Educação profissional e tecnológica no Brasil: realidades e perspectivas

Authors

  • Maria Carolina Fortes
  • Lucas Vanini
  • Anubis Graciela de Moraes Rossetto
  • Joao Mario Lopes Brezolin

DOI:

https://doi.org/10.55905/oelv21n9-007

Keywords:

educação profissional e tecnológica, concepções, políticas educacionais

Abstract

O presente artigo busca analisar a constituição da educação escolar na perspectiva de explicitar o surgimento da Educação Profissional e Tecnológica, as políticas educacionais e concepções que vem  norteando suas práticas, considerando o contexto da sociedade capitalista. Também apontamos para análise o processo de implantação dos Institutos Federais, ilustrando o momento atual da Educação Profissional e Tecnológica brasileira, no qual o Governo Federal investe fortemente na expansão da rede federal.

References

BAUMAN, Zigmunt. Modernidade líquida. Trad. Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Jorge

Zahar Editor, 2001.

BOMENY, Helena. Os intelectuais da educação. Rio de janeiro: Jorge Zahar, 2001.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Em campo aberto: Escritos sobre a educação e a cultura popular. São Paulo: Cortez, 1995.

BRASIL. Lei nº 9 394, dez. 1996. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Passo Fundo: Ediupf, 1998.

______Constituição dos Estados Unidos do Brasil. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constitui%C3%A7ao37.htm acesso em 10 jun de 2011.

______Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, Senado Federal, 1994

_______Ministério da Educação. Concepção e Diretrizes , Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia. PDE. Brasília, 2008.

________. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Profissional de Nível Técnico. 1999. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/pdf/PCNE_CEB16_99.pdf> Acesso em: 15 jun 2011.

________. Ministério da Educação. Os Institutos Federais: Uma Revolução na Educação Profissional e Tecnológica. SETEC, Brasília, 2010. Disponível em: < http://portaldoprofessor.mec.gov.br/storage/materiais/0000013531.pdf> Acesso em 14 jun 2011.

BROCK, C; SCHWARTZMAN, Simon. Os desafios da educação no Brasil. Rio de Janeiro:Nova Fronteira, 2005.

CRITELLI, Dulce. O ofício de pensar. Rev. Educação: Hannah Arendt pensa a educa-ção. São Paulo: Segmento, n.4, 2006, p.74-83.

CHARLOT, Bernard. Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Tradução: Bruno Magne. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000.

ELIAS, Norbert. O processo civilizador: uma história dos costumes. Tradução: Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1994.

______. A sociedade dos indivíduos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1994.

FONSECA, Celso Suckow. História do ensino industrial no Brasil. Rio de janeiro: Escola Técnica, 1961.

FRIGOTTO, Gaudêncio. Educação e a crise do capitalismo real. 4, ed. São Paulo:Cortez, 2000.

GARCIA, Maria Manuela Alves. Políticas educacionais contemporâneas:

tecnologias, imaginários e regimes éticos. Revista Brasileira de Educação, ANPED. Rio de Janeiro: Editora Autores Associados v. 15 n. 45 set./dez. p. 445 – 591.2010

GÓMEZ, A. I. Pérez. Compreender o Ensino na Escola: modelos metodológicos de investigação educativa. In: SACRISTÁN, Gimeno; ______. Compreender e Transformar o Ensino. Porto Alegre: Artmed, 2000.

GRAMSCI, Antonio. Os intelectuais e a organização da cultura. Rio de Janeiro:

Civilização Brasileira, 1995.

MARTINS, José de Souza. A sociedade vista do abismo: novos estudos sobre exclusão, pobreza e classes sociais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2002.

MAGALDI, Ana Maria; GONDRA, José G.(org.). A reorganização do campo educacional no Brasil: manifestações, manifestos e manifestantes.Rio de Janeiro: 7 Letras, 2003.

MORIN, Edgar. O método 5: a humanidade da humanidade, a identidade humana. Trad: Juremir Machado da Silva. Porto Alegre: Sulina, 2002.

SACRISTAN, José, G. O aluno como invenção. Tradução: Dayse Vaz de Moraes. Porto Alegre, RS: Artemed, 2005.

¬¬¬_______. SACRISTÁN, Gimeno. Compreender e transformar o ensino. Porto Alegre: Artmed, 2000.

SPOSITO, Marília P. (Coord). Juventude e escolarização (1980-1998). Brasília: MEC/Inep/Comped, 2002.

Published

2023-09-04

How to Cite

Fortes, M. C., Vanini, L., Rossetto, A. G. de M., & Brezolin, J. M. L. (2023). Educação profissional e tecnológica no Brasil: realidades e perspectivas. OBSERVATÓRIO DE LA ECONOMÍA LATINOAMERICANA, 21(9), 10582–10601. https://doi.org/10.55905/oelv21n9-007

Issue

Section

Articles

Most read articles by the same author(s)