Desvendando a governança em cooperativas: uma análise comparativa dos modelos de avaliação

Authors

  • Viviane Cristina da Cunha
  • Lesley Carina do Lago Attadia Galli
  • Glaucia Aparecida Prates
  • Marcia Mitie Durante Maemura
  • Otávia Travençolo Muniz Sala
  • Helenita Rodrigues da Silva Tamashiro
  • Cristiane Sonia Arroyo
  • Rafael Altafin Galli

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n8-024

Keywords:

governança corporativa, gestão cooperativa, modelos de avaliação das práticas de governança

Abstract

Este estudo tem como objetivo realizar uma análise crítica comparativa dos modelos de avaliação das práticas de governança corporativa em cooperativas, disponíveis na literatura, buscando identificar fatores de convergência e aspectos diferenciadores. Para isso, foi conduzida uma pesquisa teórica com abordagem qualitativa e caráter descritivo, utilizando a pesquisa bibliográfica como procedimento de coleta de dados e a técnica de análise de conteúdo para análise dos dados. Os resultados apontam que cada modelo possui suas especificidades e contribuições para avaliar as práticas de governança nas cooperativas e que a construção de um modelo de avaliação das práticas de governança corporativa universal para cooperativas ainda é um processo de evolução, dependente do aprimoramento dos princípios e práticas de governança dentro do setor. Como principais parâmetros de avaliação são identificados: valores e princípios cooperativistas, estrutura de poder, sistema normativo interno e sistema normativo externo. Observa-se, finalmente, que a criação de uma sistemática de avaliação facilita o processo de aplicação de um possível modelo universal e permite que o mesmo seja utilizado por qualquer tipo de cooperativa, adaptando-o de acordo com suas necessidades e características específicas. Além disso, ao criar uma escala de pontuação e utilizar questionários claros, torna-se mais fácil para as cooperativas entenderem o processo de avaliação e identificarem as áreas que precisam ser aprimoradas para fortalecer a governança corporativa.

References

ACI – ALIANÇA COOPERATIVA INTERNACIONAL. What is a Co-operative? Disponível em https://www.ica.coop/en/cooperatives/what-is-a-cooperative> 2016. Acesso em: 22 março. 2019.

AGUILERA, R. V.; CUERVO-CAZURRA, A. Codes of good governance. Corporate Governance: An International Review, v. 17, n. 3, p. 376-387, 2009.

ANDRADE, A.; ROSSETTI, J. P. Governança corporativa: fundamentos, desenvolvimento e tendências. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2014.

BACH, T. M.; KUDLAWICZ, C.; SOKULSKI, C. C.; SILVA, E. D. Eficiência e governança corporativa: um estudo em empresas de capital aberto. VII encontro de estudo em estratégia (3 Es), Brasília - DF: 21 a 23 de junho de 2015. Disponível em < http://www.academia.edu/18450545/Efici%C3%AAncia_e_Governan%C3%A7a_Corporativa_um_Estudo_em_Empresas_de_Capital_Aberto> Acesso em 15 abr. 2017.

BIALOSKORSKI NETO, S. Gobierno y papel de los cuadros directivos en las cooperativas brasileñas: estudio comparativo. Revista de Economía Pública Social y Cooperativa, Valencia, n. 48, abr. 2004.

BIALOSKORSKI NETO, S.; BARROSO, M. F. G.; REZENDE, A. J. Co-operative governance and management control systems: an agency costs theoretical approach. Brazilian Business Review, 9 (2), 68-87 (2012)

BØHREN, Øyvind; ØDEGAARD, Bernt A. Governance and Performance Revisited. Brussels: SSRN, 2004. (ECGI Finance Working Paper, n. 28, 2003). Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2021.

BRINKHUES, R. A.; MAÇADA, A. C. G.; FREITAS JÚNIOR, J. C. S.; LAJARA, T. T. Princípios e fatores motivadores na adoção de governança corporativa, da TI e da informação. XXXIX Encontro da ANPAD, Belo Horizonte – MG: 13 a 16 de setembro de 2015. Disponível em < https://www.researchgate.net/publication/281348167_Principios_e_Fatores_Motivadores_na_Adocao_de_Governanca_Corporativa_da_TI_e_da_Informacao> Acesso em 12 abr. 2017.

BRYMAN, A. Research methods and organization studies. London: Unwin Hyman, 1989.

CANQUERINO, Y. K. O nível de adoção das práticas de governança corporativa em cooperativas no oeste do paraná. Dissertação (mestrado), Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Campus Marechal Cândido Rondon, Centro de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Rural Sustentável, 2019, 184 p.

CARDOSO, U. C. Cooperativa. Brasília: Sebrae, 2014. Disponível em: . Acesso: 27 fev. 2021

CARVALHO, C. C.; FORTE, S. H. A. C.; OLIVEIRA, O. V.; SALES, R. K. L. Mensuração da Capacidade de Governança Corporativa das Empresas Familiares do Mercado Tradicional para a migração ao Novo Mercado da BM&FBovespa. VII encontro de estudo em estratégia (3 Es), Brasilia - DF: 21 a 23 de junho de 2015.

CARPES, A. M. S.; CUNHA, P. R. Mecanismos de Governança Corporativa nos Diferentes Ciclos de Vida de Cooperativas Agropecuárias do Sul do Brasil. Revista Contabilidade, Gestão e Governança · v. 21 · n. 1 · p.80-99 · jan. /abr. 2018

COLIN, Sven-Olof. Governance Strategy: a property right approach turning governance into action. Journal of Manage Governance, v. 11, n. 3, p. 215-237, 2007.

COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS - CVM. Recomendações da CVM sobre Governança Corporativa. Junho de 2002. Disponível em: http://www.cvm.gov.br/port/public/publ/ cartilha/cartilha.doc> Acesso em: 21/fev./2019.

COOK, M. L. The future of US agricultural cooperatives: a neo-institucional approach. American Journal of Agricultural Economics, Oxford, v. 77, p. 1153-1159, dec. 1995.

CORNFORTH, C. The Governance of cooperatives and mutual associations: A paradox perspective. Annals of Public and Cooperative Economics, 75 (1), pp. 11-32. (2004)

CARPES, A. M. S.; CUNHA, P.R. Mecanismos de Governança Corporativa nos Diferentes Ciclos de Vida de Cooperativas Agropecuárias do Sul do Brasil. Revista Contabilidade, Gestão e Governança. v. 21, n. 1, p. 80-99, jan. /abr. 2018.

D’AVENI, R. A. et al. The Age of Temporary Advantage. Strategic Management Journal, Chicago, v. 31, n. 13, p. 1.371-1.385, 2010.

DUARTE, C. A. S.; JESUS-LOPES, J. C.; SANTOS, L. M. R. Cooperativas: Um levantamento bibliométrico da produção científica do EnANPAD entre 2010-2014. Desafio Online, 4 (1) abril, 2016.

DUTRA, M. G. L.; SAITO, R. Conselhos de administração: análise de sua composição em um conjunto de companhias abertas brasileiras. Revista de Administração Contemporânea, v. 6, n. 2, p. 09-27, 2002.

FACHIN, O. Fundamentos de metodologia. São Paulo: saraiva. 2001.

FARINELLA, F.; VESCO, A.D.; FAVRETTO, J. Princípios, valores, deveres e direitos cooperativistas: a visão dos associados de uma cooperativa agropecuária. RGC, Santa Maria, v. 6, n. 11, p. 127-154, Jan./Jun. 2019

FERREIRA, R. M.; LIMA, S.L.L.; GOMES, A.R.V; MELLO, G. R. Governança Corporativa: um estudo bibliométrico da produção científica entre 2010 a 2016. Organizações em contexto, São Bernardo do Campo, ISSNe 1982-8756 • Vol. 15, n. 29, jan.-jun. 2019

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GODOI, C. K; BANDEIRA-DE-MELLO, R. ; SILVA, A.B. (org.). Pesquisa Qualitativa em Estudos Organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos. São Paulo: Saraiva, 2006. 460p.

IBGC. Instituto Brasileiro de Governança Corporativa. Código das Melhores Práticas de Governança Corporativa. 5. ed. São Paulo: IBGC, 2015. Disponível em < http://www.ibgc.org.br/userfiles/2014/files/CMPGPT.pdf>. Acesso em: 06 maio. 2021.

LEI 5674 de 1971. Define a Política Nacional de Cooperativismo, institui o regime jurídico das sociedades cooperativas, e da outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l5764.htm. Data de acesso: 12/09/2021.

LUZ, A. T. M.; PAGLIARUSSI, M. S. Práticas de governança corporativa e sua associação a uma variável de caráter contábil: um estudo. XXXVI Encontro da ANPAD, Rio de Janeiro – RJ: 22 a 26 de setembro de 2012. Disponível em < http://www.fucape.br/_public/producao_cientifica/2/ANTONIO%20THADEU.pdf> Acesso em 10 mai 2017.

MAESTRI, C. O. N. M.; TAVARES, V. B.; PENEDO, S. T.; COELHO, R. R. A. Nível de governança corporativa prediz o desempenho da empresa? Evidências do mercado brasileiro. XL Encontro da ANPAD, Costa do Sauipe – BA: 25 a 28 de setembro de 2016.

MARTINS, P.; LIMA, E. P.; SCHENATTO, F. J. A.; BORTOLUZZI, S. C. Análise das características das publicações sobre avaliação de desempenho organizacional em cooperativas de crédito. Anais do Congresso Brasileiro de Engenharia de Produção, Ponta Grossa, PR, Brasil, 7. Dezembro (2017).

MILANI, R. Análise dos problemas de governança em cooperativas de produtores de leite familiares. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios, Programa de Pós-Graduação em Agronegócios, Porto Alegre, RS, 2017.

MILANI, R.; BOSCARDIN, M.; SOUZA, M.; LAGO, A.; SPANAVELLO, M. Problemas de governança em cooperativas de produtores de leite no Estado do RS. RGC, Santa Maria, v. 7, Edição Especial, 2020

NOGUEIRA, F.E.A. Publicações em Governança Corporativa no Brasil. RMGC – Revista Metropolitana de Governança Corporativa, São Paulo, Vol.3 N.1, P. 54-78, Jan/Jun. 2018.

OCBSP (ORGANIZAÇÃO DAS COOPERATIVAS BRASILEIRAS). Contribuição cooperativista. 2017. Disponível em: < http://ocesp.org.br. Acesso em: 20. Abr. 2019.

OLIVEIRA, F.B.; FONTES FILHO, J.R. Mudanças nas configurações de governança corporativa e relações de agência: uma análise longitudinal em empresa de capital fechado. Cad. EBAPE.BR, v. 19, nº 3, Rio de Janeiro, Jul./Set. 2021

PENG, X.; LIANG, Q.; DENG, W.; HENDRIKSE, G. CEOs versus members’ evaluation of cooperative performance: Evidence from China. The Social Science Journal. 56 (2). 55- 63. (2019).

PIVOTO, D. Os problemas dos direitos de propriedades difusos em cooperativas agropecuárias. 2013. Dissertação (Mestrado em Agronegócios) - Programa de Pós Graduação em Agronegócios, Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013.

PICCHI, M. R. Contribuições das práticas de governança corporativa no processo de profissionalização das empresas familiares do agronegócio: um estudo multicasos no segmento de implementos agrícolas. Dissertação (Mestado). Programa de Mestrado Profissional em Administração. Jaboticabal, FCAV-UNESP, 2017.

PICCHI, M. R. CALIOGIONI, R.R.; PRATES, G.A.; MARQUES, E.F.; GALLI, L.C.L.A. Governança Corporativa no Contexto da Empresa Familiar: um Estudo de Caso no Segmento de Implementos Agrícolas. XIII Congresso de Administração, Sociedade e Inovação - CASI. Rio de Janeiro: 20 a 21 de maio de 2021a

PICCHI, M. R. CALIOGIONI, R.R.; PRATES, G.A.; GALLI, R.A.; GALLI, L.C.L.A. Práticas de governança corporativa e o processo de profissionalização da empresa familiar. VI SIMPÓSIO EM GESTÃO DO AGRONEGÓCIO – SGAgro. Jaboticabal: 9 a 11 de junho de 2021b

PRATA, B.C.; FLACH, L. Gerenciamento de resultados e governança corporativa: uma análise a partir da adoção das IFRS no Brasil. Revista Ambiente Contábil - UFRN – Natal-RN. v. 13, n. 2, p. 41 – 62, Jul./Dez., 2021, ISSN 2176-9036.

SALOMON, D. V. Como fazer uma monografia. 2.ed. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

SERIGATI, F.C. Fidelidade e Governança Corporativa em Cooperativas: um estudo empírico com as cooperativas paulistas. 2008. Dissertação (Mestrado em Economia) - Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 2008.

SHLEIFER, A.; VISHNY, R. W. A survey of corporate governance. The Journal of Finance, 52(2), 737-783. (1997)

SILVA, J., OLIVEIRA, C., GARCIA, A., SUGANO, J., LUCCHESI, K. Um estudo bibliométrico de 1960 a 2017. Revista Vianna Sapiens, 9(1), 115-136. (2018).

SILVA, R. F.; SOUZA, A.; SILVA, W. Governança corporativa em cooperativas agropecuárias: um modelo de classificação com aplicação da ferramenta Walk. RACE, Revista de Administração, Contabilidade e Economia, Joaçaba: Ed. Unoesc, v. 14, n. 1, p. 313-332, jan./abr. 2015

SILVEIRA, A. D. M. Governança corporativa e estrutura de propriedade: determinantes e relação com o desempenho das empresas no Brasil. 2004. 250 f. Tese (Doutorado em Administração) – Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2004. Disponível em < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-23012005-200501/pt-br.php>. Acesso em: 23 set. 2016.

SIQUEIRA, L. BIALOSKORSKI NETO, S. Práticas de governança corporativa indicadas para monitoramento: Uma análise do nível de adoção em cooperativas agropecuárias. REGE, São Paulo – SP, Brasil, v. 21, n. 1, p. 43-63, jan./mar. 2014

SILVA, R. F; SOUZA, A; SILVA, W. Governança corporativa em cooperativas agro-pecuárias: um modelo de classificação com aplicação da ferramenta Walk. RACE, Re-vista de Administração, Contabilidade e Economia, Joaçaba: Ed. Unoesc, v. 14, n. 1, p. 313-332, jan./abr. 2015.

TOMAZ, D. A.; SERAFIN JUNIOR, V.; BESEN, F. G.; ALMEIDA, R. S. Estudo de Publicações sobre a Avaliação de Desempenho e Eficiência das Cooperativas de Crédito e Bancos Públicos e Privados: Características Bibliométricas. Anais do Congresso brasi-leiro em Gestão de Negócios, 5. Unioeste, Cascavel, PR, Brasil, 2018

UNITED NATIONS. About the International Year of Cooperatives. United Nations. 2012. Disponível em: https://social.un.org/coopsyear/about-iyc.html. Acesso em: 10 jul. 2021.

VILELA, R.E.P. Governança corporativa em cooperativas de saúde: proposição de um modelo diagnóstico. Dissertação (Mestrado). Programa de Pós-Graduação em Controladoria. Fortaleza: Universidade Federal do Ceará, 2008. 304p.

WAKULICZ, G.; OLIVEIRA FILHO, J. T. Legislação cooperativista. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria, Colégio Politécnico; Rede e-Tec Brasil, 2015. 83 p. ISBN 978-85-63573-83-4

WEITZNER, D.; PERIDIS, T. Corporate governance as part of the strategic process: rethinking the role of the board. Journal of Business Ethics, v. 102, p. 33-42, 2011.

ZYLBERSZTAJN, D. Organização de cooperativas: desafios e tendências. Revista de Administração, 29 (3), 23-32. (1994).

ZYLBERSZTAJN, D. Quatro estratégias fundamentais para cooperativas agrícolas. In: BRAGA, M.J.; REIS, B.S. (Org.) Agronegócio cooperativo: reestruturação e estratégias. Viçosa: Suprema, 2002.

Published

2023-08-08

How to Cite

da Cunha, V. C., Galli, L. C. do L. A., Prates, G. A., Maemura, M. M. D., Sala, O. T. M., Tamashiro, H. R. da S., Arroyo, C. S., & Galli, R. A. (2023). Desvendando a governança em cooperativas: uma análise comparativa dos modelos de avaliação. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(8), 8217–8238. https://doi.org/10.55905/oelv21n8-024

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)