Índice de vulnerabilidade social (IVS): uma análise da vulnerabilidade social feminina rural no Brasil

Authors

  • Maria Vanessa Silva dos Reis
  • Ana Cecília Vasconcelos Loayza

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n9-155

Keywords:

vulnerabilidade social, gênero, população feminina rural, vulnerabilidade rural feminina

Abstract

A complexidade da vulnerabilidade social perpassa o reconhecimento de que as desigualdades presentes na perspectiva de gênero são fatores influenciados e influenciadores (perspectiva cruzada) para outras desigualdades sociais. Portanto, a adoção desta perspectiva como moldura conceitual para analisar as desigualdades sociais ainda se mostra complexa. O presente artigo possui como objetivo compreender o panorama da vulnerabilidade feminina rural no Brasil entre os anos de 2000 e 2021, baseando-se na realização de uma análise descritiva do Índice de Vulnerabilidade Social (IVS), a partir de dados provenientes do Atlas da Vulnerabilidade Social da rede IPEA. De modo geral, os resultados demonstraram a ocorrência de avanços significativos, no período de 2000 a 2021, relacionados à diminuição da vulnerabilidade social da mulher rural. Tais avanços são percebidos, principalmente, no IVS Capital humano. Já em relação ao IVS Trabalho e renda, notou-se que as regiões Norte e Nordeste ainda apresentam fatores a serem desenvolvidos para a involução da vulnerabilidade social feminina rural.

References

BECK, U. Sociedade de risco: rumo a uma outra modernidade. São Paulo: Editora 34, 2011.

BONFIM, E. G.; COSTA, M. C.; LOPES, M. J. M. Vulnerabilidade das mulheres à violência e danos à saúde na perspectiva dos movimentos sociais rurais. Athenea Digital, Barcelona, v. 13, n. 2, p. 193-205, jul. 2013.

BUARQUE, C. A dimensão de gênero no mundo rural brasileiro contemporâneo. In: MIRANDA, C.; COSTA. C. Desenvolvimento Sustentável e Perspectiva de Gênero. Brasília: IICA, 2005. p. 71-90.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Convênio MTE/SPPE/CODEFAT – no. 075/2005 e Primeiro Termo Aditivo. Aspectos Conceituais da Vulnerabilidade Social. 2007.

BRUMER, A. Gênero e agricultura: a situação da mulher na agricultura do rio grande do sul. Estudos feministas. Rio Grande do Sul, v. 12, n. 1, p. 205-227, jan./abr. 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ref/a/vz3j55w5HNg95Kj5QQkqFCR/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 5 mar. 2023.

CARMO, M. E.; GUIZARDI, F. L. O conceito de vulnerabilidade e seus sentidos para as políticas públicas de saúde e assistência social. Cadernos de saúde pública, Brasília, v. 34, n. 3, p. 1-14, dez. 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/ywYD8gCqRGg6RrNmsYn8WHv/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 3 mar. 2023.

CARNEIRO, L. R. et al. Uma análise do Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) de São Luís – MA. Boletim estatísticas públicas, Rio de Janeiro, n. 11, p. 127-139, dez. 2015. Disponível em: https://diie.com.br/wp-content/uploads/2021/02/11-Boletim-BEP_11_2015_pag.127-140-UMA-ANALISE-DO-INDICE-DE-VULNERABILIDADE-SOCIAL-DE-SAO-LUIS.pdf. Acesso em: 1 mar. 2023.

COSTA, M. A. et al. Vulnerabilidade social no brasil: conceitos, métodos e primeiros resultados para municípios e regiões metropolitanas brasileiras. Texto para discussão, Rio de Janeiro, n. 2364, 2018. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/8257. Acesso em: 5 mar. 2023.

ESPAÇO FEMINISTA. Situação da mulher rural no brasil. Mujer rural y Derecho a la Tierra. 2017. Disponível em: https://d3o3cb4w253x5q.cloudfront.net/media/documents/mujeres_rurales_en_brasil_0.pdf. Acesso em: 1 mar. 2023.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira. 2022. Rio de Janeiro: IBGE, 2022. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/trabalho/9221-sintese-de-indicadores-sociais.html. Acesso em: 1 mar. 2023.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA). Atlas da vulnerabilidade social nos municípios brasileiros. COSTA, M. A.; MARGUTI, B. O (ed.). Brasília: IPEA, 2015a. 77 p. Disponível em: http://ivs.ipea.gov.br/images/publicacoes/Ivs/publicacao_atlas_ivs.pdf. Acesso em: 3 mar. 2023.

INSTITUTO DE PESQUISA ECONÔMICA APLICADA (IPEA). Atlas da vulnerabilidade social. 2023. Disponível em: http://ivs.ipea.gov.br/index.php/pt/. Acesso em: 1 mar. 2023.

Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura (IICA). Mujeres y equidad de género en la nueva visión de la ruralidad: una propuesta del IICA para la acción estratégica. Instituto Interamericano de Cooperación para la Agricultura, San Jose, jan. 2000.

KATZMAN, R. Notas sobre la medición de la vulnerabilidad social. La medición de la pobreza: métodos y aplicaciones (continuación). Aguascalientes, México, v. 6, p. 275-301, 2000.

MARGUTI, B.; SANTOS, R. Avaliação continuada da vulnerabilidade social no Brasil: impressões e primeiros resultados do Índice de Vulnerabilidade Social (IVS) 2016-2017. Boletim regional, urbano e ambiental, v. 21, jul./dez. 2019. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/9666. Acesso em: 1 mar. 2023.

MOSER, C. The asset vulnerability framework: reassessing urban poverty reduction strategies. World Development, v. 26, n. 1 p. 1-19, 1998.

MULETA, A. N.; DERESSA, D. F. Determinants of vulnerability to poverty in female headed households in Rural Ethiopia. Global Journal of human-social science: e economics, USA, v. 14, ed. 5, p. 8-15. 2014. Disponível em: https://globaljournals.org/item/3864-determinants-of-vulnerability-to-poverty-in-female-headed-households-in-rural-ethiopia. Acesso em: 15 jul. 2023.

ONU MULHERES BRASIL. Mulheres rurais querem trabalho, crédito, políticas de habitação e uma vida sem violência. 2018. Disponível em: http://www.onumulheres.org.br/noticias/mulheres-rurais-querem-trabalho-credito-politicas-de-habitacao-e-uma-vida-sem-violencia/#:~:text=Dentre%20as%20boas%20pr%C3%A1ticas%20do,no%20Encarte%20Brasil%20%E2%80%9CMais%20igualdade. Acesso em: 20 jun. 2023.

QUINTANILLA BARBA, C. Las mujeres rurales construyen su futuro. Jornada Temática sobre Políticas de relevo Generacional e incorporación de la mujer al mundo rural. Madri, 2002.

RAIHER, A. P. Condição de pobreza e a vulnerabilidade da mulher brasileira. Informe Gepec, Toledo, v. 20, n. 1, p. 116-128, jan./ jun. 2016. Disponível em: https://e-revista.unioeste.br/index.php/gepec/article/view/13531. Acesso em: 2 mar. 2023.

ROCHA, B. N.; CURI, R. L. C.; MARGUTI, B. O.; COSTA, M. A. A dimensão de gênero no Índice de Vulnerabilidade Social (IVS): alguns apontamentos teóricos e analíticos. Boletim regional, urbano e ambiental, [s. l.], n. 16, p. 83-92, jan./ jun. 2017. Disponível em: https://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/7947. Acesso em: 2 mar. 2023.

RODRÍGUEZ, M. P. Gênero e atores sociais no enfoque territorial do Desenvolvimento Rural. In: MIRANDA, C.; COSTA. C. Desenvolvimento Sustentável e Perspectiva de Gênero. Brasília: IICA, 2005. p. 71-90.

SCOTT, J. B.; PROLA, C. A.; SIQUEIRA, A. C.; PEREIRA, C. R. R. O conceito de vulnerabilidade social no âmbito da psicologia no brasil: uma revisão sistemática da literatura. Psicologia em revista, Belo Horizonte, v. 24, n. 2, p. 600-615, ago. 2018. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/pdf/per/v24n2/v24n2a13.pdf. Acesso em: 5 mar. 2023.

SILVA, M. L. L. T. Risco e vulnerabilidade social feminina. RELACult, Rio Grande, v. 4, n. 972, p. 1-13, nov. 2018. Disponível em: https://periodicos.claec.org/index.php/relacult/article/view/972. Acesso em: 2 mar. 2023.

VIOTTI, M. L. R. Declaração e plataforma de ação da IV Conferência Mundial Sobre a Mulher. Instrumentos Internacionais de Direitos das Mulheres. Brasília: Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres (Série Documentos), p. 148-258, 2006.

Published

2023-09-27

How to Cite

dos Reis, M. V. S., & Loayza, A. C. V. (2023). Índice de vulnerabilidade social (IVS): uma análise da vulnerabilidade social feminina rural no Brasil . OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(9), 13350–13371. https://doi.org/10.55905/oelv21n9-155

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)