Programa MAIS PAIC e a formação continuada para professores de matemática do 4º e 5º ano da rede municipal de ensino - CREDE1/CEARÁ

Authors

  • Marian Pereira da Costa
  • Suiane Costa Alves
  • Ana Geovanda Mourão Cavalcante
  • Maricélia Damasceno Rocha Parente
  • Francisca Eliane Diniz Araújo

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n9-040

Keywords:

educação, Programa MAIS PAIC Matemática, formação continuada

Abstract

Ao falarmos em educação de qualidade, é primordial mencionar a importância da formação continuada de professores. Essa é vista como um processo contínuo de aperfeiçoamento dos saberes que ajuda esses profissionais a melhorar cada vez mais suas práticas pedagógicas. A formação continuada não se restringe apenas aos cursos de formação, mas deve ser encarada como um processo realizado no cotidiano escolar e na interação entre os pares, assegurando um ensino de qualidade. O reflexo dessa ação é percebido na sala de aula, através da motivação dos estudantes que se tornam protagonistas de sua própria aprendizagem, caracterizando-se pela busca da ousadia, promoção da pesquisa, bem como o exercício do pensar. Assim, o presente artigo tem como objetivos fazer um diagnóstico do impacto das formações no processo de ensino-aprendizagem, bem como identificar a potencialidade dos encontros presenciais dos formadores municipais do Programa MAIS PAIC Matemática do 4º e 5º ano da rede municipal de ensino e vinculados à 1ª Coordenadoria Regional de Desenvolvimento da Educação – CREDE 1, localizada no município de Maracanaú/CE. A constante reflexão e análise dos encontros presenciais sinaliza uma postura mais proativa por parte dos professores, promovendo a troca de experiências nos encontros formativos entre os municípios.

References

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2000. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/blegais.pdf. Acesso em: 28 Ago. 2014.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF, 2017. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/#/site/inicio. Acesso em: 05 abr. 2018.

FAZENDA, I. Interdisciplinaridade: definição, projetos, pesquisa. In: Fazenda, I. Práticas Interdisciplinares na Escola. 12.ed. São Paulo: Cortez, 2011.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISA (INEP). Resultados do Saeb 2003. Brasília: Inep, 2004. Disponivel em: https://download.inep.gov.br/download/saeb/2004/resultados/BRASIL.pdf. Acesso em: 05 abr. 2018.

LIMA, I. B.; ALVES, S. C. Educação Ambiental e Interdisciplinaridade: da explicitação de conceitos nos PCNs e DCNEM à prática pedagógica no Ensino Médio. Fortaleza: EdUECE, 2022. Ebook. Disponível em: https://www.uece.br/eduece/home/servicos-e-informativos/livros-acesso-aberto/. Acesso em 11 ago. 2023.

LIMA, A. C.; PEQUENO, M. C. I.; MELO, M. N. Avaliação da alfabetização no Ceará: principais resultados da primeira edição do Spaece-Alfa. Fortaleza: Centro de Políticas Públicas e Avaliação da Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora, 2008.

MARQUES, C. A.; AGUIAR, R. R.; CAMPOS, M. O. C. Avaliação do nível de alfabetização das crianças matriculadas na 2ª série das escolas públicas do Estado do Ceará. Estudos Avaliativos em Educação, São Paulo, v. 20, nº 43, mai./ago., 2009.

NEVES, J. L. Pesquisa Qualitativa - Características, usos e possibilidades. São Paulo: FEA-USP, 1996.

PATTO, M. H. S. A produção do fracasso escolar: histórias de submissão e rebeldia. São Paulo: T. A. Queiroz, 1990.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2ª ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Published

2023-09-11

How to Cite

da Costa, M. P., Alves, S. C., Cavalcante, A. G. M., Parente, M. D. R., & Araújo, F. E. D. (2023). Programa MAIS PAIC e a formação continuada para professores de matemática do 4º e 5º ano da rede municipal de ensino - CREDE1/CEARÁ. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(9), 11248–11259. https://doi.org/10.55905/oelv21n9-040

Issue

Section

Articles