O desenvolvimento da argumentação em artigos de opinião de uma disciplina na modalidade EAD

Authors

  • Maria Helena Peçanha Mendes
  • Luzia Bueno

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n9-004

Keywords:

escrita acadêmica, EAD, tecnologias

Abstract

O presente artigo apresenta uma reflexão a respeito do processo de desenvolvimento das capacidades de linguagem mediado por ferramentas digitais em uma disciplina ministrada na modalidade de ensino a distância (EaD) em uma universidade privada no interior de São Paulo. Para isso, foram analisadas 9 produções de texto de uma aluna da instituição mencionada produzidas durante 5 semestres entre 2018 e 2020. A aluna em questão estava matriculada no curso de Pedagogia no 4º semestre naquela época e cursava esta disciplina desde que ingressou na universidade. Nossa análise teve como objetivo trazer contribuições e aprimoramento do processo de produção de textos dos alunos de ensino superior que cursam parte de suas disciplinas em EaD. O embasamento teórico de toda a pesquisa parte dos conceitos teóricos retomamos os conceitos do Interacionismo sociodiscursivo (ISD), considerações a respeito da Escrita Acadêmica e de Tecnologias. Para isso, recuperamos o modelo didático do gênero artigo de opinião (Mendes 2022) que foi construído a partir de exemplares da coletânea textual do material da própria disciplina e fizemos o levantamento de suas características estáveis para estabelecer critérios claros quanto à observação dos textos em questão. Vale ressaltar que compreendemos que a linguagem pode representar um objeto de estudo quando manifestada nos textos, sejam eles orais ou escritos e, sendo assim, eles podem se transformar em objetos de análise que auxiliam na compreensão das atividades humanas. Os resultados da pesquisa trazem dados a respeito de quais aspectos didáticos relativos à escrita são privilegiados nesta modalidade de aula.

References

AMIGUES, René. Trabalho do professor e trabalho de ensino. In: MACHADO, Anna Rachel (Org.). O ensino como trabalho: uma abordagem discursiva. São Paulo: Contexto, 2004. p. 35-54

BRONCKART, Jean-Paul. Atividade de linguagem, textos e discursos. Por um interacionismo sociodiscursivo. Trad. Anna Rachel Machado e Péricles Cunha. São Paulo: EDUC, 1999.

BRONCKART, J. P. Atividade de linguagem, discurso e desenvolvimento humano. Campinas: Mercado de Letras, 2006.

BUENO, LUZIA; LOUSADA, E. G. ; FERREIRA, A. D. . A escrita acadêmica em foco: a engenharia didática e os obstáculos dos alunos em uma SD de artigo científico. In: Ermelinda Barricelli, Geam Karlo-Gomes; Joaquim Dolz. (Org.). Sequências didáticas na escola e na universidade : planejamento, práticas e reflexões sobre o ensino de gêneros textuais. 1ed.Campinas: Mercado de Letras, 2019, v. 1, p. 180-198.

CORRÊA, Juliane. Ambientes virtuais de ensino-aprendizagem e contextos de trabalho. In: MIILL, Daniel (org.). Escritos sobre educação: desafios e possibilidades para ensinar e aprender com as tecnologias emergentes. São Paulo: Editora Paulus, 2013.

CLOT, Yves. La fonction psychologique du travail. Paris: PUF, 1999. 222 p.

CLOT, Yves. Trabalho e poder de agir. Tradução de Guilherme J. F. Teixeira e Marlene M. Z. Vianna. Belo Horizonte: Fabrefactum, 2010. (Série: Trabalho e Sociedade). 344 p.

FERREIRA, G. M dos S., CARVALHO, J. de S. Considerações críticas acerca da Educação e Tecnologia: o caso dos Recursos Educacionais Abertos. In: MILL, Daniel [et al] (org.) Educação e tecnologias: reflexões e contribuições teórico-práticas. São Paulo: Artesanato Educacional, 2018.

FIORIN, José Luiz. Argumentação. 1ª edição, 5ª reimpressão, São Paulo: Contexto, 2020.

LOUSADA, E. ; DEZUTTER, O. La rédaction de genres universitaires : pratiques et points de vue d’étudiants universitaires au Brésil et au Québec. Le français à l'université , p. 21-31, 2016.

LOUSADA, E. G. ; FERREIRA, A. D. ; BUENO, LUZIA . Do curso presencial à educação a distância: as contribuições da engenharia didática para uma nova SD de artigo científico. In: Ermelinda Barricelli; Geam Karlo-Gomes; Joaquim Dolz. (Org.). Sequências didáticas na escola e na universidade: planejamento, práticas e reflexões sobre o ensino de gêneros textuais. 1ed.Campinas: Mercado de Letras, 2019, v. 1, p. 199-216.

MENDES, M. H. P. A apropriação dos tipos de discurso na produção de artigos de opinião por alunos da modalidade EaD em um estudo longitudinal. Tese de doutorado, Programa de Pós Gradução Stricto Sensu em Educação da Universidade São Francisco, Itatiba, 2022

MILL, D.; PIMENTEL, N. Educação a distância: desafios contemporâneos. São Carlos: EdUFSCar, 2010

SAUJAT, Frédéric. Ergonomie de l’activité enseignante et développement de l’expérience professionnelle : une approche clinique du travail du professeur. 187 p. Tese (Doutorado) – Marseille, 2003.

SAUJAT, Frédéric. O trabalho do professor nas pesquisas em educação: um panorama. In: MACHADO, Anna Rachel. (Org.). O ensino como trabalho: uma abordagem discursiva. São Paulo: Contexto, 2004. p. 3-34.

SCHNEUWLY, B.; DOLZ, J. Gêneros orais e escritos na escola. São Paulo: Mercado das Letras, 2004.

VIGOTSKI, L.S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

VIGOTSKI, L.S. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 2009.

Published

2023-09-04

How to Cite

Mendes, M. H. P., & Bueno, L. (2023). O desenvolvimento da argumentação em artigos de opinião de uma disciplina na modalidade EAD. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(9), 10528–10545. https://doi.org/10.55905/oelv21n9-004

Issue

Section

Articles