Desafios da democracia brasileira: diálogos com Jürgen Habermas e Chantal Mouffe

Authors

  • Aloirmar José da Silva
  • Edna Gusmão de Góes Brennand

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n10-001

Keywords:

democracia, Habermas, Chantal Mouffe

Abstract

As constantes incursões de determinados setores e grupos da população, reclamando o retorno da Ditadura Militar e a ressurreição de um pensamento fundamentalista como alternativa para a crise da democracia brasileira têm sido objeto de debates no âmbito das ciências humanas e sociais. Ao desenvolvermos a Tese “Educação e Violência: constelações teóricas do Educar para não-violência”, o conceito de democracia emergiu dos dados e, ancorando-o nos estudos de Habermas e Chantal Mouffe, buscamos colaborar com as reflexões e debates acerca do entendimento democrático contemporâneo e, a partir dos modelos sustentados por eles, garimpar contribuições que possibilitem as reestruturações analíticas, nos campos teórico e empírico, que a conjuntura da democracia brasileira vem exigindo. Para a consecução desse objetivo, este trabalho retoma em linhas gerais o escopo da Ditadura Militar brasileira e do processo de (re)democratização, tendo em vista as rupturas e continuidades que, atravessando o tempo e a história, acenam na atualidade. Apresenta os traços principais do modelo de democracia procedimental cunhado por Habermas e do modelo agonístico de democracia sustentado por Mouffe. E, por fim, evidencia as contribuições que esses modelos oferecem, convertendo-se em ferramentas conceituais para pensarmos as nuances da (atual) crise.

 

References

ABRANCHES, Sérgio. Presidencialismo de coalizão: o dilema institucional brasileiro. Dados, v. 31, n.1, 1988.

BANNELL, Ralph Ings. Democracia, Estado e Educação frente ao capital em Dewel e Habermas. In: LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro de (Org). Anais do 10º Colóquio Habermas e 1º Colóquio de Filosofia da Informação. Rio de Janeiro: Salute, 2015.

BERTEN, André. Três ou quatro modelos de Democracia. In: LIMA, Clóvis Ricardo Montenegro de (Org). Anais do 13º Colóquio Habermas e 4º Colóquio de Filosofia da Informação. Rio de Janeiro: Salute, 2017.

BORDIN, João Gabriel Vieira. Contra o consenso: o "político" em Chantal Mouffe e os desafios na construção de uma nova hegemonia democrática radical. Em Tese, Florianópolis, v. 12, n. 1, Jan./Jul. 2015.

BRASIL. Comissão Nacional da Verdade. Relatório da Comissão Nacional da Verdade (Volume I). Brasília: CNV, 2014.

BRENNAND, Edna. Habermas e Educação. Revista Tempo Brasileiro, Rio de Janeiro, n. 181/182, Abr./Set. 2010.

BRENNAND, Edna G. de Góes; BIZERRA, Maria da Conceição. A gestão de democrática como equilíbrio entre a razão e a vontade autônoma. In: BRENNAND, Edna G. de Góes; VIRGÍLIO, Maria Helena da Silva. Gestão aprendizagens e currículo como processo social. João Pessoa: Editora Universitária – UFPB, 2012.

BRUM, Argemiro J. O desenvolvimento econômico brasileiro. Petrópolis: Vozes, 2000.

DE CARVALHO, Augusto. A estrutura ontológica do tempo presente. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 10, n. 24, Abr./Jun. 2018.

DOSSE, François. História do tempo presente e Historiografia. Tempo e Argumento, Florianópolis, v. 4, n. 1, Jan/Jun. 2012.

DUTRA, Delamar J. Volpato. A legalidade como forma do Estado de Direito. Kriterion, Belo Horizonte, n. 109, Jun. 2004.

FARIA, Cláudia Feres. Democracia Deliberativa e (des)igualdade. In: MIGUEL, Luis Felipe. Desigualdades e Democracia: o debate da teoria política. São Paulo: Editora Unesp, 2016. p. 203-222.

FERREIRA, Lúcia de Fátima Guerra. Ditaduras Militares e Transição Democrática na América Latina. In: NADER, Alexandre Antônio Gíli; FERREIRA, Lúcia de Fátima Guerra; FRANÇA, Marlene Helena de Oliveira (Orgs). Diversidade e Cidadania: a educação em direitos humanos na escola. João pessoa: CCTA, 2018.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre facticidade e validade (volume I). 2. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2010.

HABERMAS, Jürgen. Consciência moral e agir comunicativo. 2. ed. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HABERMAS, Jürgen. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Edições Loyola, 2002.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre facticidade e validade (volume II). Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

KALYVAS, Andreas. The democratic narcissus: the agonism of the ancients compared to that of the (post) moderns. In: SCHAAP, Andrew (ed). Law and Agonistic Politics. London, Ashgate, 2009.

KINZO, Maria D’Alva G. A democratização brasileira: um balanço do processo político desde a transição. São Paulo Perspec., São Paulo, v. 15, n.4, Out./Dez. 2001.

MENDONÇA, Daniel de. Teorizando o agonismo: crítica a um modelo incompleto. Sociedade e Estado, Brasília, v. 25, n. 3, Set./Dez. 2010.

MIGUEL, Luis Felipe. Dominação e Resistência: desafios para uma política emancipatória. São Paulo: Boitempo, 2018.

MIGUEL, Luis Felipe. Consenso e Conflito na Democracia Contemporânea. São Paulo: Editora Unesp, 2017.

MIGUEL, Luis Felipe. Democracia e Representação: territórios em disputa. São Paulo: Editora Unesp, 2014.

MOUFFE, Chantal. Sobre o Político. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2015.

MOUFFE, Chantal. Agonística: Pensar el mundo politicamente. Ciudad Autónoma de

Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 2014.

MOUFFE, Chantal. Por um modelo Agonístico de Democracia. Rev. Sociol. Polít., Curitiba, n. 25, nov. 2005.

MOUFFE, Chantal. Democracia, cidadania e a questão do pluralismo. Política e Sociedade, Florianópolis, v. 2, n. 3, 2003.

MOUFFE, Chantal. Pensando a democracia com, e contra, Carl Schmitt. Revue Française de Science Politique, v. 42, n. fev. 1992.

NAPOLITANO, Marcos. 1964: História do Regime Militar Brasileiro. São Paulo: Contexto, 2014.

SANTOS, Wanderley Guilherme do. A democracia impedida: o Brasil no século XXI. Rio de Janeiro: FGV editora, 2017.

SILVA, Felipe Gonçalves. Entre potenciais e bloqueios comunicativos: Habermas e a crítica do Estado democrático de direito. CADERNO CRH, Salvador, v. 24, n. 62, Maio/Ago. 2011.

SILVA, Mayara Goulart da. Entre César e o Demos: Notas agonísticas sobre a democracia na Venezuela. 2014. Tese (Doutorado em Ciência Política) – Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro/RJ, 2013.

TESCARO Junior, João Evanir. A proposta da Democracia Deliberativa de Jürgen Habermas. In: FELDHAUS, Charles; SANTOS, Eder Soares; WEBER, José Fernandes (Orgs). Anais do VII Colóquio Habermas : Habermas e Interlocuções e II Simpósio Nacional de Filosofia : Ética, Filosofia Política e Linguagem. Londrina: UEL, 2011. p.130-143

Published

2023-10-02

How to Cite

da Silva, A. J., & Brennand, E. G. de G. (2023). Desafios da democracia brasileira: diálogos com Jürgen Habermas e Chantal Mouffe. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(10), 14434–14458. https://doi.org/10.55905/oelv21n10-001

Issue

Section

Articles