Estilo de vida de professores e funcionários de uma universidade de Paranavaí – características em época de pandemia

Authors

  • Augusto Henrique dos Santos Lima
  • Sérgio Roberto Adriano Prati

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n9-097

Keywords:

professores de ensino superior, fatores de estilo de vida, funcionários

Abstract

Introdução: O estilo de vida (EV) é formado por todas as ações e percepções que o indivíduo adota. Os professores e funcionários das universidades tem importante função social dentro das instituições de ensino, contudo durante a pandemia da COVID19 houveram mudanças drásticas na forma de atuar e de viver. Objetivo: Analisar as características de EV de docentes e agentes universitários de uma universidade paranaense e identificar quais fatores mais afetaram o modo de viver dessas pessoas no momento da pandemia. Metodologia: A amostra foi composta por 63 participantes, docentes e funcionários. Todos responderam via plataforma virtual (Google Forms) o questionário EV Fantástico. Quanto mais alta a pontuação melhor, mais seguro e saudável é o EV. Resultados:  Foi identificado que os agentes, docentes e terceirizados obtiveram 60%, 37% e 50% respectivamente de EV inadequado. Na dimensão “Atividade Física” dos funcionários observou-se que, quando infectados, a atividade física foi influenciada negativamente, além disso 100% funcionários que tiveram COVID19 estavam com EV inadequado. Quando observada a dimensão “Tipo de Comportamento” do grupo docentes, as docentes apresentaram 83% de casos com perfil menos seguro e saudável. Conclusão: O EV de docentes e funcionários dessa universidade foi caracterizado predominantemente como inseguro e de maior risco à saúde, porém não foi percebida diferença no EV entre pessoas que tiveram COVID19 daquelas que não contraíram, todavia quando funcionários tiveram a infecção, todos os casos se caracterizaram com EV não seguro e saudável. Por fim, as docentes tiveram alta prevalência de estados de ansiedade, pressa e/ou raiva no EV.

References

AÑEZ, C. R. R; REIS, R. S; PETROSKI, E. L. Versão Brasileira do Questionário “Estilo de Vida Fantástico”: Tradução e Validação para Adultos Jovens. Arquivo Brasileiro de Cardiologia. v. 91(2), p. 102-109, 2008. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0066-782X2008001400006

BOTH, J. NASCIMENTO, J. V. do; SONOO, C. N.; LEMOS, C. A. F.; BORGATTO, A. F. Bem-estar do trabalhador docente de educação física do sul do Brasil. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 39, p. 380-388, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.rbce.2016.01.002

CAVALCANTE, J. L.; PINTO, A. G. A.; JUNIOR, F. E. de B.; MOREIRA, M. R. C.; LOPES, M. do S. V.; CAVALCANTE, E. G. R. Estresse ocupacional dos funcionários de uma universidade pública. Enfermagem em Foco, v. 10, n. 4, 2019. Disponível em:

https://doi.org/10.21675/2357-707X.2019.v10.n4.2310

CEYLAN, R. F.; OZKAN, B.; MULAZIMOGULLARI, E. Historical evidence for economic effects of COVID-19. Eur J Health Econ, v. 21, p. 817–823, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s10198-020-01206-8

CRUZ, R. M.; ANDRADE, J. E. B.; MOSCON, D. C. B.; MICHALETTO, M. R. D.; ESTEVES, G. G. L.; DELBEN, P. B.; QUEIROGA, F.; CARLOTTO, P. A. C. COVID-19: emergência e impactos na saúde e no trabalho. Revista Psicologia Organizações e Trabalho, v. 20, n. 2, p. I-III, 2020. Disponível em: http://dx.doi.org/10.17652/rpot/2020.2.editorial

D'ANGELO, M. L. M.; BIBI, A. P.; NASCIMENTO, J. de A.; LEMOS, A. T. de. Atenção à saúde do trabalhador durante a pandemia de covid-19. Expressa Extensão, v. 26, n. 1, p. 530- 536, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.15210/ee.v26i1.19635

DIAS, D. F.; MELANDA, F. N.; SANTOS, E. S. dos; ANDRADE, S. M. de; MESAS, A. E.; GONZÁLEZ, A. D. Professores com vínculo temporário apresentam maior frequência de consumo de alimentos pré-preparados. Ciência & Saúde Coletiva, v. 25, p. 2645-2652, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/141381232020257.26372018

DOS SANTOS DUARTE, C.; RONDINI, C. A.; PEDRO, K. M. PRÁXIS. DOCENTE E A PANDEMIA DO COVID-19: PERCEPÇÕES DOS PROFESSORES. In: Anais do CIET: EnPED: 2020- (Congresso Internacional de Educação e Tecnologias| Encontro de Pesquisadores em Educação a Distância). 2020.

DUMITH, S. C. Atividade física e qualidade de vida de professores universitários. Cadernos Saúde Coletiva, v. 28, p. 438-446, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1414-462X202028030593

ESTEVES, D. et al. Nível de atividade física e hábitos de vida saudável de universitários portugueses. Revista Iberoamericana de Psicología del Ejercicio y el Deporte, v. 12, n. 2, p. 261-270, 2017. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/3111/311151242009.pdf

ESTEVES, C. S.; ARGIMON, I. I. de L.; FERREIRA, R. M.; SAMPAIO, L. R.; ESTEVES, P. S. Avaliação de sintomas depressivos em estudantes durante a pandemia do COVID-19. Revista Família, Ciclos de Vida e Saúde no Contexto Social, v. 9, n. 1, p. 9-17, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.18554/refacs.v9i1.5196

GAJARDO-ASBÚN, K.; MALDONADO, E. P.; SALAS, G.; ALALUF, L. El desafío de ser profesor universitario en tiempos de la COVID-19 en contextos de desigualdad. Revista Electrónica Educare, v. 24, p. 51-54, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.15359/ree.24-S.14

GEMMA, S. F. B.; FUENTES-ROJAS, M.; SOARES, M. J. B. Agentes de limpeza terceirizados: entre o ressentimento e o reconhecimento. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v. 42, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/2317-6369000006016

HALEEM, A.; JAVAID, M.; VAISHYA, R. Effects of COVID 19 pandemic in daily life. Current medicine research and practice, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1016/j.cmrp.2020.03.011

INTELANGELO, L.; GUTIÉRREZ, N. M.; BEVACQUA, N.; MENDONZA, C.; GUZMÁN-GUAZMÁN, I. R.; MAYORGA-JEREZ, D. Effect of confinement by covid-19 on the lifestyle of the university population of Argentina: Evaluation of physical activity, food and sleep. Retos: nuevas tendencias en educación física, deporte y recreación, v. 43, p. 274-282, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.47197/retos.v43i0.88461

JULIÃO, A. L. Professores, tecnologias educativas e COVID-19: realidades e desafios em Angola. RAC: Revista angolana de ciências, v. 2, n. 2, p. e020205-e020205, 2020. Disponível em: Professores, tecnologias educativas e COVID-19: realidades e desafios em Angola | RAC: Revista Angolana de Ciências (scientia.co.ao)

MALTA (1), D. C.; GRACIE, R. A pandemia da COVID-19 e as mudanças no estilo de vida dos brasileiros adultos: um estudo transversal, 2020. Epidemiologia e Serviços de Saúde, v. 29, p. e2020407, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S1679-49742020000400026

MALTA (2), D. C.; GOMES, C. S.; SZWARCWALD, C. L.; BARROS, M. B. de A.; SILVA, A. G. da; PRATES, E. J. S.; MACHADO, Ísis E.; JÚNIOR, P. R. B. de S.; ROMERO, D. E.; LIMA, M. G.; DAMACENA, G. N.; AZEVEDO, L. O.; PINA, M. de F. .; WERNECK, A. O.; SILVA, D. R. P. da. Distanciamento social, sentimento de tristeza e estilos de vida da população brasileira durante a pandemia de Covid-19. Saúde em Debate, [S. l.], v. 44, n. special 4 Dec, p. 177–190, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0103-11042020E411

MEIRA, M. D. D.; ABDALA, G. A.; TEIXEIRA, C. A.; NIHAHUAMAN, M. F. M. L.; MORAES, M. C. L. de; SALGUEIRO, M. M. H. de A. O. Perfil do estilo de vida de adultos da zona sul de São Paulo. Life Style, [S. l.], v. 2, n. 2, p. 67-82, 2016. Disponível em: https://periodicosalumniin.org/LifestyleJournal/article/view/607

MENDOZA, I. D. C.; RODRÍGUEZ, M. A. Y. Role of the professor in times of COVID-19. International Research Journal of Engineering, IT and Scientific Research, v. 6, n. 6, p. 37-44, 2020. Disponível em: https://sloap.org/journals/index.php/irjeis/article/view/1014

NAHAS, M. V. Atividade Física, Saúde e Qualidade de Vida.7º Ed. Florianópolis: Ed. Do Autor, 2017. Disponível em: file_lIduWnhVZnP7.pdf (sbafs.org.br)

OLIVEIRA, M. A. C. Â.; CARVALHO, R. F. de; FARIA, M. G. de A.; NETO, M.; ELEUTERIO, T. R. de A.; DAHER, D. N. Saúde do trabalhador e o estilo de vida dos docentes universitários. Revista Enfermagem UERJ, v. 29, p. 60812, 2021. Disponível em: http://dx.doi.org/10.12957/reuerj.2021.60812

POLTRONIERI, T. S.; GREGOLETTO, M. L. de O.; CREMONESE, C. Padrões alimentares e fatores associados em docentes de uma instituição privada de ensino superior. Cadernos Saúde Coletiva, v. 27, p. 390-403, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1414-462X201900040179

PRAXEDES, S. A.; DANTAS, A. I. S. de L.; LIMA, C. M. C.; MEDEIROS, L. C. de C.; MESQUITA, L. B. L de; NETO, J. B da M.; CARVALHO, L. K. R de; VIANA, H. G.; FERNANDES, A. P. N. de L. Análise da morbimortalidade dos casos da COVID-19 nos estados brasileiros. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 2, p. e6332, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.25248/reas.e6332.2021

RODRIGUES, B.; CARRAÇA, E. O papel da atividade física na regulação das motivações para a alimentação e dos hábitos alimentares. Boletim Sociedade Portuguesa de Educação Física, n. 41, p. 41-57, 2018.

Disponível em: https://boletim.spef.pt/spef/index.php/spef/article/view/304/283

ROJAS, O.; MARTÍNEZ, M.; RIFFO, R. Gestão diretiva e estresse laboral do profissional docente: um olhar a partir da pandemia COVID-19. Revista on line de Política e Gestão Educacional, p. 1226-1241, 2020. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/rpge/article/view/14360

SARAIVA, K.; TRAVERSINI, C. S.; LOCKMANN, K. A educação em tempos de COVID19: ensino remoto e exaustão docente. Práxis educativa. Ponta Grossa, PR. Vol. 15 (2020), e2016289, p. 1-24, 2020. Disponível em: https://doi.org/10.5212/PraxEduc.v.15.16289.094

SILVEIRA, E. A.; VIEIRA, L. L.; SOUZA, J. D. Elevada prevalência de obesidade abdominal em idosos e associação com diabetes, hipertensão e doenças respiratórias. Ciência & saúde coletiva, v. 23, p. 903-912, 2018. Disponível em:

https://doi.org/10.1590/1413-81232018233.01612016

THOMAS, J. R.; NELSON, J. K.; SILVERMAN, S. J. Métodos de pesquisa em atividade física. 6º Edição, Porto Alegre: Artmed, 2012.

Published

2023-09-23

How to Cite

Lima, A. H. dos S., & Prati, S. R. A. (2023). Estilo de vida de professores e funcionários de uma universidade de Paranavaí – características em época de pandemia. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(9), 12320–12338. https://doi.org/10.55905/oelv21n9-097

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)