., Aracaju: CD-ROM.

ALVARES, C.A.; STAPE, J.L.; SENTELHAS, P.C.; GONÇALVES, J.L.M.; SPAROVEK, G. Keöppen's climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift,v.22, p.711–728. 2014. Disponível em:< https://doi.org/10.1127/0941-2948/2013/0507>. Acessado em 20 abr. 2023.

ARAUJO, L.E.; MORAES NETO, J.M.; SOUSA, F.A.S. Análise Climática da Bacia do rio Paraíba – índice de Anomalia de Chuva (IAC). Revista de Engenharia Ambiental, v.6, n.3, p. 508-523. 2013. Disponível em:< http://ferramentas.unipinhal.edu.br/engenhariaambiental/viewarticle.php?id=344&locale=en>. Acessado em 20 abr. 2023.

ASSIS, J.M.O.; SOUZA, W.M.; SOBRAL, M.C.M. Climate analysis of the rainfall in the lower-middle stretch of the São Francisco river basin based on the rain anomaly index. Revista Brasileira de Ciências Ambientais, v. 2, p. 188- 202. 2015. Disponível em: < https://doi.org/10.5327/Z2176-947820151012>. Acessado em 20 abr. 2023.

ÁVILA, P.L.R.; SOUZA, E.B.; PINHEIRO, A.N.; FIGUEIRA, W.S. 2014. Análise da precipitação sazonal simulada utilizando o regcm4 sobre o estado do Pará em anos de extremos climáticos. Revista Brasileira de Climatologia, v.14, p.50–75. Disponível em: < https://doi.org/10.5380/abclima.v14i1.36127>. Acessado em 18 abr. 2023.

BACK, A.J. 2001. Aplicação de análise estatística para identificação de tendências climáticas. Revista Pesquisa Agropecuária Brasileira. V.36, p.717-726. Disponível em:< https://doi.org/10.1590/S0100-204X2001000500001>. Acessado em 18 abr. 2023.

DAYAN, U.; NISSEN, K.M.; ULBRICH, U. 2015. Atmospheric conditions inducing extreme precipitation over the Eastern and Western Mediterranean. Natural Hazards and Earth System Sciences Discussions 3, 3687-3732. Disponível em:< https://doi.org/10.5194/nhess-15-2525-2015>. Acessado em 18 abr. 2023.

ELI, K.; PITZ, J.W.; NEVES, L.O.; HAVEROTH, R.; OLIVEIRA, E.C. 2013. Análise da distribuição da frequência de precipitação em diferentes intervalos de classes para Rio do Sul/SC. Enciclopédia Biosfera, 9, 106–113. Disponível em:< https://www.conhecer.org.br/enciclop/2013a/agrarias/analise%20da%20distribuicao%20da%20frequencia.pdf>. Acessado em 18 abr. 2023.

HAYLOCK, M., PETERSON, T., ALVES, L., AMBRIZZI, T., ANUNCIAÇÃO, M., BAEZ, J., BARROS, V., BERLATO, M., BIDEGAIN, M., CORONEL, G., CORRADI, V., GARCIA, V., GRIMM, A., KAROLY, D., MARENGO J. A., MARINO, M.,MONCUNILL, D., NECHET, D., QUINTANA, J., REBELLO, E., RUSTICUCCI, M., SANTOS, J., TREBEJO, I., VINCENT, L..Trends in Total and Extreme South American Rainfall in 1960–2000 and Links with Sea Surface Temperature, Journal of Climate. V.19, n.8, p. 1490-1512, 2006.Disponível em:< https://doi.org/10.1175/JCLI3695.1>. Acessado em 20 abr. 2023. HOLANDA, R.M.; MEDEIROS, R.M.; SILVA, V.P.R. Recife-PE, Brasil e suas flutuabilidades da precipitação decadal. Natureza, Sociobiodiversidade e Sustentabilidade, 26 a 29 de outubro, 2016. Universidade Nacional, Sede Chorotega Nicoya, Costa Rica. P.230-245. 2016.

KÖPPEN, W.; GEIGER, R. “Klimate der Erde. Gotha: Verlag Justus Perthes”. Wall-map 150cmx200cm. 1928.

MARCUZZO, F.F.N.; GOULARTE, E.R.P.; MELO, D.C.R. Mapeamento Espacial, Temporal e Sazonal das Chuvas no Bioma Amazônico do Estado do Tocantins. Anais. In: X Simpósio de Recursos Hídricos do Nordeste, 10. 2012.

MARENGO, J.A.; RUSTICUCCI, M.; PENALBA, O.; RENOM, M. An intercomparison of observed and simulated extreme rainfall and temperature events during the last half of the twentieth century: part 2: historical trends. Climatic Change, v. 98, n. 3-4, p. 509-529. 2010. Disponível em:< http://dx.doi.org/10.1007/s10584-009-9743-7>. Acessado em 18 abr. 2023.

MEDEIROS, R.M.; MATOS, R.M.; SABOYA, L.M.F. Diagnósticos das flutuações pluviométricas no estado da Paraíba. Revista brasileira de geografia física. v.8, n.4, p.1017-1027, 2015. Disponível em:< https://doi.org/10.5935/1984-2295.20150050>. Acessado em 02 mar. 2023.

MEDEIROS, R.M. fatores meteorológicos atuantes no Estado de Pernambuco. 2016.

MEDEIROS, R.M.; HOLANDA, R.M.; VIANA, M.A.; SILVA, V.P. Climate classification in Köppen model for the state of Pernambuco - Brazil. Revista de Geografia (Recife). v.35, p.219 - 234, 2018. Disponível em:< https://pdfs.semanticscholar.org/5508/bb0703391099508f73dced1822907165d807.pdf>. Acessado em 02 mar. 2023.

NAGHETTINI, M.; PINTO, E.J.A. Hidrologia Estatística. CPRM, 552p. 2007.

NORONHA, G.C.D.; HORA, M.D.A.G.M.; SILVA, L.P.D. Rain Anomaly Index Analysis for the Santa Maria/Cambiocó Catchment, Rio de Janeiro State, Brazil. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 31, n. 1, p. 74-81. 2016. Disponível em:< https://doi.org/10.1590/0102-778620140160>. Acessado em 02 mar. 2023.

NUNES, L.H. Compreensões e ações frente aos padrões espaciais e temporais de riscos e desastres. Territorium, n. 16, p. 179-189, 2016. Disponível em:< https://doi.org/10.14195/1647-7723_16_18>. Acessado em 02 mar. 2023.

SANTOS, C.A.C.; BRITO, J.I.B. Análise dos índices de extremos para o semiárido do Brasil e suas relações com TSM e IVDN. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 22, n. 3, p. 303-312, 2007. Disponível em:< https://doi.org/10.1590/S0102-77862007000300003 >. Acessado em 03 mar. 2023.

SILVA, R.O.B. 2013. Tendências de mudanças climáticas na precipitação pluviométrica no estado de Pernambuco. Dissertação (Mestrado) Pernambuco. Universidade Federal de Pernambuco.Disponível em:< https://repositorio.ufpe.br/handle/123456789/12350>. Acessado em 03 mar. 2023.

SILVEIRA, C.S.; SOUZA FILHO, F.A.; MARTINS, E.S.P.R.; OLIVEIRA, J.L; COSTA, A.C.; NOBREGA, M.T.; SOUZA, S.A.; SILVA, R.F.V. 2016. Mudanças climáticas na bacia do rio São Francisco: Uma análise para precipitação e temperatura. Revista Brasileira de Recursos Hídricos, 21, 416–428. Disponível em:< https://doi.org/10.21168/rbrh.v21n2.p416-428>. Acessado em 02 mar. 2023.

SUDENE. Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste - Dados pluviométricos mensais do nordeste – Série pluviometria 5. Estado do Piauí. Recife, 239p. 1990.

TAMMETS, T; JAAGUS, J. Climatology of precipitation extremes in Estonia using the method of moving precipitation totals. Theoretical and Applied Climatology v.111, n.3-4, p.623-639. 2013. Disponível em:< https://doi.org/10.1007/s00704-012-0691-1>. Acessado em 02 mar. 2023.

TAVARES, C.T. Mudanças climáticas. In: VITTE, A.C.; GUERRA, A.J.T. (Orgs.). Reflexões sobre geografia física no Brasil. 7ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2014.

VIANA, P.C. Estimativa e espacialização das temperaturas do ar mínimas, médias e máximas com base em um modelo digital de elevação para o Estado do Ceará. Trabalho de Conclusão de Curso – Curso de Graduação em Tecnologia em Irrigação e Drenagem, Instituto Federal de Educação e Ciência Tecnologia, Campus Iguatu - CE, 2010.

Published

2023-10-19

How to Cite

da Silva, M. C., de Medeiros, R. M., de Holanda, R. M., & de França, M. V. (2023). Tendência pluviométrica na bacia hidrográfica do Rio Ipojuca - PE, Brasil. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(10), 17065–17086. https://doi.org/10.55905/oelv21n10-138

Issue

Section

Articles

Similar Articles

You may also start an advanced similarity search for this article.

Most read articles by the same author(s)