Sintomas persistentes após infecção por Covid-19 em pessoas idosas: uma análise da vulnerabilidade

Authors

  • Guilherme Malaquias Silva
  • Eloise Panagio Silva
  • Hanna Carolina Aguirre
  • Marcela Fernandes Travagim
  • Lígia Carreira
  • Viviani Camboim Meireles
  • Vanessa Denardi Antoniassi Baldissera

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n11-090

Keywords:

saúde da terceira idade, infecção pelo SARS-CoV-2, atenção primária à saúde, gestão em saúde

Abstract

Objetivo: Analisar os sintomas persistentes nos idosos pós-covid. Método: Tratou-se de um estudo documental, transversal, observacional e quantitativo, a partir das avaliações dos 39 idosos que tiveram COVID-19 em um território da estratégia de saúde da família em município localizado no Norte do Paraná-Brasil. Resultados: Dentre os trinta e sete sintomas observados destacam-se: alterações no olfato, tosse, queda de cabelo, fadiga, perda de memória, depressão e ansiedade, sem associação com idade e sexo, que podem ter relação com a imunossenescência, mas também com a falta de oferta oportuna de cuidados em longo prazo, evidenciando vulnerabilidade programática. Conclusão: Existe a necessidade de acompanhamento a longo prazo pela atenção primária à saúde que pode proporcionar manejo e reabilitação.

References

SILVA, Juliana Guimarães et al. Concepções de adultos e idosos brasileiros sobre a pandemia da Covid-19 e suas interfaces sociais e políticas. Saúde em Debate, v. 46, p. 78-92, 2022. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sdeb/a/WhDM3gBDQGcVrp58BQxvGVP/abstract/?lang=pt.

OLIVEIRA, Ana Maria Carneiro; SOUSA ES, Filho DRR. Alterações físicas, emocionais e psicossociais de idoso na pandemia por coronavírus. Research, Society and Development, v. 10, n. 6, 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15964.

BARBOSA, Isabelle Ribeiro et al. Incidência e mortalidade por COVID-19 na população idosa brasileira e sua relação com indicadores contextuais: um estudo ecológico. Revista Brasileira de Geriatria e Gerontologia, v. 23, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbgg/a/84SR89v94tDTH3tdppdDjtj/?format=pdf&lang=pt.

STRABELLI, Tânia Mara Varejão; UIP, David Everson. COVID-19 e o Coração. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, v. 114, p. 598-600, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/abc/a/NWKkJDxLthWSb53XFV9Nhvn/.

Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS). A Organização Pan-Americana da Saúde alerta sobre efeitos da Covid longa. Pubmed, 2022. Disponível em: https://pebmed.com.br/opas-alerta-sobre-efeitos-da-covid-longa/.

CHUNG et al. Long COVID: Long-Term Effects of COVID-19. Infectious Diseases, 2022. Disponível em: https://www-hopkinsmedicine-org.translate.goog/health/conditions-and-diseases/coronavirus/covid-long-haulers-long-term-effects-of-covid19?_x_tr_sl=auto&_x_tr_tl=en&_x_tr_hl=en.

MIRANDA, Daniel et al. Long COVID-19 syndrome: a 14-months longitudinal study during the two first epidemic peaks in Southeast Brazil, Transactions of The Royal Society of Tropical Medicine and Hygiene, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.1093/trstmh/trac030.

National Center for Immunization and Respiratory Diseases (NCIRD). Long COVID or Post-COVID Conditions, 2022. Disponível em: https://www.cdc.gov/coronavirus/2019-ncov/long-term-effects/index.html.

AZEVEDO, SGV; FLORÊNCIO, RS; CESTARI, VRF; MONTEIRO DA SILVA, MA; PESSOA, VLM de P; MOREIRA, TMM. Vulnerabilidade programática na saúde: Análise do conceito. REME Rev Min Enferm., 2022. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/reme/article/view/39021.

SAES, M de O. Covid longa. VITTALLE, v. 33, n. 3, 2021. Disponível em: https://periodicos.furg.br/vittalle/article/view/13833.

LOPEZ-LEON, S et al. More than 50 Long-term effects of COVID-19: a systematic review and meta-analysis. medRxiv [Preprint], 2021.01.27.21250617. doi: 10.1101/2021.01.27.21250617.

CAMALIONTE, Letícia George; GASCÓN, Maria Rita Polo; OLIVEIRA, Ana Carolina de; CASSEB, Jorge Simão do Rosário. Frequência de sintomas de ansiedade e depressão, qualidade de vida e percepção da doença em portadores de alopecia areata. Rev. SBPH, 2021, v. 24, n. 2, p. 48-61. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-08582021000200005&lng=pt.

PEREIRA, MD et al. The COVID-19 pandemic, social isolation, consequences on mental health and coping strategies: an integrative review. RSD, v. 9, n. 7, 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/4548.

HORN, M et al. Prevalence and Risk Factors of PTSD in Older Survivors of Covid-19: Are The Elderly so Vulnerable?. Am J Geriatr Psychiatry, 2021, v. 30, n. 6, p. 740-742. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/34996702/.

NASSER, MA et al. Vulnerabilidade e resposta social à pandemia de Covid-19 em territórios metropolitanos de São Paulo e da Baixada Santista, SP, Brasil. Interface (Botucatu), 2021, v. 25. Disponível em: https://doi.org/10.1590/interface.210125.

SANTOS, AAPD. Vulnerabilidades e seus impactos nos grupos humanos em tempos de covid-19. 2021. Disponível em: https://www.repositorio.ufal.br/bitstream/123456789/8035/1/Vulnerabilidades%20e%20seus%20impactos%20nos%20grupos%20humanos%20em%20tempos%20de%20covid-19.pdf.

SACRAMENTO, A.M; CHARIGLIONE, I.P.F.S. Intervenções físicas e cognitivas combinadas para melhora cognitiva no envelhecimento: uma revisão sistemática. Revista Brasileira de Psicologia do Esporte, 2019, v. 9, n. 1. DOI: https://doi.org/10.31501/rbpe.v9i1.9965.

SABOIA, TB de; SILVA, SFR da. SÍNDROME DA COVID LONGA: UMA REVISÃO DE LITERATURA. REMS, 2021, v. 2, n. 4, p. 181. Disponível em: https://editoraime.com.br/revistas/index.php/rems/article/view/2946.

SOUZA, RLD et al. BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA PARA IDOSOS APÓS COVID-19. 2022. Disponível em: http://aete.ubm.br:8081/repositorio/handle/123456789/344.

GARCIA, LAA et al. Satisfação de idosos octogenários com os serviços de Atenção Primária à Saúde. Rev. Bras. Geriatr. Gerontol., 2020, v. 23, n. 1. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1981-22562020023.190235.

MOROSINI, MVGC; FONSECA, AF; DE LIMA, LD. Política Nacional de Atenção Básica 2017: retrocessos e riscos para o Sistema Único de Saúde. Saúde debate, v. 42, n. 116, jan-mar, p. 11-24. Disponível em: https://revista.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/125.

ROMERO, DE et al. Idosos no contexto da pandemia da COVID-19 no Brasil: efeitos nas condições de saúde, renda e trabalho. Cad Saúde Pública, 2021, v. 37, n. 3. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0102-311X00216620.

PETERMANN, XB; BUSATO, IMS. Atributos da Atenção Básica no atendimento de usuários pós COVID-19: perspectiva dos profissionais de saúde. Rev. Saúde Pública Paraná, 2022, v. 5, n. 3. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1413216.

Published

2023-11-16

How to Cite

Silva, G. M., Silva, E. P., Aguirre, H. C., Travagim, M. F., Carreira, L., Meireles, V. C., & Baldissera, V. D. A. (2023). Sintomas persistentes após infecção por Covid-19 em pessoas idosas: uma análise da vulnerabilidade. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(11), 20235–20253. https://doi.org/10.55905/oelv21n11-090

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)