O ensino de ciências e o uso de questões sociocientíficas (QSC) como estratégia de aprendizagem

Authors

  • Sérgio Batista de Oliveira
  • Cleide Sandra Tavares Araújo
  • Nília Oliveira Santos Lacerda

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n8-133

Keywords:

ensino de ciências questões sociocientíficas, educação crítica e reflexiva

Abstract

No presente trabalho, temos como objetivo analisar o uso das QSC como estratégia de aprendizagem para o Ensino de Ciências, que pode considerar a perspectiva da educação crítica e reflexiva. Utilizamos as palavras-chave: questões sociocientíficas e Ensino de Ciências. Analisamos seis periódicos disponíveis online, com Qualis CAPES A1, A2, A3 e B1. Os principais resultados obtidos foram de que as QSC se apresentam como uma estratégia de aprendizagem capaz de contribuir significativamente para um Ensino de Ciências, crítico e reflexivo, uma vez que promovem uma aproximação entre os conteúdos científicos e as questões sociais e culturais presentes no cotidiano dos estudantes. Nesse contexto, a utilização de temas controversos e atuais, que envolvam aspectos éticos, políticos e ambientais, pode sim despertar o interesse dos alunos e favorecer a compreensão dos conteúdos, além de estimular o desenvolvimento do pensamento crítico e reflexivo.

References

CASTAGNARO, T. J. Metodologias ativas e o desenvolvimento de habilidades e competências: estratégias para um ensino contextualizado. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho – Faculdade de Ciências. Bauru – SP, 154p. 2021. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/204400/castagnaro_tj_me_bauru.pdf?sequence=3&isAllowed=y . Acesso em: 30 maio. 2023.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 81.ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2022a. 256 p.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisas. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

HODSON, D. Questões Sociocientíficas: Fundamentos, Propostas de Ensino e Perspectivas para Ações Sociopolíticas. In D. M. Conrado & N. N. Neto (Eds.), Realçando o Papel da Ética e da Política na Educação Científica: Algumas Considerações Teóricas e Práticas sobre Questões Sociocientíficas. Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia, 2018.

LIMA, A.; MARTINS, I. As interfaces entre a abordagem CTS e as questões sociocientíficas nas pesquisas em educação em ciências. In: Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindóia-SP, 2013. Disponível em: https://abrapec.com/atas_enpec/ixenpec/atas/resumos/R0173-1.pdf . Acesso em: 02 junho.2023.

MENDES, M. R. M. A Argumentação em Discussões Sociocientíficas: o contexto e o discurso. Tese (Doutorado em Educação em Ciências e Matemática). Faculdade de Educação da Universidade de Brasília - UNB. Brasília – DF, 211p. 2012. Disponível em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/12260/1/2012_MirianRejaneMagalhaesMendes.pdf . Acesso em: 01 junho. 2023.

MORIN, E. Ciência com Consciência. 15ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013. 344p.

OLIVEIRA, J. M.; CERQUEIRA, L. L. M. Abordagem CTS no ensino de Ciências: um estudo a partir de teses e dissertações. Revista Eletrônica Pesquiseduca. Santos – SP, v. 13, n. 32, p. 1262 – 1282. 2021. Disponível em: https://doi.org/10.58422/repesq.2021.e1144 . Acesso em: 30 maio. 2023.

PENHA, S. P.; CARVALHO, A. M. P. A promoção da sensibilidade moral através da inserção de questões sociocientíficas em salas de ciências: Um estudo comparativo entre contextos técnicos e social. In: Atas do IX Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Águas de Lindóia-SP, 2019.

SÁ, L. P. Estudo de casos na promoção da argumentação sobre questões sócio-científicas no Ensino Superior de Química. Tese (Doutorado em Ciências). Universidade Federal de São Carlos. São Carlos-SP, 300p. 2010. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/bitstream/handle/ufscar/6158/3018.pdf?sequence=1&isAllowed=y . Acesso em: 05 junho. 2023.

SANTOS, A. R. Metodologia científica: a construção do conhecimento. 5. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

SILVA, K. M. A. Questões sociocientíficas e o pensamento complexo: tecituras para o Ensino de Ciências. Tese (Doutorado em Educação em Ciências e Matemática). Faculdade de Educação da Universidade de Brasília - UNB. Brasília – DF, 303p. 2016. Disponível e em: https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/20338/1/2016_KarolinaMartinsAlmeidaeSilva.pdf . Acesso em: 02 junho. 2023.

SOUSA, P. S.; GEHLEN, S. T. Questões sociocientíficas no Ensino de Ciências: algumas características das pesquisas brasileiras. Revista Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências, Belo Horizonte – MG, v. 19, n. 1, p. 03-21. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.1590/1983-21172017190109 . Acesso em: 01 junho.2023.

SOUSA, T. B. P.; MIRANDA, S. C. A abordagem de questões sociocientíficas no Ensino de Ciências e Biologia – validação de um produto educacional. In. Anais do V Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão da Universidade Estadual de Goiás – UEG. Anápolis – GO, 2018.

Published

2023-08-31

How to Cite

de Oliveira, S. B., Araújo, C. S. T., & Lacerda, N. O. S. (2023). O ensino de ciências e o uso de questões sociocientíficas (QSC) como estratégia de aprendizagem. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(8), 10321–10339. https://doi.org/10.55905/oelv21n8-133

Issue

Section

Articles