Análise de adaptabilidade e estabilidade genotípica com o modelo de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa (AMMI)

Authors

  • Marcus Victor Felippe de Paiva
  • Luciano Antonio de Oliveira
  • Alessandra Querino da Silva
  • Carlos Pereira da Silva
  • Maria Luisa Scherer Belini
  • Cristian Tiago Erazo Mendes
  • Joel Jorge Nuvunga
  • Willian Diego Oliveira

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n11-064

Keywords:

modelo AMMI, interação genótipo × ambiente, genótipos de mostarda

Abstract

Nesse trabalho, o modelo de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa (AMMI) foi aplicado a um conjunto de dados multiambientais (Multi-Environmental Trial - MET) composto pelas respostas fenotípicas de 12 genótipos de mostarda avaliados em 6 ambientes distintos. O delineamento experimental foi o de blocos inteiramente casualizados com três repetições e a variável resposta avaliada foi produtividade em kg/ha. Os objetivos foram identificar genótipos estáveis e utilizar os efeitos da interação genótipo × ambiente (IGA) para fazer recomendações específicas. A partir dos resultados foi possível ranquear os genótipos, em termos de rendimento médio, identificando aqueles mais produtivos. Além disso, o efeito da IGA foi utilizado para identificar combinações positivas de genótipos e ambientes, a partir da interpretação do biplot AMMI2, composto por escores genotípicos e ambientais. O cálculo e o posterior ranqueamento do rendimento nominal dos genótipos, em cada um dos ambientes, foram utilizados para decidir sobre recomendações gerais ou específicas das cultivares. Com a combinação dessas informações foi possível identificar genótipos estáveis (e instáveis) e sugerir genótipos superiores (mais produtivos) em cada um dos ambientes de teste, aproveitando assim os efeitos positivos da IGA.

References

AUGUSTO, A. dos S.; BERTOLL, A. C.; CANNATA, M. G.; CARVALHO, R.; BASTOS, A. R. R. Avaliação dos efeitos tóxicos de Cd e Pb na cultura da mostarda (Brassica juncea). Eng. Sanitária Ambiental, v. 19, n. spe, p. 61-68, 2014.

CORNELIUS, P.; SEYEDSADR, M.; CROSSA, J. Using the shifted multiplicative model to search for “separability” in crop cultivar trials. Theoretical and Applied Genetics, v. 84, n. 1/2, p. 161-172, 1992.

CROSSA, J. et al. Bayesian estimation of the additive main effects and multiplicative interaction model. Crop Science, v. 51, n. 4, p. 1458-1469, 2011.

DUARTE, J. B.; VENCOVSKY, R. Interação genótipos × ambientes: uma introdução à análise “AMMI”. Ribeirão Preto: Sociedade Brasileira de Genética, 1999. 60 p. (Monografias, 9).

EBERHART, S. A.; RUSSELL, W. A. Stability parameters for comparing varieties. Crop Science, v. 6, n. 1, p. 36-40, 1966.

FINLAY, K. W.; WILKINSON, G. N. The analysis of adaptation in a plant-breeding programme. Australian Journal of Agricultural Research, v. 14, n. 6, p. 742-754, 1963.

GABRIEL, K. R. The biplot graphic display of matrices with application to principal components analysis. Biometrika, v. 58, n.3, p. 453-467, 1971.

GAUCH, H. G. Model selections and validation for yield trials with interactions. Biometrics, v. 44, p. 705-715, 1988.

GAUCH, H. G.; ZOBEL, R. W. Identifying mega-environments and targeting genotypes. Crop Science, v. 37, n. 2, p. 311–326, 1997.

IASRI - Indian Agricultural Statistics Research Institute. 2014. Disponível em:

<http://www.iasri.res.in/design/Analysis%20of%20data/combined_anlysis_rcbd.html> Acesso em: 10 Jun. 2014.

MEJÍA-GARIBAY, B.; GUERRERO-BELTRÁN, J. A.; PALOU, E.; LÓPEZ-MALO, A. Características físicas y antioxidantes de semillas y productos de mostaza preta (Brassica nigra) y amarilla (Brassica alba). Archivos Latinoamericanos de Nutrición, v. 65, n. 2, 2015.

OLIVEIRA, L. A. et al. Credible intervals for scores in the AMMI with random effects for genotype. Crop Science, v. 55, n. 2, p. 465-476, 2015.

OLIVEIRA, L. A. et al. Shrinkage in the Bayesian analysis of the GGE model: A case study with simulation. PloS one, v. 16, n. 8, p. e0256882, 2021.

R CORE TEAM. R: a language and environment for statistical computing. Vienna: R Foundation for Statistical Computing, 2019. Disponível em: <http://www.r-project.org>

SILVA, A. Q. et al. Aplicação do modelo AMMI-bayesiano no estudo de estabilidade e adaptabilidade genotípica em dados de mostarda. Research, Society and Development, v. 9, n. 9, p. e166997023, 2020.

SOUZA MADALENA, L. C. et al. Uma revisão sobre a mostarda (Brassica ssp.) e seu possível uso com alternativa para produção de biodiesel. Acta Iguazu, v.6, n.5, p. 23-34, 2017.

WÓJCIAK, K. M.; DOLATOWSKI, Z. J. Evaluation of natural preservatives in combination with acid whey for use in fermented sausage. Scientia Agricola, v. 73, n. 2, p. 125-133, 2016.

Published

2023-11-14

How to Cite

de Paiva, M. V. F., de Oliveira, L. A., da Silva, A. Q., da Silva, C. P., Belini, M. L. S., Mendes, C. T. E., Nuvunga, J. J., & Oliveira, W. D. (2023). Análise de adaptabilidade e estabilidade genotípica com o modelo de efeitos principais aditivos e interação multiplicativa (AMMI). OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(11), 19772–19784. https://doi.org/10.55905/oelv21n11-064

Issue

Section

Articles